KPIs na contabilidade: quais são e como calcular?

Descubra como usar os KPIs na contabilidade, os indicadores que garantem análises mais completas e estratégicas para a sua empresa
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Saiba como são usados os KPIs na contabilidade e como eles contribuem para o sucesso e crescimento da sua empresa. Neste conteúdo, você vai entender melhor sobre esses indicadores, sua função, vantagens e quais os tipos de KPIs financeiros utilizados na contabilidade.

Famosos por ajudarem na tomada de decisão e gestão estratégica, os KPIs são usados em empresas de diversos segmentos e devem ser aplicados em todos os tamanhos de negócios e áreas. A análise de desempenho é muito importante para traçar novas metas e melhorar os processos, da obtenção de recursos à entrega de serviços.

Nesse contexto, o KPI se difere das métricas, que utilizam números para gerar relatórios, enquanto um indicador de desempenho. Oferece dados mais abrangentes sobre os resultados da empresa e permite mapear quais os melhores caminhos. Aprenda sobre o assunto e coloque em prática agora mesmo. Boa leitura!

O que são KPIs e por que são importantes para o negócio?

O KPI, termo em inglês para Key Performance Indicator, ou “Indicador-chave de Desempenho”, é um valor mensurável. Ou seja, ele representa como o seu negócio está alcançando as metas e objetivos, sejam eles operacionais ou estratégicos, em qualquer área.

Dessa forma, os KPIs podem ser utilizados em vários níveis e momentos para facilitar a análise das ações desenvolvidas pela sua empresa. Eles são definidos em dois formatos, níveis alto e baixo, que serão abordados detalhadamente mais abaixo. Além disso, KPIs e métricas são diferentes, apesar de se complementarem.

As métricas servem para a monitoração e mensuração de resultados, utilizando relatórios. Enquanto isso, o KPI indica os resultados em forma das ações desenvolvidas de percentual ou número, como gráficos. Sendo assim, podemos dizer que as métricas ajudam a sustentar as informações apresentadas nos indicadores-chave de desempenho.

Escritórios que utilizam esses indicadores como aliados estratégicos conseguem avaliar quais são ações mais rentáveis, bem como os colaboradores mais produtivos, além de ter uma visão mais ampla dos resultados gerais.

Na contabilidade, os KPIs tornam o planejamento e tomadas de decisões mais estratégicas e assertivas, sejam a médio ou longo prazo. Utilizar os indicadores-chave de desempenho em seu escritório, também oferece maior segurança e transparência para todos os envolvidos.

Vale destacar ainda que os KPIs valiosos, aqueles gerados de forma assertiva e que agregam valor aos resultados da empresa, contribuem para que sejam desenvolvidas ações mais práticas no dia a dia, com efeitos comprovados.

Como os KPIs são formados?

Para escolher os KPIs ideais para o seu escritório de contabilidade é importante conhecer melhor sobre eles e suas diferenças. Eles podem ser divididos em duas categorias principais: primários e secundários. Confira abaixo as características de cada um.

KPIs primários

Os KPIs primários são os indicadores com o qual você terá o primeiro contato durante a mensuração de resultados. Eles mostram, com base nos dados obtidos, se as estratégias empregadas estão no caminho correto ou se precisam de alterações.

Podemos considerar como exemplo de KPI primário as taxas de conversão, volume de tráfego, ticket médio de vendas, custo de aquisição por lead, entre outros. Eles são muito utilizados em planejamentos de campanhas de marketing digital, em que o objetivo é aumentar as vendas ou conhecimento da marca.

KPIs secundários

Já os KPIs secundários são aqueles indicadores utilizados para monitorar os resultados apresentados na análise de KPIs primários. Eles apresentam em detalhes análises métricas que são essenciais para um segundo momento do plano de ação.

Com o estudo e observação desses indicadores-chave você consegue acompanhar quais são as ações que trazem resultados positivos e quais não. Como exemplo, podemos destacar a origem dos tráfegos no seu site, o número de assinantes, a quantidade de pessoas que interagiram com as suas páginas, entre outras.

Como escolher e implementar KPIs na contabilidade?

Na hora de escolher e implementar os KPIs, muitas dúvidas podem surgir. Sendo assim, veja como os indicadores-chave variam conforme os objetivos do negócio e escritórios de contabilidade.

Entender as diferenças entre os KPIs e sua implementação evita erros comuns e depende de saber as metas e objetivos do negócio. Seja em uma visão macro da empresa ou das áreas que a compõem, entender o contexto presente de forma efetiva leva à lucratividade e rentabilidade das suas ações.

Para saber como implementar KPIs na contabilidade, analise os pontos a seguir:

  • KPIs precisam ser mensuráveis: isso significa que eles devem ser quantitativos, ou seja, apresentar valores absolutos ou em percentual, referentes as metas que estão ou irão ser desenvolvidas;
  • KPIs precisam ser importantes: eles precisam agregar valor ao seu negócio, precisam ser definidos com base em metas e ações realistas, assim, irão apresentar resultados importantes para que você tome as decisões estratégicas;
  • KPIs precisam ser verificáveis: na hora de escolher seus indicadores, certifique-se de que eles podem ser verificados, ou seja, que forneça informações que sustentem os dados apresentados.

Com base nessas questões, você irá conseguir definir os melhores KPIs para as necessidades e metas do seu escritório. Sempre considerando que cada meta é diferente e que os indicadores precisam ser utilizados de maneira personalizada.

banner cta contador

Tipos de KPIs para usar na contabilidade

Agora, chegou o momento de você conhecer quais os KPIs devem ser utilizados no seu escritório de contabilidade, para alavancar os resultados e tornar os processos mais assertivos. Vamos lá!

Taxa de queima de caixa (burn rate)

O primeiro indicador que você pode utilizar em sua contabilidade é a taxa de queima de caixa, conhecida também como burn rate. Ela ajuda a mensurar o quanto está sendo gasto para manter seu negócio, seja com as atividades cotidianas ou até mesmo manutenções, analisando as receitas obtidas.

Além disso, com ela é possível, por exemplo, entender e analisar quais contas estão prestes a serem negativadas. Dessa forma, você consegue criar um plano de ação para evitar esse e outros problemas relacionados.

Taxa de crescimento de receita

A taxa de crescimento é um excelente indicador-chave de desempenho geral da sua empresa. Como ela, você consegue realizar uma análise de 360º da performance e real situação do seu negócio.

Assim, você consegue ter uma noção mais estratégica dos desempenhos conquistados pelas metas, além de verificar em quais lugares é importante manter ou não os investimentos. Quando realizada anualmente, é possível criar um histórico com as informações, dessa forma, você pode perceber quais as tendências para cada período e se preparar.

Custo para Aquisição de Cliente

O custo de aquisição de clientes, conhecido como CAC, é um indicador muito utilizado em ações de marketing e vendas. Ela considera o quanto você está investindo para adquirir novos clientes e quanto está recebendo de retorno por isso.

Nesse tipo de análise é essencial que os times trabalhem em conjunto e que tenham conhecimento de todas as etapas das ações. Assim, eles irão fornecer os dados de maneira completa para a avaliação.

No caso desse indicador o recomendado é que os valores de investimento estejam abaixo do número de clientes conquistados. Por exemplo, se você investiu R$ 5 mil em determinada ação e com isso conquistou dez clientes, o valor médio do seu custo de aquisição é de R$ 500,00.

Retorno sobre Investimento – ROI

Um dos KPIs mais conhecidos no mercado é o ROI. Com ele você consegue criar e planejar as metas e ações com base em resultados tangíveis e entender se vale continuar investindo ou não em determinadas estratégias. Se for válido manter o investimento, você consegue insights para melhorar ainda mais essa ação.

Ele é indicador-chave de sucesso, apresentando os resultados finais de cada ação realizada, incluindo a mensuração de gastos com novas ferramentas para melhoria de processos. Com base no ROI, você consegue ter uma visão mais estratégica das ações e determinar novos rumos para garantir o sucesso.

Automatize sua gestão e veja seus resultados melhorarem

Você já considerou automatizar a gestão do seu negócio? Sabia que essa é uma ótima maneira de ajudar a definir os melhores KPIs para o sucesso da sua contabilidade. A gestão automatizada facilita a análise, contribui para a melhoria de processos e torna a tomada de decisão mais assertiva.

Com tudo isso a fácil acesso, definir quais os indicadores-chave de desempenho se torna uma tarefa simples. Agora que você já sabe o que são KPIs na contabilidade e como eles contribuem para melhorar os resultados da sua empresa, confira mais conteúdos como este no blog da Omie. Mantenha-se atualizado!

Banner 2 E book Contabilidade Digital 93999

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Tipos de balancete contábil
Entenda os tipos de balancete contábil: sintético, analítico e mais. Descubra como funcionam e aprimore seus conhecimentos.
homem usando um notebook descobrindo o que é DRE e qual a sua importância
Contador, veja como explicar o que é a DRE para seus clientes de forma simplificada!
software de gestão
Existem alguns tipos de software de gestão online. Confira o artigo e conheça os principais e mais vantajosos para melhorar