OKR: o que é, para que serve e como implantar na sua empresa

Você conhece a metodologia ágil OKR? Neste artigo, explicaremos como acrescentá-la e deixar a gestão do seu negócio mais estratégica. Confira!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Toda empresa, seja de qualquer segmento, busca pela sustentabilidade e obtenção de maiores lucros. Para isso, a gestão do negócio deve buscar a aplicação de metodologias e a criação de estratégias, uma delas é o OKR. 

A sigla OKR significa Objectives and Key Results, em português, Objetivos e Resultados- Chave, e pode ser colocada em práticas por empresas de todos os tamanhos. A aplicação da metodologia faz as equipes trabalharem com maior sinergia, trazendo benefícios a todos os departamentos de um negócio. 

Quer entender melhor sobre OKR e como a implementação pode ser realizada? Siga com a leitura. 

OKR: o que é?

O OKR é uma metodologia ágil que prioriza objetivos e metas, por meio da motivação do trabalho em equipe e a obtenção de resultados através da análise de métricas que são indicadores-chave de uma ação bem sucedida. 

Com a utilização do OKR, os objetivos e metas por departamento são mais facilmente visualizados pela formação de uma rede que prioriza a comunicação e alinhamento, o que motiva as pessoas a trabalharem juntas pelo progresso das respectivas áreas internas e da empresa.

Em um cenário extremamente competitivo, é fundamental que as empresas entendam de metodologias estratégicas para uma gestão mais completa. O OKR destaca-se entre elas por ser simples e flexível, podendo se adaptar a diferentes realidades dentro dos negócios. 

A metodologia também é capaz de fortalecer a cultura organizacional ao reduzir ruídos e melhorar a comunicação interna. Na sigla OKR, podemos considerar:

  • Objetivos (O): como objetivos que devem ser qualitativos e inspirados, e;
  • Resultados-chave (KR): como os resultados-chave, que devem ser quantitativos e mensuráveis, nos quais podemos enxergar as metas. 

O framework OKR é uma ferramenta interessante para apontar os caminhos que a empresa deve seguir, entre o conjunto de pessoas, para alcançar determinados objetivos e metas. 

Exemplos de OKR

Os OKRs foram criados pelo ex-CEO da Intel, Andrew S. Grove, e tornou-se conhecido amplamente por ser o método utilizado pela Google, que veio a se tornar uma grande empresa reconhecida internacionalmente. 

Na hora de aplicar a metodologia nas equipes, o que não pode ser esquecido é que o objetivo deve ser qualitativo e inspiracional e os resultados-chaves devem ser mensuráveis. John Doerr, um dos investidores do Google a aplicarem a metodologia ágil, simplificou o uso da metodologia ao explicá-la da seguinte forma: 

  • Eu vou (objetivo).
  • Medido por (resultados-chaves).

Assim, cada objetivo pode ter dois ou cinco KRs que indicam o sucesso ou fracasso do objetivo proposto pela área.

O framework pode ser aplicado nas diversas áreas internas de uma empresa, assim sendo, o marketing, RH, administrativo e tantos outros setores existentes podem utilizar a metodologia ágil. Como exemplo de aplicação da metodologia, podemos citar: 

  • O: internacionalizar a marca.
  • KRs: alcançar os primeiros 3 clientes internacionais, fechar 6 parcerias internacionais, lançar versões do software em inglês e espanhol.

Para que serve a metodologia OKR?

Toda empresa trabalha com metas referentes a um período, definidas durante a construção do planejamento estratégico. Para entender como alcançar essas metas, os negócios tendem a adotar metodologias para as ações que irão levar ao alcance do que foi proposto no documento.

Utilizar a metodologia OKR no dia a dia da sua empresa é entregar para a gestão estratégica ferramentas que possibilitem a execução de um plano de ações pré-determinado. 

O OKR traz benefícios que são sentidos por todos da operação, pois limita a quantidade de objetivos ao longo do tempo e deixa esclarecido o que deve ser feito e onde se quer chegar. Além disso, é criado um senso de colaboratividade, no qual todos são envolvidos nos processos que objetivam chegar até um resultado. 

Banner CTA

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

O que são as reuniões de cerimônias do OKR?

As reuniões de cerimônias do OKR servem para apresentar os OKRs definidos para as equipes. Elas devem estar nos calendários de diretores e lideranças e acontecerem com uma frequência pré-determinada. 

Elas acontecem, normalmente, no início de cada trimestre, como check-in (acompanhamento semanal) e no encerramento dos trimestres. Na prática, cada uma delas têm a seguinte finalidade:

  • Reuniões de início de trimestre: é o alinhamento e organização dos objetivos e metas para, a partir dali, serem criados os desdobramentos de forma transparente para todas as equipes envolvidas.
  • Reuniões de check-in: é o momento de observar os objetivos e resultados-chaves atingidos. É importante debater sobre o que deu certo e o que deu errado.
  • Reunião de fechamento de trimestre: é criada para entender e aprender lições sobre o período fechado, observado erros e acertos.

3 erros ao aplicar os OKRs

É óbvio que a metodologia traz vantagens. Mas tudo em excesso ou mal executado pode gerar problemas, inclusive, uma metodologia ágil como o OKR. Na aplicação dela, existem alguns erros que devem ser evitados para não ter um efeito negativo com a utilização. Confira alguns exemplos. 

Ter muitos OKRs

É fácil confundir as equipes quando são entregues diversos objetivos e metas para um determinado tempo. Por isso, ao decidir quais são os seus OKRs, não se empolgue muito ou acrescente além do que os seus colaboradores são capazes de entregar. Dessa maneira, ao invés de ajudá-los, você irá atrapalhar os processos. 

Definir os OKRs sem conversar com as outras equipes

Não deixe de entender o que as equipes acham dos OKRs que estão por serem definidos. Afinal, uma das premissas da metodologia é criar uma sinergia entre as equipes. Se essa definição não for feita em conjunto, a adoção da metodologia pode ter efeitos contrários. 

Não fazer reuniões de check-in

As reuniões de check-in são fundamentais para uma observação e correção de erros a tempo de finalização de um trimestre. Dessa forma, os erros e acertos não serão observados apenas ao final de um trimestre. 

Entenda como implantar a metodologia OKR na sua empresa

A metodologia OKR despertou seu interesse? Existem alguns passos que não podem ser ignorados no momento de implantar na sua empresa. Confira!

  • Cerimônias: conforme mencionamos anteriormente, as cerimônias são momentos cruciais para definir os OKRs e devem acontecer regularmente. A primeira delas deve ser feita pelo diretor, após reunião e decisões tomadas com as outras áreas.
  • Dashboard: é essencial que em cada área exista alguém responsável por realizar o acompanhamento dos KRs de forma semanal. A intenção é que medidas sejam tomadas caso a performance não esteja acontecendo conforme o esperado e, para isso, é possível contar com dashboards e relatórios para tomada de decisões.
  • Comunicação: não deixe informações relevantes centralizadas apenas em uma pessoa. Compartilhe-as com todos que devem saber, seja pela divulgação de reports, comunicação nas paredes da empresa, notificações em apps de mensagens de comunicação interna, entre outras possibilidades.
  • Reports semanais: para garantir a periodicidade, é interessante que o envio seja semanal, em um determinado dia, para saber quais objetivos e KRs foram ou não alcançados.
  • Reports trimestrais: para finalizar o período, é importante compartilhar com todos os KRs do trimestre e quais resultados foram obtidos ao longo do período.

OKR: uma metodologia ágil para uma gestão mais estratégica

Ao longo deste artigo, você conheceu o OKR, metodologia ágil que já foi utilizada por empresas gigantes, como o Google. Para uma gestão mais estratégica, é fundamental adotar metodologias que façam com que as equipes saibam e tenham um propósito diário dentro de suas funções. 

Assim, todos ganham com os trabalhos realizados. Desde a equipe comercial, ao marketing e recursos humanos. Quer saber mais sobre o OKR? Conheça as diferenças do OKR e KPI e saiba como usar no seu negócio.

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
o que é bpm: pessoas fazendo reunião
Implementar Business Process Management pode transformar a gestão dos processos e otimizar a eficiência operacional da sua empresa!
Sistema ERP
Descubra o que é um sistema ERP, suas principais vantagens e como escolher o melhor para sua empresa. Saiba por
sistema de gestão
Investir em um sistema de gestão é essencial para qualquer empresa que busca crescimento e eficiência! Entenda como a Omie