Quais os benefícios da assinatura digital?

As vantagens de um mundo sem fronteiras já podem ser sentidas e um dos exemplos é a assinatura digital.

30/Jul/2020
Gestão

Já pensou em como seria assinar um documento à distância e ter a mesma validade de um feito presencialmente? Então saiba que essa tecnologia já existe, trazendo agilidade e flexibilidade a uma operação tão importante, a assinatura digital.


Utilizando um certificado digital para a segurança das informações, essa ferramenta pode ser usada em laudos médicos, atestados, contratos de sociedade, além de autenticação de transações financeiras.


Interessante, não é mesmo? Agora, que tal conhecer mais sobre o que é assinatura digital? Acompanhe o conteúdo a seguir e conheça os benefícios que essa transformação pode gerar para o seu negócio. 


O que é assinatura digital?

A assinatura digital foi criada como uma forma de garantir a legitimidade dos documentos armazenados em plataformas digitais e HDs externos. Possuindo a mesma validade de um contrato firmado presencialmente, esses arquivos utilizam a criptografia para garantir segurança.


Vigente no Brasil desde 2001, depois da criação do ICP (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras), ela garante que todos os documentos digitais em que a empresa tenha um certificado digital válido possam substituir o papel impresso.


Esse processo é feito por meio de um software chamado “assinador digital”, que vincula todos os dados criptografados do certificado digital aos documentos que terão validade jurídica.


Qual a relação entre assinatura e certificado digital?

Como você pôde perceber, a assinatura digital possui um vínculo direto com o certificado digital. Ou seja, se não tiver um, a validade do documento não é garantida. 


O primeiro passo para fazer uma contabilidade digital e assinar um documento à distância é adquirir um certificado digital. Como a identidade eletrônica de pessoas físicas e jurídicas, na prática, ele funciona como um software que armazena e criptografa todos os dados da empresa.


Existem diversos tipos de certificados digitais, porém os mais populares para o uso empresarial são o A1 e o A3. No entanto, se o intuito é legitimar a assinatura digital o A1, válido por um ano, é a modalidade mais popular, com o armazenamento em nuvem.


Criptografia da assinatura digital

Para garantir a segurança de todos os dados fornecidos durante a assinatura digital, esse processo conta com a criptografia como principal recurso. Mas você sabe como isso ocorre na autenticação de um documento?


Como função principal, essa é uma funcionalidade técnica que mistura todas as informações, de modo com que só quem possui a chave privada do usuário possa decodificar os arquivos.


Ao criar um documento que precise de legitimidade jurídica, vale lembrar que o primeiro passo é ter um assinador digital. Similar a uma caneta quando um contrato é firmado, o seu processo é totalmente codificado.


Verificação de validade

Mesmo com o documento criptografado, você sabe como é feita a verificação de autenticidade da assinatura digital? Pois saiba que quem recebe o arquivo é que fica responsável por dar essa validade.


Tendo acesso à chave privada do software, você poderá decodificar o documento e comparar com o arquivo recebido. Para isso, o remetente precisa estar atento ao hash (algoritmo de mapeamento) de ambos os documentos para que sejam idênticos.


Lembre-se que qualquer alteração no arquivo irá produzir um conteúdo totalmente diferente do documento originalmente assinado, o que tornará inválido o documento e a operação prevista no contrato.

Assinatura digital: qual a diferença em relação à eletrônica?

Quando o assunto é dar validade jurídica a um documento, é comum que dois termos sejam constantemente confundidos: assinatura digital e eletrônica. Apesar de serem realizadas exclusivamente no meio virtual, elas possuem algumas diferenças.


A principal diferença entre a assinatura digital e a eletrônica é a forma de verificar a autenticidade. Enquanto o primeiro passa pela criptografia do certificado para atestar a validade jurídica, a assinatura eletrônica analisa outros fatores, como a geolocalização, endereço IP, assinatura manuscrita, entre outros.


Vantagens dessa validação digital

Além de possibilitar um processo mais rápido e fácil, a assinatura digital de documentos oferece diversos benefícios para quem está querendo otimizar os processos internos da sua empresa.


Entre eles está a redução de custos da impressão dos contratos, diminuindo o orçamento destinado a materiais de escritório, como folha de sulfite e cartuchos de impressão. Além disso, é válido mencionar que tal atitude também diminui o consumo de papel, tornando uma ação sustentável.


Outro aspecto que deve ser mencionado é a segurança oferecida pela assinatura digital. Apesar de ser uma prática comum aplicar uma assinatura digitalizada, esse é um processo que está sujeito a fraudes.


Por isso, se você quer aliar a segurança dos dados da sua empresa a um processo rápido, fácil e sustentável, comece a fazer uso da assinatura digital e usufrua os seus benefícios.


Alie tecnologia ao seu setor contábil com a Omie

Agora que você conhece a assinatura digital e sabe as vantagens de começar a usar uma ferramenta digital, baixe o e-book Simbiose da Omie e tenha dicas de como integrar novos cenários econômicos e tecnológicos ao seu negócio.

                    

                                  


Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas