Anúncios de vendas: por onde começar?

Vender mais é sempre o objetivo de todo empreendedor. Descubra as melhores dicas para criar anúncios de vendas e aumentar os lucros.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Para obter sucesso com uma loja, não basta montá-la e esperar que as pessoas comecem a comprar os seus produtos. É preciso investir, também, em propaganda e anúncios de vendas para ver o dinheiro entrar em caixa e conquistar um espaço sólido no mercado.

Entender o básico de publicidade e vendas é algo recomendado para empreendedores que querem iniciar um negócio. Nos últimos anos, o mercado e a sociedade têm passado por muitas mudanças e isso tem a ver com a tecnologia e o aumento das possibilidades de consumo.

Em meio à chamada “economia da atenção”, conseguir captar quem vai comprar do seu negócio ou obter seu serviço é dominar a concorrência e se destacar. A internet trouxe a inovação e quebrou barreiras importantes para que os negócios vendessem mais. Por isso, saber utilizar as ferramentas disponíveis é ser um empreendedor de sucesso.

Descubra como utilizar anúncios de vendas da melhor forma e entenda mais sobre o potencial dessa ferramenta com base nas definições de marketing e empreendedorismo. Continue a leitura!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 21

O que é um anúncio de vendas?

Com o avanço da digitalização e aumento de vendas online, anunciar na internet já não é mais só uma opção, mas uma obrigação para chegar a um número muito maior de possíveis compradores em qualquer região do país ou do mundo.

É indispensável considerar investir parte da sua verba em anúncios online, mesmo que você tenha uma forte presença em ambiente físico. Isso porque os dois lados se complementam (on e offline) e a propaganda pode impactar um negócio de diversas formas. Um bom anúncio deve ter algumas características, tais como:

  • Converter: a propaganda tem o poder de levar o possível cliente a tomar uma ação, seja dar uma curtida, realizar um comentário, conversar em uma página de vendas ou fechar o pedido de um produto;
  • Comunicar: a visibilidade é uma das maiores vantagens de anunciar. Ainda que em um primeiro momento os seus anúncios não convertam, eles fazem com que cada vez mais pessoas conheçam a sua marca;
  • Lembrar: anunciar mantém a sua marca na mente das pessoas, de forma a fidelizar o cliente e incentivá-lo a continuar comprando de você;
  • Fidelizar: a presença constante faz com que o seu negócio seja sempre lembrado pelas pessoas, seja por uma questão sensorial ou pela qualidade do produto.

Como funciona o anúncio de vendas?

Se você acha que anúncios de vendas são coisas para grandes empresas, saiba que é uma opinião equivocada. Na internet, dá para começar a investir em propaganda com menos de dez reais diários (R$ 10,00), gerando bons resultados para o e-commerce.

Assim, todo porte de empresa pode anunciar, seja online ou offline. Existem diversos canais e, para escolher o melhor, é importante pensar na verba destinada para esse objetivo e qual o seu público-alvo, uma vez que o bom anúncio é aquele que sabe quem quer atingir.

O Instagram e o Facebook, por exemplo, são redes sociais que possuem vários públicos ativos e são acessíveis para divulgar. Para anunciar, basta ter um perfil dentro das redes sociais e alimentá-lo com conteúdos úteis e informações que dêem ao consumidor o senso de reconhecimento da sua marca e negócio. Além disso, é possível usar grandes buscadores, como o Google e outros, para fazer seu site ser visto com mais facilidade.

Estratégias de propaganda para o anúncio

Existe um ponto importante para saber antes de anunciar: a utilização de estratégias disponíveis. Entenda qual o seu objetivo com o anúncio para, assim, utilizar os melhores argumentos para gerar conversão, sem perder recursos ou investir no canal errado.

A estratégia é uma grande aliada na hora de criar anúncios que trazem resultados para uma empresa. Há algumas abordagens que podem ser utilizadas, a depender do objetivo e do público-alvo. Muitas vezes, combinar canais e métodos de divulgação otimiza os resultados, gerando ainda mais conversões.

Informações atreladas ao contexto do anúncio ajudam a entender qual o propósito de sua criação. E é isso que é importante entender no momento da criação: quem você quer atingir e em qual contexto o anúncio está inserido? É papel das empresas entender qual o canal e necessidade (ou dor) daquele possível cliente, para realizar uma propaganda de forma assertiva e no momento certo.

Propaganda informativa

A propaganda informativa tem como cerne a intenção de comunicar que existe um determinado produto ou serviço como solução de um problema. Ela trabalha na conscientização da necessidade de tornar reconhecida a ação para solucionar o desafio/dor do prospect.

Embora esteja promovendo a marca e aumentando a visibilidade, nesse tipo de propaganda não é esperada uma conversão imediata em vendas, mas a comunicação clara do benefício da tomada de ação.

Isso diz respeito à etapa do consumidor, que vai da identificação de um problema ou necessidade à decisão de compra. Assim, em propagandas informativas, o grande trunfo é saber usar o marketing de conteúdo a seu favor – um método que gera diversos textos, vídeos e outros materiais relacionados ao seu serviço.

Propaganda persuasiva

Já a propaganda persuasiva é mais incisiva e trabalha o senso de urgência com mais destaque. As chamadas costumam utilizar verbos que promovem o sentimento de desejo imediato, como: “comece agora”, “não perca tempo”, “ligue agora”, entre  outros.

Ela também apresenta cases de sucesso, que demonstram que outras pessoas já tiveram resultados positivos com aquele produto ou serviço, normalmente atreladas a uma chamada que faça com que os impactados pelo anúncio também queiram pertencer àquele contexto.

No marketing digital, isso é chamado de prova social – uma forma de comprovar e conquistar o consumidor através do reconhecimento não apenas da qualidade do serviço, mas do seu impacto e adesão por outras pessoas.

Propaganda de presença

A propaganda de presença serve para, literalmente, marcar a presença da marca junto ao consumidor. Isso se dá com estratégias de comunicação mais assertivas e constantes, indicando a necessidade de consumir novamente os produtos divulgados.

Esse pode ser um caminho para angariar leads ou manter os clientes fidelizados sempre comprando com sua marca. Um exemplo desse tipo de propaganda é o realizado por marcas de roupas, bebidas ou itens de consumo período.

Por onde começar o anúncio de vendas?

Entender o que são os anúncios de venda e sua importância é o primeiro passo para entrar de vez no mundo da publicidade para pequenos empreendedores. Agora, é preciso saber por onde começar a investir recursos, com base no contexto em que sua atuação está no presente momento. Confira 7 dicas a seguir!

1. Entenda seu negócio

Para vender o seu produto ou serviço, é preciso entender quais os diferenciais e principais benefícios do seu negócio. Por que comprar de você e não da empresa concorrente? Faça um estudo sobre o seu segmento e compreenda como se destacar.

Isso pode depender de um olhar mais analítico para a realidade da sua empresa, com base no levantamento de alguns dados como o core business, ou o produto principal oferecido aos clientes.

2. Defina o slogan da sua marca

O slogan é uma mensagem curta e concisa que você deseja marcar na cabeça das pessoas. Provavelmente você conhece algumas marcas que, ao falar o nome, sempre vem junto de uma frase. Ela é o slogan daquela marca. Ao criar um slogan, lembre-se que ele deve falar com os seus consumidores.

3. Use um CTA chamativo

Um anúncio pode ter vários objetivos, uma inscrição em um webinar ou newsletter, o fechamento de uma venda, a divulgação de uma nova coleção de óculos de sol. No entanto, todos eles devem ter algo em comum: um CTA (Call to Action, ou Chamada Para Ação) com uma mensagem clara e no imperativo. Por exemplo: “conheça a nova coleção”, “assine a nossa newsletter”, “compre agora”.

4. Escolha uma identidade visual

Diariamente, inúmeras peças de publicidade, seja online ou offline, são criadas e divulgadas. Decidir uma identidade visual para a sua marca é mostrar ao seu público quem você é e garantir um diferencial. Diferentes segmentos usam diferentes cores e isso deve estar no horizonte criativo do momento de definir o rosto da sua marca.

Escolher uma identidade visual para o seu negócio é mostrar como quer ser lembrado pelas pessoas. Certifique-se de que os elementos escolhidos dialogam com o seu produto e serviço e a mensagem final que quer passar.

Uma dica é ficar de olho na noção de psicologia das cores, muito utilizada no marketing para despertar certas reações dos clientes. Cores quentes costumam ser associadas à comida, enquanto tons mais claros e básicos à serviços de educação.

5. Seja relevante e objetivo

A publicidade não é uma ciência exata. Por isso, realizar peças publicitárias é algo que requer diversos testes. Para ser relevante, o anúncio deve ser convincente e atrair a atenção das pessoas.

Neste contexto, busque ver o que os seus concorrentes têm feito e o que pode ser feito de diferente. É interessante mostrar os benefícios de utilizar o seus produtos ou serviços, de forma objetiva e que mostre relevância.

Lembre-se: fazer pesquisa da concorrência não é copiar ideias ou roubar conteúdos de forma total. Trata-se de um processo de melhoria e entendimento do que os outros profissionais do seu ramo estão dizendo, para então falar melhor e com a cara do seu negócio.

6. Entenda seu público

Para ter anúncios mais assertivos, é necessário entender quem é o seu público. Para isso, levante as respostas para algumas questões básicas: que tipo de anúncio mais chama atenção dele? Quais redes sociais ele mais acessa? Quais formatos ele gosta mais?

Por meio deste conhecimento, a criação dos anúncios fica mais fluida e mais certeira, diminuindo custos e tempo de trabalho. Isso porque você está direcionando seu investimento à persona correta – uma espécie de “consumidor ideal” que representa a maioria dos seus leads em potencial.

Conhecer a persona do seu negócio depende de entender e visualizar quem mais compra e precisa dos seus produtos. Por exemplo: em uma loja de materiais escolares, a persona, à primeira vista, pode parecer crianças e adolescentes, mas, na maioria das vezes, os compradores são os pais ou outros adultos responsáveis. Fique atento!

7. Combine anúncios de vendas com Marketplace 

Uma das formas mais estratégicas de conquistar espaço junto ao público, quando se está começando com pequenas empresas, é investir em Marketplace. Trata-se de um modelo de negócios que une diversas marcas e vendedores em um mesmo local, geralmente administrado por uma marca maior.

Nesse caso, o anúncio deve ser criado pelo vendedor, seguindo os padrões da marca oficial, e as formas de entrega podem variar: podem ser feitas pela loja ou pelo vendedor em si. Controlando a gestão de vendas, é possível estar em mais de um Marketplace de uma vez. Para isso, basta contar com soluções inovadoras como o integrador de marketplace.

Utilize anúncios para vender mais

Anúncios são métodos eficazes para aumentar as vendas e ter uma postura competitiva no mercado. Em meio às transformações digitais, nosso modo de chegar até serviços e produtos tem ficado mais criterioso. Por isso, invista em tecnologia e construa um canal de diálogo com seu público-alvo.

Neste conteúdo, você viu como realizar anúncios de vendas e qual sua importância para pequenos e médios empreendedores, sejam eles de grande atuação online ou offline. Além disso, conferiu algumas dicas para colocar em prática agora mesmo e gerar mais conversões e vendas.

Agora, combine o anúncio de vendas com outras estratégias vantajosas e modernas. É o caso dos marketplaces, centros de venda digital que permitem que pequenos empreendedores se valham da reputação de grandes marcas, como a Amazon. Conheça agora mesmo o Amazon Marketplace e comece a aumentar suas vendas!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
duas pessoas conversando sobre como abrir uma empresa
Se você quer ter o próprio negócio, precisa entender o passo a passo para abrir uma empresa de forma simples
Pessoa fazendo governança de dados.
Tenha uma gestão transparente e mais estratégica com a implementação da governança de dados.
ERP para pequenas empresas

MEI

Você já considerou a implementação de um ERP para pequenas empresas no seu negócio? Ententa as vantagens aqui!