O comportamento do novo contador

Você já sabe muito bem que o tempo de mudança já chegou, inclusive faz algum tempo, e não há mais tempo para esperar para mudar o comportamento
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A esta altura você já sabe que a contabilidade clássica está sendo automatizada, as funções mais comuns deste setor serão substituídas por softwares. Melhor dizendo, elas já estão sendo substituídas. Com isso nasceu a necessidade do contador se reinventar e se tornar um contador consultor para seus clientes, oferecendo serviços de acordo com o vasto conhecimento fiscal e financeiro que ele já possui.

Mas para oferecer estes novos serviços, que você já devia estar oferecendo, é necessário que você desenvolva uma nova relação com o seu cliente, e também uma nova forma de oferecer os seus serviços.

Um serviço de consultoria não é um serviço que seu cliente é obrigado a contratar, o que não quer dizer que ele não precise. Muitas empresas precisam de uma consultoria para resolver problemas seríssimos que afetam muito mais o seu negócio do que qualquer outro fator financeiro ou de produto.

Só que nem sempre o seu cliente sequer está enxergando o problema dele, muito menos uma solução que você pode vir a oferecê-lo. É seu papel como quem tem o know how de questões financeiras e de gestão, apontar potenciais locais dos quais os problemas podem estar nascendo.

Para isso você precisa desenvolver uma proximidade com o seu cliente, uma relação mais próxima que permita que ele confie profundamente que a sua visão sobre o negócio dele é correta e por isso você pode sim ajudá-lo.

Conheça a fundo o negócio dos seus clientes, entenda exatamente onde eles estão na jornada empresarial e quais os próximos passos do caminho. Descubra o DNA da empresa e as questões culturais e de comportamento que a organização tem, para entender melhor o funcionamento, ou a falta de funcionamento, da gestão.

Para finalizar, assuma uma postura do especialista na área que você já é, mostre a seus clientes que você está interessado em ter este novo papel que nasce com o fim da contabilidade tradicional e ganhe com isso, um novo espaço, num novo mercado, que embora esteja começando, já é seu.

Para saber melhor como descobrir as dores e problemas de seus clientes, leia o meu novo OmieBook sobre relações Ganha-Ganha.

Se prepare e como eu sempre digo, bora vender mais!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
imprensa 2
Tecnologias aprimoram sistemas, principalmente, com foco em experiência do cliente e integrando serviços financeiros
imprensa 1
Especialista da Omie traz dicas para aumentar vantagem competitiva de empreendedores em tempos de retração econômica do setor das PMEs
imprensa 3
Copa do Mundo e comemorações de fim de ano também devemmovimentar o varejo em novembro