O que é SaaS e como funciona esse tipo de software?

Se você está se perguntando sobre o que é SaaS, vamos te explicar tudo neste artigo! Confira.

04/Mar/2022
Gestão

O software como serviço (Saas) vem se popularizando ao longo dos anos, especialmente com plataformas de música, lazer, vídeo, sistemas de gestão e armazenamento na nuvem. E para entender melhor sobre o que é SaaS, como surgiu essa tecnologia e a importância para as empresas, vamos te apresentar um artigo completo. 

Quem nunca teve dificuldade em cancelar algum serviço por causa da fidelidade exigida pelas empresas? Com o modelo de negócio SaaS, esse processo é quebrado, sendo possível ter várias opções na internet e sem ficar preso por um tempo específico, e o melhor, em diferentes áreas do mercado. 

 

Descubra o que é SaaS e como esse software funciona! Vamos lá?


O que é um software como serviço?

O Software como serviço ou SaaS (Software as a Service - sigla em inglês) é um modelo de negócio disponibilizado através da nuvem. Ou seja, com esse modelo, a empresa não precisa instalar, manter e atualizar hardwares ou softwares e o acesso é feito remotamente. Assim, em qualquer lugar do mundo é possível acessar o serviço, basta estar conectado na internet.

Qual é a diferença entre SaaS e um software convencional?

A diferença principal entre SaaS e os modelos de software tradicionais é o local de armazenamento de dados. No software convencional, é preciso fazer uma instalação no computador do cliente. Isso foi modernizado no SaaS, que já conta com dados em nuvem, podendo ser acessado de qualquer lugar com acesso à internet.

 

Essa diferença permite que o SaaS seja uma opção com menor custo, pois não exige pagamento de licenças ou de instalação de softwares. As atualizações são automáticas, ao contrário do modelo convencional que necessita de constantes manutenções. 

 

O SaaS, também não exige uma grande capacidade de armazenamento no servidor da empresa, pois essa responsabilidade é da empresa desenvolvedora do software SaaS, que ainda pode oferecer um serviço personalizado, conforme as necessidades de cada cliente.

 

Como funcionam as empresas SaaS?

Antigamente, muitos empreendedores se incomodavam com o fato de precisar apostar em vários softwares para executar diferentes tarefas dentro de uma empresa. Isso inclui desde fluxo de caixa, controle de estoque, até mesmo emissão de notas fiscais. 

 

Com o surgimento das empresas SaaS, tudo ficou muito mais fácil de ser trabalhado, visto que, com a aquisição de um software na nuvem, todas essas funções se concentram em apenas um aplicativo, diminuindo taxas de manutenção e outros pontos necessários para o funcionamento correto. 

 

Portanto, é certo dizer que uma empresa com solução SaaS, atende inúmeros pontos para os empreendedores e consumidores que vão desde o uso de um e-mail pessoal, até mesmo a possibilidade de fazer a gestão de uma empresa com sistemas como o CRM ou o ERP.

 

Entre algumas empresas com o SaaS, podemos citar: 

  • Dropbox;
  • Spotify;
  • Netflix;
  • Omie;
  • Google Drive;
  • Google Analytics;
  • Zendesk;
  • Paypal.

Quais as principais vantagens do SaaS?

As empresas que oferecem esse tipo de serviço têm ganhado cada vez mais destaque e chamando mais atenção dos consumidores. Com benefícios variados, proporcionam mais eficiência aos processos diários das empresas para os clientes, consequentemente, apresentando resultados muito melhores e mais segurança de dados. Confira:

Acesso controlado

O acesso de dados da plataforma é feito através de login, senha e autenticação de dois fatores para evitar ataques. O processo é fácil e pode ser feito de qualquer dispositivo conectado à internet, seja ele smartphone, tablet ou computador. 

 

Facilidade na implementação 

Nesse caso, a implementação é facilitada, pois é possível em muitos softwares SaaS acessar apenas pelo site da empresa. Bem melhor do que sempre ter que andar com um CD para instalação, não é mesmo? Além disso, também permite que o cliente não precise investir em treinamento para instalação do produto. 

 

Uso de funcionalidades essenciais

Outra vantagem sobre o SaaS, é que torna-se possível fornecer acesso às funcionalidades que vão de acordo com a necessidade do cliente. Ou seja, você paga apenas o que vai precisar e vai realizando upgrades de acordo com a expansão da sua empresa. 

 

Redução de custos 

Aderir a um sistema SaaS permitirá que a redução de custos aconteça, pois possibilitará agilidade em processos e na economia em equipamentos designados apenas para uma função.

 

Atualizações constantes 

As atualizações são importantes para manter o sistema funcionando com regularidade e de forma correta, porém, em empresas tradicionais esse isso tende a ser um processo muito burocrático. Com o software SaaS, todo esse processo poderá ser feito em questão de horas sem a necessidade de lidar com problemas de migração e tornar o fluxo de trabalho mais ágil e seguro.

Como é feita a cobrança no SaaS?

O SaaS além de oferecer facilidades para o público interno em uma empresa, ele também pode facilitar serviços financeiros seja B2B (empresa para empresa) ou B2C (empresa para consumidor final).

 

Por isso, trouxemos abaixo as três opções mais usadas para você escolher qual usar na sua empresa.

Boleto bancário

 

O boleto bancário é uma forma de pagamento muito utilizada pelos consumidores, pois algumas pessoas não se sentem seguras em fornecer informações bancárias pela internet ou apenas não possuem conhecimento para fornecer. Além disso, o boleto é uma forma de pagamento interessante para a empresa, visto que não se cobra taxa. 

No entanto, existe um problema, muitas pessoas esquecem de realizar o pagamento do boleto, é aí que o SaaS entra. Para manter uma boa taxa de conversão em seu site e evitar que o cliente não finalize o pagamento, existem algumas estratégias:

 

  • Envio do boleto por e-mail com uma mensagem avisando o prazo de pagamento;
  • Encaminhe lembretes antes do vencimento do boleto, caso não tenha sido pago (pedindo para desconsiderar caso o valor tenha sido pago).

Cartão de crédito

Essa opção é a mais utilizada pelos clientes e graças ao SaaS, esse processo se tornou ainda mais seguro, tanto para o cliente quanto para a empresa.

 

No entanto, existem algumas taxas de operação para os empreendedores, que variam entre 3 e 8%, dependendo da operadora de cartão. Por isso, esse custo deve ser levado em consideração no cálculo de preço para que a margem de lucro não seja prejudicada. 

Débito em conta corrente 

E por fim, existe uma das formas mais queridas pelos empreendedores, o débito em conta corrente. Essa é uma das melhores opções para proporcionar um pagamento instantâneo. Além disso, o baixo custo ajuda com a fidelização. 

Quais são os principais modelos de vendas SaaS?

Uma empresa SaaS pode utilizar diferentes métodos para atrair os clientes para compras. Por isso, vamos te apresentar algumas opções para usar a que mais se encaixa no seu empreendimento. Confira:

Freemium

O freemium é um dos modelos de negócio mais usados. O nome refere-se à junção de “free” e “premium”, ou seja, é um serviço que de certa forma é gratuito, mas que existem algumas funcionalidades que apenas as opções pagas são disponibilizadas. 

 

O principal objetivo é atrair usuários que queiram conhecer o serviço e posteriormente, se for útil, realizar um upgrade para aproveitar melhor as funções. E esse modelo de venda é muito efetivo, porque na grande maioria das vezes a base de clientes aumenta consideravelmente. 

 

Free trial

 

O free trial é outro modelo baseado em uma avaliação gratuita, que tem como foco inicial atrair a atenção dos usuários, porém, com algumas limitações. As empresas costumam oferecer um período de teste da ferramenta por 7 dias e, se os clientes quiserem continuar usando, devem contratar o serviço.

 

Self service

Nesse modelo, o cliente faz a compra do serviço de forma rápida e fácil, através de uma página do site dedicada a isso com informações sobre o plano, funcionalidades e valores. Tudo isso com uma ótima usabilidade no site e sem a necessidade de uma abordagem personalizada. 

 

Inside sales

Com o inside sales, a equipe de vendas entra em contato com o cliente para fazer a venda, podendo ser de forma remota. Dessa forma, o vendedor deve saber quais são as principais necessidades e dores dos clientes. Normalmente, usado em vendas B2B, exige uma aproximação maior do consultor e do comprador.

 

Field sales

Na opção field sales, as vendas são realizadas de forma externa por meio do contato direto entre o vendedor e o comprador. Porém, diferentemente do inside sales, o consultor precisa ir até o cliente, presencialmente.

A Omie é um sistema SaaS de qualidade para a gestão do seu negócio! 

Neste conteúdo, você aprendeu o que é o sistema SaaS e como é seu funcionamento. Agora, sabe que não deve ficar de fora, não é mesmo? Ter um software, principalmente de gestão, pode ajudar no crescimento da sua empresa.   

Com uma plataforma 100% online, você não precisa ter problemas com infraestrutura e manutenções. Facilite seus processos diários e otimize o tempo das tarefas com um ERP. Conheça todas as funcionalidades e garanta o crescimento da sua empresa!

 

Conheça agora o sistema ERP Omie e tenha o mais moderno software SaaS adaptado à realidade de seu negócio.


Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas