Descubra o que é OEE, benefícios e formas de fazer o cálculo

Conheça o que é OEE, entenda como ele é calculado e saiba mais sobre sua importância para medir a eficiência produtiva dos equipamentos na indústria.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Otimizar processos e manter a eficiência operacional são fundamentais para potenciar os resultados na indústria, por isso, acompanhar indicadores ajuda empreendedores a identificar pontos de melhoria. Uma importante métrica nesse sentido é o OEE.

O OEE é um indicador que mede a eficiência e o desempenho de um equipamento, mostrando, de forma clara, qual é a capacidade produtiva de cada máquina e o quanto ela verdadeiramente entrega.

Para saber mais sobre o que é OEE, como ele funciona, como calculá-lo e muito mais, acompanhe a leitura deste artigo completo.

O que é OEE?

OEE é a sigla para Overall Equipment Effectiveness, em português, Eficiência Global do Equipamento.

Ele é um indicador de performance muito usado na indústria para mensurar o desempenho e o potencial de equipamentos, de modo a entender o quanto realmente uma determinada máquina é capaz de produzir.

Com seu cálculo, empreendedores podem descobrir formas de potencializar o funcionamento de cada máquina e da produção em si, além de identificar problemas de desperdícios ou subutilização.

Para que serve o OEE?

Um dos principais objetivos de medir o indicador OEE é poder otimizar a gestão da produção e fazer um melhor planejamento de todos os processos industriais.

Na indústria, é comum que diversas atividades estejam conectadas e dependem de equipamentos para acontecer, especialmente as tarefas ligadas à fabricação.

Por isso, o OEE é uma métrica muito útil de se acompanhar, pois ela fornece informações valiosas para que se possa aprimorar o fluxo de trabalho como um todo, apresentando uma visão holística da operação.

Ou seja, se as máquinas não estão funcionando em seu máximo potencial e, de certa forma, estão comprometendo a capacidade produtiva da empresa, é importante mapear esse dado para se poder agir de forma proativa.

Como funciona o OEE?

O OEE é uma métrica robusta, isso porque seu cálculo leva em conta diferentes sub-indicadores. Assim, a análise do OEE é composta com base em três pontos principais — disponibilidade, desempenho e qualidade.

A ideia é considerar questões mais específicas sobre o funcionamento das máquinas, relacioná-las e integrá-las em um só indicador a fim de proporcionar uma perspectiva mais completa da situação dos equipamentos.

Os principais indicadores de OEE

Como vimos, o cálculo do OEE depende de três pontos-chave. Vamos conhecê-los em detalhes a seguir e saber como mensurá-los.

Disponibilidade

A disponibilidade mede o tempo em que o equipamento está disponível para operação em relação ao tempo total planejado para produção, ou seja, o período em que ele está de fato em funcionamento.

Ele indica leva em consideração paradas:

  • planejadas, como para manutenção preventiva, limpeza, dias sem trabalho (fim de semana, etc.);
  • não planejadas, como falhas, imprevistos, atrasos, queda de energia, etc.

A fórmula para calcular a disponibilidade é:

  • Disponibilidade = capacidade de tempo utilizada / capacidade de tempo disponível X 100.

Imagine uma empresa que tenha programado sua produção para durar 32 horas, mas, por conta de paradas não previstas, suas máquinas apenas funcionaram por 20 horas. Sendo assim:

  • Disponibilidade = (20 / 32) x 100 = 62,5%. 

Desempenho

O desempenho refere-se ao ritmo real de produção de um equipamento em comparação com seu nível de velocidade de produção ideal. Aqui, é preciso considerar perdas devido a ciclos mais lentos, pequenas paradas e outros fatores que afetam a eficiência da produção.

Para calcular, temos a fórmula:

  • Desempenho = (quantidade real produzida / quantidade de produção ideal ou teórica) x 100.

Continuando o exemplo, pense que a mesma empresa prevê que em 20 horas de funcionamento, suas máquinas conseguem confeccionar 300 itens.

Contudo, devido a questões de produtividade, apenas 210 itens foram feitos. Com isso em mente, temos:

  • Desempenho = (210 / 300) x 100 = 70%. 

Qualidade

A qualidade avalia a excelência dos itens produzidos em relação ao total produzido. Isto é, esse indicador visa calcular que produtos não atingem os padrões de qualidade e apresentam algum defeito ou avaria devido a problemas nas etapas produtivas.

Sua fórmula é:

  • Qualidade = (quantidade de itens que passam no controle de qualidade / quantidade total de itens produzidos) x 100.

Finalizando o exemplo, a empresa produziu 210 itens, mas foi verificado que 30 não passaram nos controles de qualidade, ou seja, apenas 180 estão aptos à venda. Assim:

  • Qualidade = 180 / 210 x 100 = 86%.

Como fazer o cálculo do OEE?

O cálculo do OEE é a união dos seus três indicadores principais, visto que cada um deles mostra uma faceta importante da eficiência operacional, como qualidade das entregas, tempo gasto e ritmo de produção.

Sendo assim, a fórmula final para o cálculo do OEE é:

  • OEE = utilização (%) x desempenho (%) x qualidade (%).

No caso da empresa que vimos de exemplo, podemos concluir que seu OEE é:

  • OEE = 62,5% x 70% x 86% = 38%.

Como podemos perceber, tudo indica que a empresa do exemplo precisa otimizar seus processos produtivos para atingir melhores resultados, sobretudo no que diz respeito à disponibilidade e desempenho.

Os fatores que afetam cada sub-indicador depende muito do contexto de cada negócio, mas índices entre 85% e 90% são indícios de uma boa eficiência operacional.

Por isso, o OEE é uma métrica tão válida, pois ela mostra em detalhes as áreas com maiores problemas, permitindo que gestores ajam de forma corretiva.

Banner - da gestão financeira à organização de contratos

Quais são as principais vantagens do OEE?

Agora que você sabe o que é OEE, já pode perceber como seu cálculo traz diversos benefícios para a gestão estratégica na indústria e melhoria nos processos.

Como principais benefícios, podemos destacar:

  • Aumento da produtividade dos equipamentos;
  • Identificação mais assertiva de gargalos nos processos e questões de subutilização de recursos;
  • Melhora no controle de qualidade;
  • Redução de perdas, erros e desperdícios;
  • Diminuição também do trabalho e paradas não programadas de produção;
  • Cumprimento de prazos;
  • Redução de custos;
  • Utilização mais inteligente e eficaz dos recursos disponíveis.

Como a Omie pode ajudar a otimizar os processos industriais do seu negócio

Na indústria, empreendedores precisam ter uma visão 360° do seu negócio para realmente ter controle de todos os processos. Isso acontece porque a cadeia produtiva, em geral, envolve diversos profissionais, recursos e áreas de um negócio, como financeiro, estoque, compras, etc.

Tudo precisa estar precisamente alinhado para que a empresa tenha sucesso e fôlego para crescer.

Por isso, a tecnologia é um diferencial no gerenciamento estratégico. Sistemas de gestão para indústrias facilitam a rotina do empreender, oferecendo uma plataforma completa e integrada que concentra todas as operações da empresa em um só lugar.

Com essas softwares, como o sistema ERP industrial da Omie, gestores podem controlar o processo produtivo de ponta a ponta e ainda gerar relatórios de performance, desde a conferência de materiais em estoque até o envio do produto pronto para o cliente final.

Acompanhe o indicador OEE e impulsione seu processo produtivo

O OEE é uma métrica que não pode faltar nas suas análises para monitorar os níveis dos seus processos produtivos e aproveitamento dos ativos da sua empresa.

Conta com esse indicador é fundamental para descobrir que seus equipamentos estão sendo usados em sua máxima potência, e como eles também colaboram para o desempenho da produção, a agilidade e a qualidade dos itens fabricados.

Se você quer investir em mais práticas e ferramentas que vão lhe ajudar a impulsionar a produtividade do seu negócio e focar na melhoria contínua, conheça mais a fundo as funcionalidades do ERP da Omie e veja como ele pode revolucionar sua empresa!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
declaração de prestação de serviço
Saiba a melhor forma para preparar a sua declaração de prestação de serviços aqui!
Market Share
Descubra o Market Share e como ele é importante para o seu negócio. Entenda o conceito e aprenda a calcular
canais de vendas
Conheça os diferentes canais de vendas e o motivo para criar uma estratégia para eles na sua empresa.