Gestão do conhecimento: o que é e como aplicar na sua empresa

A gestão do conhecimento é uma ótima escolha para quem deseja ampliar os aprendizados dos funcionários.

25/Jun/2021
Gestão

Todo empreendimento, seja ele novo ou de longa data, é preciso ter uma transformação em algum momento para que os resultados sejam potencializados e os setores da empresa tenham sincronização no trabalho. E esse processo é conhecido como gestão do conhecimento


E para que você realize esse processo em sua empresa, vamos te explicar como funciona na prática e apresentar algumas dicas para que você consiga passar por todas as etapas da gestão do conhecimento da melhor forma possível. Confira!

Como funciona o conceito de gestão do conhecimento?

É importante saber que esse é um conceito bem amplo que engloba várias ações para o dia a dia. Isso porque, ele é usado para analisar todos os conhecimentos que existem para o desenvolvimento da sua empresa. Mas, o que isso significa na prática?


Basicamente, você precisa identificar quais são os principais conhecimentos que os seus colaboradores já possuem que faz a empresa crescer e os processos serem realizados com tranquilidade. Além disso, é importante saber como desenvolver esses conhecimentos para que a empresa não fique dependente de apenas um ou alguns funcionários. 


Quando aplicamos essa gestão de conhecimento no dia a dia, é preciso levar em conta todos os problemas e erros que podem acontecer dentro da empresa. E isso é levado em conta, pois essas dificuldades são usadas em decisões futuras e tem como base, o aprendizado em experiências anteriores.

Conhecimento tácito x Conhecimento explícito

Através da tecnologia e de metodologias de conhecimento, que a organização consegue ter condições de integrar, identificar, analisar e compartilhar os aprendizados que existem. Por isso, existem dois conceitos fundamentais, que ajudam a entender como as informações são transmitidas, e são eles:


  • Conhecimento tácito: sabe aquele conhecimento que você adquire com o tempo e através de experiências? Nele, você não tem dados teóricos nem informações quantificáveis, mas consegue ter a noção de vários dados;
  • Conhecimento explícito: nesse caso, é aquele que você consegue transmitir para outra pessoa. Ou seja, é quando existe um conhecimento teórico e ele é explicitado para outra pessoa.

Dicas de como aplicar a gestão do conhecimento em sua empresa

Agora que você já sabe como funciona a gestão do conhecimento e sabe como identificar os pontos fortes de cada funcionário, vale seguir alguns passos para que você tenha ainda mais efetividade no processo. Confira algumas dicas:

1 – Faça o mapeamento de competências

Esse é o primeiro passo para que você entenda quais são as competências dos seus funcionários e o que pode ser útil para o desenvolvimento da empresa. Para isso, é preciso estabelecer o que é necessário para o crescimento do seu negócio. Após esse mapeamento, você consegue trazer mais efetividade para os processos e garante os resultados. 

2 – Facilite o compartilhamento de informações 

A empresa pode oferecer meios para que os funcionários compartilhem ideias e competências uns com os outros. Isso porque, esse processo de gestão do conhecimento pode gerar insights diferenciados para as mais diversas áreas.

3 – Tenha comprometimento com a equipe

No começo pode ser difícil explicar para os funcionários o quão importante é a gestão do conhecimento dentro da empresa, porém, você pode incentivar a participação com gamificação. Ou seja, ofertando cursos, ingressos para eventos na área, cupons de descontos e outros. Isso se torna importante para o colaborador e para a atuação dentro do escritório. 

4 – Canais para comunicação

Outro ponto de destaque é criar formas para que os colaboradores conversem

sobre problemas e soluções para melhoria da empresa. E isso pode ser feito em reuniões rápidas ou até mesmo em ambientes de sugestão, colocados no escritório ou em algum canal digital. A principal vantagem é contribuir para tomadas de decisão, que normalmente são de responsabilidade de áreas mais estratégicas.

5 – Responsáveis pela organização

Esse é um trabalho que deve ser feito pela equipe inteira, e estimulado para que todos os setores façam. Isso porque, ajuda a dar autonomia, segurança e proporciona confiança entre os profissionais envolvidos. 

6 – Utilize ferramentas para aumento da produtividade

E por fim, contrate uma ferramenta de mercado para te ajudar na gestão do conhecimento e empresarial. Um ERP pode te auxiliar nas tarefas do dia a dia e otimizar o tempo de trabalho dos seus funcionários e consequentemente aumentar a produtividade. 


Muitos problemas que podem surgir, são facilmente solucionados com um software de gestão. Além disso, ele pode ser a chave para automatizar tarefas repetitivas e dar mais precisão de dados. Sendo ótimo para criar, editar e personalizar relatórios gerenciais, cadastrar contratos, e ajudar na emissão de boletos e contratos. 


https://www.omie.com.br/comercial/?utm_source=blog&utm_medium=link-meio&utm_campaign=artigo_produto_automatizando_CNAB_pagamento

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas