O papel da gestão de pagamentos na transformação digital

Confira o artigo sobre a gestão de pagamentos na transformação de uma empresa!

10/Jun/2021
Finanças

Pagamentos instantâneos, transferências por apps, carteiras digitais. O mercado financeiro está mudando com o surgimento de novas tecnologias. E hoje, a transformação digital precisa vir acompanhada de mudanças nas estruturas de gestão financeira dos negócios, sejam B2C ou B2B. Os meios digitais de pagamento se tornaram diferenciais para empresas que procuram se desenvolver ou até mesmo criar novos negócios em um mundo que demanda flexibilidade e otimização. 


A adoção de novos meios de pagamento não podem deixar de virem com mudanças nas estruturas da empresa. Em um relatório, 35 CEOs de empresas envolvidas diretamente com a economia digital concordam que para atender a expectativa de um consumidor mais digital, os provedores de serviços de pagamento precisam operar em alto nível de desempenho e integrado.  


As vantagens aparecem principalmente para aqueles com diversas operações regionais. Ao unificar todos os componentes de uma transação em uma única camada de controle, é possível gerenciar de ponta a ponta e automatizar o processamento de pagamentos. A resiliência do negócio também aumenta: se um pagamento falhar, por exemplo, o sistema tem alternativas e pode redirecionar automaticamente para uma segunda ou terceira rota para garantir a transação. Isso reduz os custos por pagamento e maximiza as vendas. 


Isso também serve para negócios que atendem outras empresas. Em uma economia digital, a tendência é que essa relação seja inteiramente virtual, sem faturas ou extratos em papel ou até sem cartões físicos. As informações de faturamento, instruções de pagamento e dados de remessa fluirão eletronicamente, com intervenções humanas apenas quando houver problemas a serem resolvidos.


Apesar dessa transformação ser feita nos bastidores, os clientes, sejam eles consumidores ou parceiros, também veem resultado com uma experiência omnichannel e sem ruídos. Segundo a pesquisa The State of Commerce Experience, 40% dos consumidores B2C pagariam mais por uma experiência melhor, enquanto no B2B, o índice aumenta para 56%. Os mesmos entrevistados ainda indicaram que não iriam repetir uma compra se tivessem uma experiência ruim na primeira vez.


A transformação dos meios de pagamento não só são fundamentais para o agora, mas principalmente para o futuro do negócio. Simplificando processos, o negócio destrava e consegue crescer de forma sustentável oferecendo a mais alta experiência para os seus clientes e mercado. 




Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas