Presente e futuro – Passo 5 do Guia Contador 2.0

Atualmente o contador 2.0 tem como uma das características principais o fato de que deve analisar e reportar informações que direcionam o futuro.

02/05/2019
Omie Smart
https://go.vooozer.com/embed/fc620a33

Frequentemente, quando converso com contadores sobre o papel da consultoria financeira, é muito comum que exista uma certa confusão sobre qual seria o papel deles. A dúvida principal costuma ser: que tipo de report ele deve enviar para seus clientes?

Todos nós sabemos que o papel mais tradicional do contador, importante e essencial, é o de reportar fatos contábeis, direcionar os valores da empresa, realizar toda a obrigatoriedade tributária, contábil e social da empresa, obedecendo sempre a legislação.

Mas de fato não é exatamente isto que vai direcionar o seu cliente, o empreendedor no caso, a tomar decisões hoje que impactem no seu futuro, melhorando o desempenho do seu negócio.

Para oferecer estes serviços, o contador precisa pensar nos seus serviços como um consultor financeiro. Vamos começar entendendo melhor o que são estes serviços de consultoria:

Tempo: entender os números passados e projetar números futuros, baseando-se em tendências, históricos, sazonalidades e estratégias da empresa. Apenas os reports de informações do balanço, balancete e DRE ao final do exercício, muitas vezes não irão municiar o empresário de informações relevantes ao seu negócio;

Origem: todas as informações que se oferece aos clientes devem ser fornecidas o mais rapidamente possível, praticamente em tempo real, para que assim a gestão possa ser feita com o trato que ela merece. Vale destacar que é impossível para o contador cumprir este requisito caso o cliente não use um sistema de gestão, ou utilize um sistema que não se integre aos sistemas do contador.

Plano orçamentário: como já citei no passo 2 desta série de artigos, quando não se tem um caminho a seguir, qualquer caminho serve. No mundo empresarial esta opção é um tremendo erro e um risco gigante. O planejamento orçamentário bem feito, organizado por contas financeiras, fará uma diferença gigante no dia a dia do seu cliente. Este será o plano de metas dele e irá indicar se as coisas estão indo bem ou não, e ele conta com você para ajudar neste serviço.

KPIs: os KPIs são indicadores chave para a performance de um negócio, e acompanhá-los é essencial para entender o funcionamento e diagnosticar eventuais problemas na gestão de uma empresa. Indicadores como inadimplência, grandes variações entre o Orçado x Realizado, projeções de fluxo de caixa e indicadores de produtividade e lucratividade, são alguns dos indicadores financeiros essenciais para gerir a saúde financeira de seu cliente.

Reuniões presenciais com o cliente: ainda que você lhe passe informações contábeis ou mesmo financeiras, não deixe de considerar realizar as reuniões de análise com o seu cliente. Se organize para se encontrar com ele, que seja uma vez por semana, por quinzena ou por mês, mas esteja sempre conversando com ele. Isto fará uma enorme diferença.

Como qualquer empresa, seu cliente vive de vendas de produtos ou serviços, por isso precisa de marketing para divulgá-la. Ele também precisará fazer gestão de custos e despesas. Sua empresa é necessariamente composta por pessoas que executam as atividades da empresa, e são as responsáveis por muito de seu desempenho.

Desta forma, jamais se esqueça de conhecer informações importantes sobre todos estes setores. Lembre-se, o mundo muda constantemente, e fatores como estes fazem toda a diferença nos negócios de seus clientes. Ainda que não seja sua especialidade, oriente seu cliente a se antenar nestas variáveis. Se sua consultoria abranger um pouco destes assuntos, a jornada ainda melhor para o seu cliente, e ele ficará feliz em pagar por isso.

Fatos contábeis são de extrema valia e provavelmente é aquilo que você mais sabe fazer e faz melhor, e isto é ótimo. Contudo hoje os empresários precisam de mais e oferecer esta nova gama de serviços ajudará mais que seu cliente e sua empresa, mas ajudará nosso país a ser mais prospero e produtivo.

Proponha estes serviços consultivos a seu cliente, revise sua proposta de serviços, ofereça opções, venda seu primeiro projeto de consultoria, mesmo que seja por um valor pequeninho no começo, monte sua célula de consultoria, projete valores e escale internamente. Todos ganharão e seus clientes irão te adorar e jamais irá te trocar por outro contador mais baratinho.

Outros passos do Guia Contador 2.0

Passo 1 - Primeiras necessidades

Passo 2 - Planejamento financeiro

Passo 3 - Proposta de serviços

Passo 4 – Preço de consultoria financeira

Wagner Xavier

Wagner Xavier é Diretor de Contas Especiais na Omie.
Com vasta experiência no mercado de tecnologia voltado para contadores e um fã confesso do bom rock ’n’ roll.
Quer falar com ele? wagner@omie.com.br

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas