Open Finance: conheça tudo sobre esse sistema!

O Open Finance é a evolução do Open Banking! Para entender a relação entre os dois termos, leia o artigo.

30/Ago/2021
Finanças

O Open Finance é um sistema novo que permite ainda mais desburocratização de soluções bancárias, bem como melhores condições para os clientes e para as instituições financeiras. Ou seja, é possível ter mais opções e uma maior liberdade para compartilhamento de dados financeiros. 


E assim com o Open Banking, o Open Finance proporciona acesso a todo o histórico financeiro do cliente desde o início da abertura da conta então, pode conter dados do tipo de cartão, quantas contas foram pagas, limites disponíveis, empréstimos e muito mais.


Sabe qual a vantagem principal? Ter poder de escolha para adquirir qualquer tipo de produto de acordo com a sua necessidade e preferências. Seja ela nos serviços oferecidos ou atendimento.

Importância do Open Finance

O principal objetivo do Open Finance é reduzir todas as dificuldades da informação. Ou seja, que todos os titulares de contas, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas de pequenas, médias ou grandes empresas consigam usar os seus dados da melhor maneira possível. 


E esse sistema se torna importante para ajudar no reconhecimento dos direitos dos dados dos clientes, além de ser fundamental para a transparência das informações. O que consequentemente proporciona um benefício econômico gigantesco para o mercado financeiro.  

Vantagens do Open Finance

Além de ser um ambiente mais aberto para a troca de dados, existem vários outros benefícios, e são eles:


  • Liberdade e autonomia para os clientes: a burocracia interna entre os bancos é uma barreira gigantesca para quem deseja mudar de banco, e quanto mais tempo uma pessoa fica presa em uma instituição, mais informações do histórico financeiro existem. E ao migrar, essas informações são perdidas, por isso, com o Open Banking, e agora Open Finance, esse fluxo não existe;
  • Custos mais baixos: com um sistema mais integrado, todos os processos são mais rápidos e consequentemente mais baratos;
  • Aumento da competitividade: sabe aquela barreira de entrada para produtos ou serviços em que precisa esperar uns meses para utilizar alguma funcionalidade? Com o Open Finance o ambiente fica mais competitivo e com mais opções para o consumidor.


Qual a diferença entre Open Banking e Open Finance?

Como já dissemos anteriormente, com o Open Finance é possível ter um sistema bancário mais aberto em que o cliente consegue levar todas as suas informações para qualquer uma das empresas financeiras que tenham interesse em abrir uma conta corrente. 

E a diferença entre Open Banking e Open Finance é que antes, essa novidade só era possível para bancos e instituições financeiras. E os dados construídos ao longo do tempo, desde contas, salários, saldos bancários, prestações, empréstimos, entre outros. 

Já com o Open Finance esse histórico pode ser transferido não apenas para bancos, como para corretora de seguros, plataformas de investimento, fundos de pensão, fundo de previdência e outras instituições que precisam de dados financeiros. Sendo assim, o Open Finance é considerado uma evolução do Open Banking.

Quais são as fases do Open Finance?

É importante salientar que os dados compartilhados são disponibilizados para todas as instituições financeiras participantes, sempre com a autorização do correntista. Confira abaixo: 


1ª fase do Open Banking 

Nesse passo, todos os dados foram abertos para as instituições participantes, porém, nenhum compartilhamento de dados foi realizado. 

2ª fase do Open Banking 

Com início em 13 de agosto de 2021, nessa fase é permitido o compartilhamento dos dados, mas para garantia e estabilidade do sistema, a funcionalidade foi liberada aos poucos.

3ª fase do Open Banking 

Nessa fase, que começa a partir de 30 de agosto de 2021, é possível solicitar uma transação de pagamento e o encaminhamento de propostas de operadora de crédito. Confira as datas previstas para liberação de pagamentos: 


  • 30/08/2021 – Pix;
  • 15/02/2022 – TED;
  • 30/06/2022 – boleto;
  • 30/09/2022 – débito em conta;
  • 30/03/2022 - Encaminhamento de proposta de operação de crédito.

4ª fase do Open Banking 

Na metade de dezembro de 2021, outros dados vão poder ser compartilhados. E são eles: operações de câmbio, seguros, conta-salário e investimentos. Confira mais detalhes:


  • 15/12/21 - dados públicos desses produtos e serviços;
  • 31/05/22 - dados das transações dos clientes;



Conheça a Omie.Cash! Conta digital para pessoa física

Com a Omie.Cash, você tem a solução completa para PMEs em todo o Brasil. É a conta corrente para quem tem o ERP Omie. E além da gestão financeira, é possível integrar a gestão de negócio de forma intuitiva, fácil e segura. 


Pix e Open Finance

E para quem está se perguntando como funciona o PIX com o Open Finance, é importante saber que com essa junção o compartilhamento se torna ainda mais fácil e rápido. Com as facilidades do pagamento instantâneo, que pode ser feito todos os dias, a qualquer hora do dia. 


Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas