Entenda a importância da conciliação bancária para a sua empresa

Identifique todas as entradas e saídas da sua empresa e garanta a exatidão do saldo bancário com a conciliação bancária. Saiba mais no blog Omie

28/Ago/2020
Finanças

Antes de entender como fazer a conciliação bancária e qual é a sua finalidade dentro das organizações, é importante saber que essa é uma das atividades financeiras mais importantes para as empresas. E por mais que pareça simples, é algo extremamente necessário para manter os saldos das contas em dia. 


Alguns empresários ainda realizam a conciliação bancária de forma manual, ou às vezes nem fazem, seja por falta de tempo ou até de conhecimento. 


Por isso, vamos aprofundar um pouco mais no tema e saber como colocar em prática a conciliação bancária de forma correta. Acompanhe abaixo.  


O que é conciliação bancária?

Em algum momento você já deve ter comparado o seu saldo bancário com os resultados de alguma planilha financeira ou com o seu software de gestão, certo? Isso é a conciliação bancária, de forma simples. 


Em outras palavras, a conciliação bancária é um recurso que verifica todas as informações do extrato do seu banco com os dados armazenados na gestão da sua empresa, para checar se estão de acordo e com o mesmo saldo final. 


Ou seja, tudo que a sua empresa recebe, seja por boleto, transferência, cartão de crédito ou débito, ou qualquer outra forma de recebimento, deve ser organizado para que, na hora de comparar com o extrato bancário, tudo esteja correto.


Qual a importância para a gestão financeira empresarial?

Primeiro de tudo, estabeleça uma rotina diária de acompanhamento do seu financeiro para documentar e registrar tudo o que for necessário, como recibos, notas fiscais, comprovantes de pagamento, extratos bancários, depósitos ou transferências.


Esse processo é uma das bases da saúde financeira dos negócios, uma vez que garante a organização de todas as entradas e saídas da sua empresa para manter o fluxo de caixa atualizado, o que é indispensável para a gestão financeira empresarial


Negligenciar essa parte do processo pode trazer danos no controle financeiro, bem como prejudicar o cumprimento de obrigações com empréstimos, financiamentos ou parcelamentos, por exemplo, já que essas contas podem ficar irregulares por falta de análise e conferência. 


Basicamente, com uma conciliação bancária bem feita, o empresário pode manter total controle da situação financeira da sua empresa e, a partir disso, encontrar falhas ou divergências em tempo hábil de serem resolvidas e construir novas estratégias para os negócios. 


Os relatórios financeiros e gerenciais se tornam mais precisos e, consequentemente, as demonstrações contábeis também, o que mantém a empresa totalmente regularizada com as suas obrigações com o Fisco.


As vantagens e benefícios da conciliação bancária

Do ponto de vista financeiro, a conciliação bancária é um dos processos indispensáveis que qualquer gestor precisa manter na sua rotina empresarial. Vamos ver agora as principais vantagens desse recurso:

 

Melhor previsibilidade financeira e do fluxo de caixa 

Otimize a previsão do seu fluxo de caixa com a regularização e conciliação de todas as entradas e saídas para garantir uma visão de futuro muito mais assertiva e estruturar a melhor os seus objetivos empresariais, com metas realistas e proporcionais à sua realidade.


Confiança para realizar transações financeiras

Com a conciliação de contas e um saldo bancário completo em que sua empresa pode confiar, você ganha muito mais segurança para realizar movimentações financeiras na sua empresa, como novas contratações e investimentos. Quanto mais certeza você tiver sobre quanto e quando poderá aplicar, melhor, certo?


Melhoria do planejamento financeiro e estratégico

Com mais controle sobre os saldos da sua empresa, fica mais fácil projetar novos cenários e otimizar os planejamentos financeiros, orçamentários e empresariais, para assim, garantir melhores previsões para o futuro da empresa, com gestão de risco e planos de ação organizados.

Por que usar um sistema de gestão para fazer conciliação bancária?

Para colocar em prática tudo o que vimos até agora sobre a conciliação bancária, é importante seguir alguns passos da gestão financeira que são essenciais: 


  1. Registrar todas as entradas e saídas de caixa em tempo real
  2. Comparar os extratos bancários com o saldo da empresa diariamente
  3. Verificar o prazo para recebimentos e pagamentos 
  4. Corrigir os erros da conciliação bancária assim que ela é realizada


Para que todos esses passos sejam realizados com eficiência e sem nenhum tipo de burocracia, esqueça as planilhas financeiras ou trabalhos manuais. Com um ERP como Omie, que realiza a conciliação bancária automática e mantém o seu financeiro sempre em dia e organizado, você não se preocupa mais com falhas ou erros de lançamento.


Com um software de gestão integrado, todas os dados financeiros da sua empresa atuam em tempo real e, assim, garantem que a conciliação bancária seja feita de acordo com os registros refletidos diretamente das operações do seu dia a dia, de forma automática. 


E tudo isso, em uma fração do tempo. Ou seja, a tecnologia é uma das grandes aliadas e facilitadoras desse processo. Por isso, conte com um ERP completo como Omie, que te ajuda a automatizar as tarefas da sua rotina para que você tenha mais tempo para fazer o que você mais gosta: empreender. 



Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas