eSocial 2021: confira o cronograma completo

Quer saber quais são as novidades do eSocial 2021? Confira o artigo completo do blog!

13/Abr/2021
Contabilidade

Antigamente as empresas passavam por dificuldades quando o quesito era envio de informações pessoais dos funcionários. E por isso, o eSocial surgiu, para ajudar em um envio mais eficaz e rápido. E com o eSocial 2021 algumas mudanças também surgiram para deixá-lo ainda mais dinâmico.


Agora a rotina de profissionais de RH e gestores vai ficar mais tranquila, principalmente no que diz respeito ao envio de informações para o governo. E para saber como funciona em detalhes e todas as diferenças do cronograma de implantação do sistema, confira abaixo o artigo completo!


O que é eSocial?

O eSocial é uma sigla que significa Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas. O portal eSocial foi lançado em 2014, a partir do decreto 8.373, com o principal objetivo de unificar todas informações de funcionários e estagiários. 


O site eSocial pode te ajudar a enfrentar os problemas com prazos e melhorar a organização de informações e dados ao realizar o cadastro. Isso porque, é uma ação organizada por quatro órgãos importantes que são a Receita Federal do Brasil, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Secretaria do Trabalho.

Qual a utilidade do sistema eSocial?

Esse sistema serve para que você consiga ter em sua empresa uma folha de pagamento digital, assim, é possível ter todos os dados dos trabalhadores em um único lugar. Sendo uma ótima ferramenta para melhorar a gestão de processos em seu negócio com a certeza de segurança de dados. 


Além disso, ele une todas as obrigações trabalhistas em um lugar, sendo uma forma de padronização. Servindo para várias questões que envolvem os colaboradores de uma empresa, que vão desde processos de admissão e demissão, até mesmo aviso prévio. 

Conheça as principais mudanças

De acordo com uma publicação feita no Diário Oficial da União, algumas implantações e alterações foram feitas no eSocial 2021, e servem para eliminar campos desnecessários e tornar assim, o preenchimento das informações cada vez mais simples. Conheça as mudanças:


  • Desburocratização, com a substituição das obrigações acessórias;
  • Não exigência de dados já conhecidos;
  • Eliminação de pontos complexos;
  • Modernização e simplificação do sistema;
  • Integridade e continuidade dos dados;
  • Respeito aos investimentos feitos por empresas.


E com isso, a identificação dos trabalhadores será feita exclusivamente com o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), sem a necessidade de fornecimento de outros dados como o Registro Geral (RG), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), PIS e Pasep.


E com essas mudanças no acesso ao eSocial e em seu cadastro, é possível ter ainda mais facilidade na prestação de informações, uso do CPF como única identificação e simplificação das declarações que envolvem pagamentos e remunerações. 


Outro ponto super importante é a substituição de alguns documentos que anteriormente eram usados apenas na versão física, como a carteira de trabalho, que há pouco tempo passou a ser completamente digital, o que facilita em atualizações de cargo, mudança de salário e qualquer outra alteração que seja necessária. 

Cronograma de implantação do eSocial

Confira o cronograma completo com as últimas notícias do eSocial para entender qual vai fazer parte da sua empresa. Dessa forma, você consegue adotar as mudanças com tranquilidade. 


1ª Fase: essa fase faz parte do envio das informações constantes dos eventos das tabelas. 


2ª Fase: já na segunda fase, é feito o envio das informações constantes dos eventos não periódicos (exceto os eventos de Segurança e Saúde do Trabalhador - SST).


3ª Fase: você consegue fazer o envio das informações constantes dos eventos periódicos.


4ª Fase: na quarta os eventos do SST fazem o envio das informações constantes.


Não se esqueça que esse é um sistema que ainda está sendo adotado, portanto nem todas as empresas precisam usá-lo de maneira integral, porém é fundamental saber quais são as datas. 


  • 10 de maio de 2021: MEIs, MEs, EPPs e pessoas físicas sem fins lucrativos devem registrar a folha de pagamentos;
  • 8 de junho de 2021: grandes empresas devem enviar eventos de Segurança, Saúde e Trabalho (SST);
  • Em 8 de julho de 2021: órgãos públicos devem realizar o cadastro do empregador e tabelas;
  • 8 de setembro de 2021: médias empresas devem enviar eventos de Segurança, Saúde e Trabalho;
  • 8 de novembro de 2021: órgãos públicos devem enviar eventos não periódicos (dados do trabalhador e vínculos).


Não se esqueça de ficar atento a todas as novidades e informações para cadastrar a empresa no eSocial e manter-se sempre atualizado. E o melhor é que nesses casos você ainda pode contar com a tecnologia.  


E com um software de gestão você pode tornar os processos ainda mais ágeis e transparentes. Isso porque, você consegue muito mais do que um acompanhamento da jornada de trabalho, com relatórios atualizados e automatizados e com a eficiência que você precisa para a sua empresa crescer. 



Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas