7 dicas para fazer uma excelente gestão de empresas

Aprenda como aplicar técnicas de gestão de empresas com excelência para aumentar os lucros da sua empresa. Use a tecnologia para ajudar a melhorar os resultados de seu negócio.

06/Abr/2022
Gestão

Você, empreendedor, sabe a importância de fazer uma gestão de empresa estratégica? Estando na etapa inicial, ainda avaliando as oportunidades de mercado, ou já com seu negócio pronto, um planejamento é o que vai fazer a diferença entre ter ou não oportunidades de sucesso.

Como padrão, o primeiro passo para qualquer empresa é a montagem de um plano de negócios, pois, a partir disso são definidos detalhes do produto ou serviço, capital inicial, local de instalação, detalhes financeiros e de contratação de pessoal, missão, visão, valores, metas a serem alcançadas e muitos outros aspectos para sua empresa ter ótimos resultados.

No entanto, se você não sabe por onde começar ou pulou essa etapa no início, não se preocupe, é possível realizar um planejamento da gestão da sua empresa a qualquer hora! E mesmo o microempreendedor individual pode aproveitar os benefícios de ter uma gestão de empresas bem planejada.

Neste artigo vamos entender para que serve a gestão de empresas e porque ela é importante, além dos conceitos de fluxo de caixa, redução de custos, gestão de processos, gestão de equipes e liderança. Descubra como fazer o controle de resultados e usar a tecnologia a favor da lucratividade da sua empresa.

Acompanhe todas as dicas, aplique em seu negócio e veja os resultados da gestão de sua empresa melhorarem!

O que é gestão de empresas?

 

Apesar de muito falado, nem todas as pessoas entendem o termo gestão de empresas na prática.

 

Uma empresa pode ter um espaço físico ou ser uma loja virtual (e-commerce), e para cada modelo de negócio, há uma forma de gestão de empresa a ser executada.

 

Mas afinal, o que é, como funciona e para que serve a gestão de empresas? Leia as explicações a seguir.

O que é gestão de empresa?

 

Não é só gerir as finanças de um negócio, vender produtos ou serviços e gerar lucros. Uma gestão de empresas eficiente inclui muitos outros aspectos e boas práticas de gestão. O lucro é consequência natural.

 

Uma gestão empresarial é conduzir todas as decisões, processos e atividades de um negócio com técnicas e ferramentas que levarão aos melhores resultados possíveis.

Como funciona a gestão empresarial? 

 

No planejamento de gestão de empresas, é importante conhecer o mercado em que atua, seus concorrentes, os clientes e acontecimentos mundiais que podem impactar seu negócio. Como empreendedor, você precisa se capacitar e treinar sua equipe. Estipular metas e indicadores para avaliar o desempenho de sua empresa.

 

Veja que é um estudo constante de vários fatores que vão influenciar no sucesso ou fracasso de sua empresa. Tudo deve estar alinhado e integrado com o planejamento estratégico.

 

Atualmente, investir em tecnologia, automação de processos e modernização de equipamentos é um dos exemplos de boas práticas de gestão. Assim como ter presença no meio virtual por meio de sites e redes sociais vai te permitir conquistar muito mais clientes.

 

Para que serve a gestão de empresas na prática? 

 

Tanto para empresas de pequeno, médio ou grande porte, é fundamental planejar para ter um crescimento que se sustente com o passar dos anos. Pois é muito comum abrir falência nos primeiros 4 anos de atividade, segundo dados do Sebrae.

 

Uma gestão eficiente vai te preparar para enfrentar momentos difíceis como crises econômicas, momentos de quedas nas vendas, mudanças de mercados e muitos outros. Além de ajudar a identificar oportunidades para inovar e aumentar a lucratividade de seu negócio.

 

De forma simples, a sobrevivência de seu negócio depende de uma gestão de empresas bem planejada e aplicada com as melhores práticas de mercado. 

 

Como fazer uma gestão de empresa estratégica?

 

Depois de entender melhor sobre os conceitos de gestão de empresas, explicaremos os principais aspectos que vão influenciar no sucesso de seu negócio.

 

Definição de objetivos

 

O primeiro passo para quem nunca fez um planejamento estratégico de empresa é fazer um plano de mercado. Nesse plano, precisa constar a realidade do mercado em que a empresa está inserida, os potenciais clientes, fornecedores, concorrentes e principais tendências.

 

Com esse plano elaborado, é hora de definir objetivos para sua empresa. Esses objetivos podem ser: expandir filiais, aumentar faturamento, investir em tecnologia, ser referência de mercado e outros.

 

Sem objetivos, sua empresa vai ficar parada no tempo e pode, inclusive, fechar as portas.  

 

Redução de custos

 

É necessário conhecer os custos de produção, margem de lucro, preço praticado pela concorrência e fazer a escolha correta de fornecedores. Um contador pode atuar como consultor para te ajudar nessa missão.

 

A gestão estratégica dos custos da empresa é um ponto crucial para os resultados que você quer atingir com os objetivos que definiu. Em resumo, pode ser o sucesso ou o fracasso do seu negócio.

       

Liderança Estratégica

 

Não dá mais para ser um gestor de empresa como antigamente, onde o chefe mandava e os empregados obedeciam. O conceito atual é de liderança estratégica.

 

Algumas das boas práticas de um líder estratégico são:

  • Repasse de informações e treinamento para toda a equipe de colaboradores;
  • Alinhamento de metas e objetivos da empresa;
  • Abertura da liderança para participação de todos nas sugestões de melhorias;
  • Controle de processos e preparação para gestão de crises;
  • Alinhamento de todas as áreas da empresa;
  • Análise de riscos, pontos de melhoria e controle de resultados.

       

Economia e direito empresarial

 

É preciso realizar uma boa gestão financeira para aplicar o conceito de “fazer mais com menos”. Reduzir ao máximo os custos desnecessários para aprimorar os resultados e aumentar a lucratividade do negócio.

O empreendedor precisa conhecer sobre Direito Empresarial para evitar riscos ou prejuízos desnecessários. Além de ter conhecimento sobre tudo o que acontece que interfere na sobrevivência de sua empresa.

     

Gestão da qualidade e processo

 

Esse tópico está ligado ao assunto anterior. Pois com uma economia empresarial bem realizada, é possível melhorar a qualidade e a gestão dos processos.

 

No planejamento de qualquer empresa deve estar bem definido os processos e indicadores de qualidade. Esses processos precisam ser monitorados e verificados se sua execução está adequada aos padrões de qualidade exigidos. Isso interfere diretamente na excelência dos produtos ou serviços que seu negócio oferece.

 

6 dicas para fazer uma excelente gestão de empresas

 

Um resumo que pode nortear a qualidade da gestão de empresas está em estudo, planejamento, ação e controle de resultados. Grave essas palavras, que são inspiradas no ciclo PDCA: Plan, Do, Check, Act, em tradução livre: Planejar, Executar, Verificar e Agir. É uma ferramenta administrativa para fazer uma gestão de empresas eficiente.

 

Confira agora 7 dicas práticas para aplicar a gestão de empresas com excelência:

 

1. Faça controle de fluxo de caixa 

Todo dia o fluxo de caixa deve ser conferido e atualizado. Ele deve seguir regras e limites bem definidos.

 

Um bom fluxo de caixa inclui não só fechar no azul, mas também controle de entradas e saídas.

   

2. Estabeleça a comunicação eficaz entre setores

 

O relacionamento interpessoal entre a equipe de colaboradores é um fator-chave para o sucesso da empresa. Todos os setores precisam estar alinhados com o planejamento estratégico e ter cooperação uns com os outros.

 

Uma comunicação eficiente vai possibilitar uma troca de informações e colaboração para atingir as metas e objetivos da empresa. Todos ganham!

        

3. Treine e motive sua equipe

 

Uma equipe bem treinada e engajada em cumprir metas ajuda na gestão de empresas com excelência.

 

Você, empreendedor, junto com a área de recursos humanos, deve incentivar uma cultura de alta performance com treinamentos e incentivos para os colaboradores se manterem motivados.

       

4. Aprimore suas habilidades gerenciais

 

Empreendedor, não é só sua equipe que precisa estar em constante treinamento. Você também tem que se atualizar em conhecimentos e boas práticas de gestão.

Mais do que todos, você também precisa aprimorar suas competências em gerir pessoas, processos, estratégias e delegar para as pessoas certas. Existem, no mercado, vários cursos voltados para cargos de lideranças de alta performance, usufrua desses meios de adquirir conhecimento. 

        

5. Faça análises e gestão de resultados

 

Acompanhe o que acontece na sua empresa e faça análise de resultados, conforme definido no planejamento. Como diz o ditado: “É o olho do dono que engorda o gado”.

 

Reúna-se com as pessoas estratégicas para produzir os resultados esperados. Aprenda a identificar as falhas na gestão da empresa e a corrigir no tempo correto. Mantenha o foco em bater as metas e atingir os objetivos definidos.

       

6. Tenha a colaboração da tecnologia

 

Um fator para analisar é usar a tecnologia a favor da gestão de empresas. Reduza ao máximo os processos manuais repetitivos que diminuem a produtividade do seu negócio.

 

Tenha sistemas integrados de gestão que integrem finanças, vendas, estoque, cálculo de impostos, marketing, planejamento e outros. 

Esse sistema irá reunir todas as informações estratégicas de sua empresa em um só lugar, facilitar a contabilidade e otimizar o tempo dos processos. O desempenho de seu negócio atingirá um outro patamar com um sistema completo de gestão de empresas.

 

Gestão inteligente para negócios de sucesso

 

Percebeu como uma gestão de empresas eficiente pode alavancar o seu negócio?

 

Agora, é hora de praticar as dicas aqui descritas, com foco de sempre melhorar e adaptar o seu negócio para o momento atual. 

E, para facilitar sua vida de empresário atarefado, não deixe de aproveitar nossa última dica e usufruir de um sistema ERP e toda a tecnologia disponível. 

 

O sistema ERP da Omie, por exemplo, oferece diversas funcionalidades: emissão de notas fiscais eletrônicas, integração com a SEFAZ e o sistema contábil, integração com estoque e vendas e muito mais. E ainda o sistema ERP Omie pode ser personalizado para as necessidades de sua empresa.

 

Quer testar agora? Fale com um especialista e conheça o sistema ERP Omie. Os resultados de sua empresa vão te surpreender depois de implantar esse sistema.

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas