Conheça os profissionais C-level e saiba como contratá-los

Descubra quem são os profissionais C-level, como eles podem ajudar a sua empresa e como fazer para contratá-los
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Você sabe quem são os profissionais de cargo C-level? Você provavelmente já ouviu falar em CEO, certo? Esse é apenas um exemplo de profissional com esse cargo. No mundo corporativo, eles vêm ganhando cada vez mais espaço.

Se engana quem pensa que esses títulos corporativos são apenas títulos. Por trás de todo C-level, existe muito trabalho para que todos os processos saiam como o planejado. Outro ponto que também vale a pena ser mencionado é que, não são apenas os fundadores das empresas que levam esses títulos: muitas organizações promovem seus melhores funcionários a cargos altos.

Para te explicar melhor sobre esses cargos, quais as responsabilidades de cada um e, principalmente, como eles podem ajudar a sua empresa, preparamos este conteúdo! Continue acompanhando até o final e descubra quem são os C-levels. Boa leitura!

O que são cargos C-level?

Os cargos C-level são aqueles que indicam as posições mais altas de uma empresa. O mais comum é que os fundadores possuam esse título, afinal, eles são considerados os executivos seniores, ou seja, os que possuem mais experiência em determinada função.

A letra C vem do termo em inglês chief, que significa chefe, em português. Ela é utilizada para indicar que alguém possui um cargo de liderança na empresa. É comum que as pessoas que exerçam esses cargos de liderança sejam os fundadores ou sócios do negócio, mas ao mesmo tempo, também é usual que as empresas ofereçam tais títulos às pessoas com grande senso de responsabilidade e capacidade de tomada de decisão, principalmente as que envolvem os riscos.

Os C-levels são os profissionais que trabalham para se certificar e ter certeza de que as estratégias e processos da empresa estão com suas metas, objetivos e planos muito bem estabelecidos e alinhados.

Agora que você entendeu sobre o significado de C-level, vamos falar quais são os cargos que fazem parte desse grupo.

CEO

O CEO, ou Chief Executive Officer, é o Diretor Executivo do negócio e o responsável máximo por sua administração como um todo, sendo o cargo C-level mais conhecido. Ele é o mais importante no mundo corporativo e entre os outros títulos. O CEO de uma empresa tem como responsabilidade definir quais direções a empresa vai seguir e quais as estratégias necessárias para que isso aconteça.

Eles têm grandes habilidades de comunicação, colaboração e confiança. Sempre com uma visão geral sobre a empresa, assumindo grandes responsabilidades e atuando em tomadas de decisões importantes e estratégicas para o negócio.

COO

O COO, ou Chief Operating Officer, é o Diretor Operacional, responsável por cuidar de todas as operações da empresa, reportando sempre ao CEO ou a quem ocupa o cargo mais alto da empresa. É considerada a segunda pessoa no comando da empresa.

Suas responsabilidades vão depender do segmento da empresa e das ações do CEO, mas, geralmente, suas funções estão atreladas ao repasse das estratégias e objetivos aos colaboradores, bem como implementar os processos de orientação para que tudo fique alinhado conforme as metas da empresa.

CFO

CFO, ou Chief Financial Officer, representa o Diretor Financeiro e é o cargo mais alto quando falamos da parte financeira de uma empresa.

Pessoas com um cargo de CFO precisam de muito mais do que conhecimentos básicos sobre finanças. É necessário que entendam sobre as estratégias de negócio em nível global. Isso porque, uma das principais funções desse profissional é encontrar novas e promissoras oportunidades de negócios, além de avaliar os riscos e vantagens de cada um.

CIO

CIO, ou Chief Information Officer, é o Chefe ou Diretor de Tecnologia da Informação, sendo o profissional responsável por gerenciar toda a parte de infraestrutura e tecnologia da empresa. Em outras palavras, é quem comanda o departamento de TI.

Sua função é entender como a tecnologia pode melhorar as estratégias da empresa e como ela pode ajudar nos lucros.

CTO

CTO, ou Chief Technology Officer, que em português significa Diretor de Tecnologia/ Gerente de Tecnologia, tem suas funções muito parecidas com o CIO. As duas áreas são responsáveis pelo setor tecnológico da empresa.

A diferença é que, enquanto o CIO se dedica a encontrar alternativas para o fluxo de trabalho de comunicação, o CTO desenvolve estratégias orientadas à tecnologia para buscar novas maneiras de melhorar os serviços e produtos oferecidos.

O CTO é considerado o arquiteto da infraestrutura tecnológica, o responsável por cuidar dos sistemas internos da empresa, como a intranet. É também o responsável por comandar a área de engenharia da empresa.

CHRO

CHRO, ou Chief Human Resource Officer, é o chefe da área de Recursos Humanos. Esse profissional pode ter funções muito abrangentes dentro de uma empresa, mas entre as principais estão a atração de talentos, planejar e desenvolver ações estratégicas que retenham os colaboradores e atendam as necessidades de cada um, entre outras.

CMO

CMO, ou Chief Marketing Officer, é o Diretor de Marketing, sendo o profissional responsável pela área de marketing da empresa. É ele quem cuida do nome da marca, cria e desenvolve estratégias alinhadas com os objetivos do CEO para atrair cada vez mais clientes, sem esquecer dos que já estão com a empresa.

Como contratar C-levels

Até o momento você já deve ter percebido a importância dos profissionais com título de C-level, certo? E deve estar se perguntando como fazer para contratar um e se isso seria possível. Bom, a resposta é sim! Você pode contratar esses profissionais.

Para isso, é preciso contar com ajuda de uma empresa especializada em recrutamento e seleção para que você tenha o melhor profissional na sua empresa. Isso acontece, principalmente, porque contratar uma pessoa nesses cargos altos pode ser bem complicado. Uma assessoria especializada é uma boa alternativa.

Entre os principais desafios estão:

  • Definir o escopo de trabalho e o perfil de profissional;
  • Capacitá-los para que exerçam corretamente suas funções;
  • Contratar um bom profissional, visto que a maioria já está empregado.

Claro que você pode e deve olhar para o seu quadro de colaboradores e buscar entre eles a melhor pessoa para ocupar o cargo, mas caso não encontre, o trabalho da assessoria será ainda bastante importante.

Como retê-los?

Os profissionais com título de C-level são muito procurados pelas empresas e você já sabe o motivo! Empresas que contam com esses profissionais fazem de tudo para não os perder, exatamente por suas habilidades, capacidades e conhecimentos. E como elas fazem isso?

Elas seguem algumas diretrizes que são muito bem-vistas no mercado de trabalho e, principalmente, pelos profissionais. Algumas delas são:

  • Ambiente de trabalho saudável;
  • Valorização do funcionário: mais do que reconhecer os esforços e trabalho, é reconhecer o profissional como humano e parceiro de negócio;
  • Cultura organizacional alinhada, ética e transparente;
  • Time com competências, ou seja, pessoas com diferentes habilidades e conhecimentos;
  • Objetivos claros tanto para o negócio quanto para as estratégias;
  • Valores, missão e visão claros e alinhados com a cultura organizacional;
  • Uso de ferramentas que ajudam nas atividades do trabalho;
  • Investir no desenvolvimento profissional, seja com cursos, palestras, eventos, entre outros.

C-level: o profissional da liderança

 Agora que você já sabe o que é um C-level, qual a sua relevância para uma empresa e como ele atua para melhorar os processos, é importante saber também quais as principais características de uma liderança estratégica. Confira o artigo em nosso blog!

Conhecendo essas características, vai ficar ainda mais claro e fácil na hora de contratar ou promover o candidato ideal para ocupar um cargo de C-level na sua empresa. Com profissionais capacitados e com grande senso de liderança, sua empresa vai ainda mais longe!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 83
Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
A gestão de projetos pode ser a ponte para entregas de qualidade, com controle orçamentário e eficiência. Entenda como colocar
A importância da gestão comercial
Saiba mais sobre a gestão comercial, como ela funciona, sua importância e porque o seu negócio deve adotar essa prática.
o que é packing: mulher segurando caixa em esteira
Packing eficiente é a chave para melhorar suas entregas. Entenda como ele funciona na logística e veja como otimizar suas