O que é prazo médio de recebimento (PMR) e como calcular? Entenda!

Saiba o que é e entenda como funciona o Prazo Médio de Recebimento (PMR) e como calcular o da sua empresa.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Muitos empreendimentos, especialmente os que trabalham com pagamento a prazo, nem sempre recebem o valor total de uma venda de forma imediata. No entanto, é possível se planejar com auxílio de métricas como o Prazo Médio de Recebimento (PMR).

Esse cálculo é muito importante para o planejamento financeiro, especialmente no que diz respeito ao capital de giro do negócio. Conheça mais detalhes sobre o PMR e como calcular com este artigo!

O que é o Prazo Médio de Recebimento (PMR)?

O Prazo Médio de Recebimento (PMR) é uma métrica financeira que indica o tempo médio que uma empresa leva para receber os pagamentos de suas vendas. Em outras palavras, é um período médio entre a venda de um produto ou serviço e o recebimento do valor total correspondente.

Fazer vendas parceiras ou a prazo é uma prática no Brasil, e essas são modalidades muito atrativas para os consumidores. No entanto, a empresa precisa realizar um excelente controle financeiro para não ter problemas com seu fluxo de caixa.

Afinal, ao mesmo tempo em que o cliente se beneficia ao ter mais tempo para poder quitar uma compra, a empresa precisa ter ciência de que demorará também para receber e poder contar com aquele capital em caixa.

Nesse contexto, o Prazo Médio de Recebimento é um indicador útil, que deve fazer parte das rotinas financeiras de empresas que oferecem esses meios de pagamento.

Por que o PMR é Importante?

O PMR é fundamental para a gestão financeira, essencialmente para manter a saúde e a eficiência do ciclo de caixa de uma empresa e sua capacidade de ter capital de giro.

Esse indicador dá aos empreendedores uma noção mais segura de quando, em média, eles terão dinheiro para pagar suas contas, o que os permite fazer uma projeção de fluxo de caixa e evitar surpresas.

Calcular o Prazo Médio de Recebimento (PMR) é muito importante por várias razões, mas ele é indispensável para quem trabalha com vendas a prazo.

De forma prática, esse índice permite que a empresa calcule antecipadamente quanto e quando vai receber, podendo, assim, se planejar de acordo. Nesse sentido, o PMR fornece informações valiosas para a tomada de decisão financeira.

Ele ajuda empreendedores a ajustar não somente o capital de giro, mas repensar investimentos, melhorar processos de cobrança ou renegociar prazos de pagamento com fornecedores, por exemplo.

Como calcular o prazo médio de recebimento?

Calcular o Prazo Médio de Recebimento (PMR) é um processo simples e você precisa apenas seguir algumas etapas:

  1. Escolha um período para analisar, por exemplo, um ano (365 dias);
  2. Mapeie todas as suas vendas e encontre o valor total das contas a receber dentro desse período;
  3. Do valor total, encontre a soma que você ainda tem para receber;
  4. Aplique a fórmula: PMR = total para receber / (total vendido/período).

Um ponto de atenção é que na fórmula do PMR o período é sempre medido em dias. Confira, agora, um exemplo prático para entender o cálculo:

  • Uma loja de sapatos vendeu, em um ano, um total de R$ 800.000. Contudo, como trabalha com pagamentos parcelados, ainda tem R$ 230.000 a receber.
  • Nesse caso: PMR = 230.000 / (800.000 /365);
  • PMR = 230.000 / 2.191,78;
  • PMR = 104,94.

Arredondando, esse resultado significa que, em média, a empresa leva 105 dias para receber o valor total após realizar uma venda. Ou seja, ao analisar esse número, podemos pensar que provavelmente essa loja oferece parcelamentos de três ou quatro vezes para seus consumidores.

Essas condições são muito interessantes para os clientes, mas demandam planejamento e controle muito rigorosos para que a empresa não tenha problemas com liquidez.

Por isso é tão importante calcular o PMR e outros indicadores financeiros para manter a saúde do negócio e nutrir um bom relacionamento com fornecedores e clientes.

Qual a diferença entre o Prazo Médio de Pagamento e o Prazo Médio de Recebimento?

O Prazo Médio de Recebimento (PMR) indica o tempo médio que uma empresa leva para receber os pagamentos dos clientes. Já o Prazo Médio de Pagamento (PMP) é o tempo médio que uma empresa leva para quitar suas dívidas com fornecedores após aquisição de materiais e insumos.

Outras perguntas sobre prazo médio de recebimento (PMR)

O que é PMR, PME e PMP?

Existem três cálculos para os prazos médios:

  • PMR (Prazo Médio de Recebimento): o tempo médio que uma empresa leva para receber o valor total de uma venda;
  • PME (Prazo Médio de Estocagem): o tempo médio que produtos ou insumos permanecem em estoque;
  • PMP (Prazo Médio de Pagamento): o tempo médio que uma empresa leva para pagar suas compras com fornecedores.

Qual o valor ideal para o Prazo Médio de Recebimento?

Não existe um número certo ou ideal, pois isso depende da estratégia de cada negócio. Um PMR baixo é um bom sinal, pois indica que a empresa recebe rapidamente seus pagamentos. No entanto, para quem trabalha com parcelamentos, vendas recorrentes, assinaturas e outros modelos de negócios, este indicador tende a ser maior.

Como interpretar o PMR?

Quanto menor for o resultado do PMR, melhor é para a empresa, pois significa que ela está recebendo os pagamentos por suas vendas mais rapidamente. Em contrapartida, quanto mais elevado for o resultado, maior é a necessidade de planejamento e atenção em relação ao fluxo de caixa.

Otimize sua gestão financeira com o Prazo Médio de Recebimento

O Prazo Médio de Recebimento é um indicador imprescindível para medir a saúde financeira de um negócio e manter o controle financeiro. Com ele, o empreendedor se planeja para pagar as contas em dia e tem mais tranquilidade.

Outra maneira de simplificar a rotina é com a tecnologia e a implementação de um sistema de gestão. O sistema ERP da Omie é uma plataforma completa, 100% online e inovadora que ajuda empreendedores a terem total controle de suas empresas.

Conheça as soluções financeiras da Omie e revolucione a gestão do seu negócio!

Banner - da gestão financeira à organização de contratos

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Market Share
Descubra o Market Share e como ele é importante para o seu negócio. Entenda o conceito e aprenda a calcular
canais de vendas
Conheça os diferentes canais de vendas e o motivo para criar uma estratégia para eles na sua empresa.
cadeia de valor
Entenda melhor os processos da sua empresa e como eles se relacionam implementando a cadeia de valor.