Uma startup que oferece gestão e também crédito

A Omiexperience, que acabou de receber aporte de R$ 25 milhões, fornece softwares - e antecipação de recebíveis - a pequenos negócios

20/Set/2018
Evolução Omie
https://go.vooozer.com/embed/067f0a5f

Matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo, em 20/09/2018. Texto produzido por Cátia Luz e Mariana Lima

Em 1990, aos 20 anos, Marcelo Lombardo deixou o emprego para criar seu primeiro negócio: uma empresa de software de gestão para grandes companhias. Duas décadas depois, vendeu o negócio para uma multinacional, mas pediu para ficar com um projeto ainda embrionário lá dentro: uma startup de sistema de gestão na nuvem voltada, dessa vez, para a pequena empresa brasileira.

Desde 2013, quando foi lançada no mercado, a Omiexperience saiu de uma sala emprestada para um prédio de seis anadares, com 130 funcionários e 17 mil clientes - base que aumenta em 1,2 mil cadastros por mês.

Agora, acabou de receber um aporte de R$ 25 milhões do fundo brasileiro Astella e se prepara para ampliar uma atividade que já exercia nos dois últimos anos: financiar o pequeno empreendedor. Fruto de uma parceria com uma fintech israelense, a Omiexperience tem disponíveis R$ 130 milhões para empréstimos, que funcionam por meio de antecipação de recebíveis. A empresa é a primeira no País na área de gestão a oferecer também financiamento.

O sistema, chamado de Omie, abrange as áreas principais de uma empresa, como emissão de notas, finanças e estoques, e integra as informações com o contador - figura chave na estratégia da startup. Em vez de procurar o cliente final, a Omiexperience se aproximou desse profissional, seu maior canal para chegar ao pequeno empresário. Hoje, a startup tem parceria com 11 mil contadores pelo País.

"Cerca de 90% das pequenas empresas brasileiras não tem solução de software de gestão. A gente brinca que o nosso maior concorrente é o caderno da Tilibra", diz Lombardo. "Ajudar na organização dessas companhias pode acelerar o crescimento do País. O faturamento médio da pequena empresa americana, por exemplo, é quase cinco vezes superior ao da nossa pequena empresa".

Segundo Lombardo, a empresa foi sondada por fundos de investimentos internacionais, dispostos a comprar o controle. "Como estamos em uma maratona, não em corrida de 100 metros, preferimos um parceiro com o qual a gente possa crescer junto". O Astella já tinha feito um investimento anjo na startup em 2014.

A empresa, que cobra uma assinatura mensal, opera no azul há dois anos, segundo Lombardo. "Criar um produto que atende às necessidades do pequeno empresário em diferentes canais é uma estratégia inteligente, porque normalmente o cliente que precisa de software também precisa de crédito", avalia Pedro Waengertner, cofundador da aceleradora Ace.

Para Mauricio Godoi, economista da Saint Paul Escola de Negócios e especialista em crédito, o fato de oferecer um sistema de gestão dá à Omie um diferencial na hora de conceder o crédito, porque ela tem mais facilidade para avaliar os risos.

Assessoria de Imprensa Omie

A Danthi Comunicações é uma empresa especializada em comunicação corporativa, que funciona como um escritório boutique, focado em clientes do setor privado. Neste espaço você poderá acompanhar publicações relevantes da Omie na mídia. Quer adicionar algo? Entre em contato com a nossa assessoria de imprensa.

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas