Dia do Empreendedorismo Feminino: os desafios e o protagonismo de mulheres empreendedoras

Liberdade financeira e a luta por igualdade são alguns dos principais desafios que permeiam o empreendedorismo feminino no Brasil e no mundo
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O ano de 2010 foi um marco na história dos direitos humanos das mulheres. Naquele ano foi criada a ONU Mulheres, um braço da entidade global 100% focado em unir, fortalecer e ampliar o apoio e os esforços mundiais pelos direitos femininos.

Em 2014 foi instituído o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, com o objetivo de apoiar mulheres empreendedoras. Já são quase 150 países comemorando essa data com diversos eventos celebrados anualmente para premiar mulheres e discutir o tema por meio de palestras, conferências e debates.

Podemos entender o empreendedorismo feminino como o movimento de negócios comandados por uma ou mais mulheres, mas também como mulheres na liderança e atuação em altos cargos dentro das empresas.

Qual é a importância do empreendedorismo feminino?

Além de contribuir para uma sociedade mais justa em todos os seus âmbitos, o empreendedorismo feminino também tem um papel importante na conquista da liberdade e da independência financeira das mulheres.

Em um ambiente historicamente dominado por homens, as mulheres lutaram muito (e ainda lutam!) para ingressar no mercado de trabalho. Para se tornar donas de seu próprio negócio ou ocupar cargos de liderança, nem se fala.

Por isso, é muito importante incentivar o empreendedorismo feminino. Além de diminuir a desigualdade de gênero, o movimento fortalece os direitos das mulheres, quebra paradigmas da sociedade e estabelece uma rede de apoio significativa e livre de preconceitos para mulheres que buscam seus objetivos.‍

Empreendedorismo feminino no Brasil

O movimento está em grande ascensão no país. Com a pandemia de COVID-19, o crescimento do empreendedorismo feminino no Brasil foi de 40%, e a participação de mulheres em cargos de liderança está, em média, em 34%.

Segundo o SEBRAE, hoje temos mais de 10 milhões de empreendimentos liderados por mulheres. Mas é importante frisar que quase metade delas – cerca de 44% – também são mães e chefes de família. Ou seja, mais um desafio: a jornada múltipla entre vida profissional e pessoal.

Além disso, o empreendedorismo feminino ainda conta com pouco investimento e dificuldade de acesso a financiamentos e crédito: apenas 0,04% dos investimentos em 2020 foi destinado a startups lideradas por mulheres, segundo o Female Founders Report 2021.

Apesar de serem a maioria com ensino superior no mercado de trabalho brasileiro, as mulheres ainda recebem 22% menos do que os homens. É muito importante seguir incentivando e impulsionando o movimento para que, então, esses dados comecem a mudar.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Como você pode estimular o movimento?

Com o avanço da tecnologia e a facilidade de acesso ao mundo digital, é muito fácil apoiar mulheres empreendedoras. Siga as redes sociais, compartilhe o trabalho realizado por elas e abra mão das grandes lojas para comprar seus produtos e serviços.

Ao optar por empresas menores e independentes, você valoriza o trabalho de quem realmente se empenha para entregar qualidade aos seus clientes e não está preocupado apenas com o retorno financeiro.

Ao adquirir estes produtos, lembre-se de deixar um feedback nas redes sociais ou no site da empresa, seja ele positivo ou até mesmo construtivo. Assim elas saberão exatamente onde precisam melhorar e, ao mesmo tempo, você incentiva outras pessoas a comprar e divulgar os seus produtos e serviços.

A Omie e o empreendedorismo feminino

Além de proporcionar as melhores soluções para o crescimento dos negócios em todos os segmentos, nós temos um papel fundamental como empresa de incentivar as mulheres do nosso quadro de colaboradoras a buscar sempre a sua melhor versão.

Uma das pessoas mais relevantes da nossa companhia é Aurora Suh, que ocupa o cargo de CRO há mais de 2 anos e tem uma história incrível no empreendedorismo. Recentemente, ela foi reconhecida como uma das “Top 50 Women Leaders in SaaS of 2022” pela The Software Report, que premia e reconhece mulheres líderes de destaque no segmento de tecnologia e SaaS em todo o mundo.

Além disso, é muito importante para nós impulsionar o crescimento das nossas clientes empreendedoras através de uma gestão produtiva e sem obstáculos. Conheça duas grandes histórias de sucesso e inspire-se:

                                                                           Omie & Pantys

                                                                       Omie & Le Pet Cuisine

Juntos podemos unir forças e trazer mais prosperidade ao empreendedorismo feminino valorizando as mulheres que lutam diariamente contra preconceitos, pressão e infinitas jornadas de trabalho para entregar negócios de sucesso.

Parabéns a todas as mulheres empreendedoras do Brasil!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
painel do contador
Saiba o que é o Painel do Contador, como ele funciona na prática e a quais módulos do sistema Omie
Como utilizar os conhecimentos adquiridos no curso de branding, focado em marketing digital, para elevar seu negócio de família
Por meio do curso Carreira e Vida Pessoal o estudante aprende a como equilibrar melhor o profissional e o pessoal