Como emitir nota fiscal eletrônica na sua empresa?

Com um passo a passo simples, você verá que emitir nota fiscal é mais fácil do que muita gente imagina!

15/Mar/2022
Empreendedorismo

Desde 2006, a emissão de nota fiscal eletrônica é obrigatória para todas as empresas brasileiras, independentemente de seu porte. É um método mais seguro do que a nota fiscal tradicional para garantir os produtos e serviços comercializados.

Ela veio para substituir a nota fiscal de papel, que gerava muitos erros de preenchimento, adulterações e exigia espaço físico para arquivamento. Ainda assim, com o passar dos anos, existem empresas que possuem muitas dúvidas na emissão da NF-e.

Por isso, acompanhe este post o que é a nota fiscal eletrônica, quais os tipos existentes no mercado e como fazer para emitir rapidamente a nota fiscal eletrônica para seu cliente.

O que é nota fiscal eletrônica e para que serve? 

A nota fiscal eletrônica é um documento para registrar as operações de comércio de produtos e prestação de serviços de uma empresa. Sua finalidade é o recolhimento de impostos sobre essas operações e validar o faturamento do negócio.

 

Caso a empresa se recuse a emitir, pode sofrer as punições legais enquadradas como sonegação fiscal e outros crimes. Os microempreendedores, no entanto, só são obrigados a emitir nota fiscal para pessoas jurídicas ou por exigência do consumidor pessoa física.

 

A NF-e proporciona vantagens como a segurança e garantia dos seus produtos ou serviços aos clientes, participação em licitações e o fechamento de negócios com outras empresas que exigem a emissão desse documento.

 

Quais são os tipos de nota fiscal eletrônica

Para atender a diferentes necessidades dos empreendimentos e dos clientes, estão disponíveis diferentes categorias de nota fiscal eletrônica. Veja as características de cada uma delas e entenda qual mais se adequa ao ramo de negócio da sua empresa:

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) 

A NF-e é obrigatória para operações de comercialização de produtos em que incidam ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Substituiu os modelos de notas tradicionais 1 e 1A. 

Sua autenticidade é assegurada pelo certificado digital e a autorização da SEFAZ. Nos próximos tópicos, você saberá como tirar esse certificado e a autorização. 

Nota Fiscal de Serviços Eletrônicos (NFS-e) 

É a versão para prestação de serviços que incide ISS (Imposto sobre Serviço) e veio substituir a Declaração de Serviços. Sua emissão está vinculada à autorização da prefeitura do município onde está sediada a empresa. 

É emitida diretamente no site da prefeitura ou através de sistemas de gestão contábil integrados ao site do município. Cada cidade estipula os impostos incidentes sobre a nota fiscal e seus próprios códigos de registro. 

Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)

O CT-e é uma nota fiscal eletrônica para serviços de transporte rodoviário de carga. Veio para reduzir a burocracia de emissão de vários documentos fiscais impressos: modelos 7, 8, 9, 10, 11 e 27. 

Ele reuniu todos esses documentos em um só. Sua autenticidade é validada pelo certificado digital e pela autorização da SEFAZ.

Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e)

A NFC-e registra a venda de produto ou serviço ao consumidor final, substituindo o cupom fiscal e a nota tradicional tipo 2. Detalha o produto ou serviço comercializado e os custos envolvidos. 

Existe também o Cupom Fiscal Eletrônico, que substitui a NFC-e no Estado de São Paulo.

 

Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e)

A NFA-e é uma nota fiscal avulsa eletrônica usada por empresas que possuem baixo volume de vendas e não estão obrigadas a emitir qualquer um dos modelos anteriores de NF-e. O modelo é muito utilizado pelos microempreendedores individuais (MEI). 

Pode ser preenchida diretamente no site da SEFAZ de cada Estado, mediante solicitação e autorização para cada nota a ser emitida.

Quais os benefícios de emitir nota fiscal eletrônica?

Além de ser um documento fiscal obrigatório, a emissão da nota fiscal eletrônica traz muitos benefícios para sua empresa em comparação com a nota fiscal tradicional. Confira a seguir:

Automatização de processos 

Por meio de um sistema de gestão ERP e um certificado digital empresarial, é possível automatizar o processo de emissão de notas fiscais eletrônicas. 

Nesse sistema, as vendas são lançadas e todas as informações das vendas são redirecionadas automaticamente para a emissão das notas fiscais eletrônicas. Assim, o processo é bem mais rápido e seguro.

Redução do risco de fraudes e erros 

A nota fiscal eletrônica também reduz o risco de fraudes e erros ao ser emitida em ambiente digital, pois elimina o lançamento de informações manuscritas. 

Antes desse formato de nota fiscal, era mais fácil ocorrerem rasuras ou adulterações escritas na nota fiscal tradicional. 

Aumento da confiança

Com a segurança do lançamento das informações na nota fiscal eletrônica, ela tornou-se um documento mais confiável para a empresa e para os clientes. É uma garantia de qualidade dos produtos ou serviços contratados para o cliente. 

Gera mais credibilidade à empresa e facilidade de negociação. Para participar de licitações e ser fornecedor de outras pessoas jurídicas, é exigida a emissão de notas fiscais.

Melhor controle fiscal e financeiro

Com as notas fiscais eletrônicas, ficou mais fácil fazer o controle contábil e fiscal das empresas e mais ainda, se estiver tudo automatizado por meio de um sistema ERP de gestão. 

As informações podem ser integradas entre o sistema da empresa e o sistema do contador para facilitar o trabalho de controle e fiscalização. Com a função de cálculo automático de impostos, as informações podem ser enviadas diretamente para a fiscalização.

Facilidade no arquivamento de documentos

Fica muito mais fácil realizar o armazenamento das notas fiscais eletrônicas em nuvem e não precisar de um grande espaço físico para arquivar pilhas de documentos.

Com o backup do software, diminui a possibilidade de perdas, danificações ou extravios de documentos.

Como emitir Nota Fiscal Eletrônica?

Com tantas vantagens para o seu negócio, agora é só seguir o passo a passo para começar a emitir suas notas fiscais eletrônicas:

Adquira um certificado digital

O primeiro passo para emitir a NF-e é ter um certificado digital empresarial. É uma ferramenta de assinatura digital para ter validade legal e legitimidade às transações comerciais de produtos e serviços.


Para ter seu certificado digital, é preciso buscar uma Autoridade Certificadora (AC) autorizada pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP). Entre elas estão: Receita Federal, Caixa Econômica Federal e Serasa Experian. 

Existem várias outras empresas que podem te auxiliar no processo de emissão do certificado digital. Escolha uma, no site do ICP, que atenda no seu Estado.


Solicite a emissão do certificado na AC escolhida e agende um dia e horário para validação dos dados da empresa. Após a verificação das informações e confirmação da identidade do solicitante, o certificado digital é emitido. 

 

Existem dois tipos de certificado digital:

A1

Formato armazenado em nuvem, para ser baixado pelo solicitante e pode ser usado diretamente em sistemas de automatização de gestão ERP. 

É mais indicado para empresas onde vários colaboradores irão utilizar o certificado e não precisam compartilhar login e senha de acesso. Pode ser utilizado em vários equipamentos eletrônicos ao mesmo tempo.

A3 

Formato armazenado em dispositivos como pen drives, cartões ou tokens. Nesse formato, é preciso inserir o dispositivo no computador ou fazer a leitura via celular para usar o certificado digital na emissão de NF-e. 

Para usar, é exigido login e senha de acesso e só pode ser usado em um equipamento de cada vez.

Credenciamento na SEFAZ ou Prefeitura 

A outra etapa para emissão de nota fiscal eletrônica é realizar um cadastro na Secretaria da Fazenda (SEFAZ) de seu Estado, no caso de venda de produtos ou na Prefeitura, para prestação de serviços.

Consulte a SEFAZ do seu município ou do seu Estado para conhecer as regras e documentos necessários e solicitar a autorização de emissão das notas fiscais eletrônicas.

Contrate um software ERP ou emissor

Para facilitar ainda mais a emissão da nota fiscal eletrônica, adquira um software de gestão ERP para integrar todo o sistema de gestão da sua empresa.


Com o software ERP, a emissão da nota fiscal eletrônica será automática e rápida, de acordo com o lançamento de vendas, faturamento e o estoque disponível. Inclui também a atualização imediata do cálculo de impostos incidentes sobre o valor da nota fiscal.

Conheça o Sistema ERP da Omie para emitir suas notas fiscais eletrônicas

 

Para facilitar o trabalho das empresas e contadores, a Omie desenvolveu um sistema ERP de gestão que integra com os sistemas de emissão de notas fiscais eletrônicas e cálculo automático de impostos.

 

Por meio do sistema ERP Omie, você integra todos os sistemas de sua empresa para realizar a emissão fácil das notas fiscais eletrônicas e cumprir todas as exigências contábeis e fiscais com tranquilidade.

 

Diminui a burocracia, melhora a gestão do seu tempo e aumenta a produtividade de seus colaboradores, dá mais segurança aos seus clientes e ao seu negócio.

 

Conheça agora nosso sistema para emissão de notas fiscais eletrônicas e veja toda a evolução tecnológica na performance de sua empresa.

Importância de emitir nota fiscal

Agora você já sabe todas as obrigações - e vantagens! - em emitir uma nota fiscal eletrônica, até mesmo para microempreendedores.

O documento ajuda tanto na parte legal de uma empresa, fazendo com que ela seja idônea e confiável, mas também impactada em questões de produtividade, redução de fraudes, diminuição de custos e muito mais controle e planejamento financeiro

Comece agora mesmo a aplicar todos esses benefícios na sua empresa, e conte com a Omie para ajudar tanto com nossos serviços, como com os cursos, pela Omie.Academy e os demais conteúdos do nosso blog!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas