Quem não mede, não gerencia!

Entenda o motivo dos indicadores de gestão serem importantes para o crescimento de uma empresa.

08/Out/2021
Gestão

Essa frase de impacto define de forma muito clara o motivo pelo qual muitas empresas no mundo inteiro não conseguem atravessar períodos de grandes desafios ou que em momentos de turbulência não conseguem entender claramente o que os atingiu.

Gerir uma empresa, independente do porte, requer muitas habilidades que vão desde entender o mercado ao qual está inserido, seu produto ou serviço, seu publico alvo e claro seus indicadores internos.

 

Indicadores internos são como o painel de um avião ou o sistema de navegação de uma embarcação. Quanto mais sofisticado são seus controles, melhor será sua trajetória e sua navegabilidade.

 

A realidade da maioria das empresas, infelizmente, é que elas navegam sem instrumentos.

 

É até compreensível que numa micro empresa, o empreendedor tenha o feeling sobre sua navegação baseado nos seus conhecimentos práticos. É como um pescador que mesmo sem instrumentos, sai com seu pesqueiro e as vezes consegue pescar.

 

A questão é que, quando estamos falando de um pescador experiente, mesmo ele não tendo certeza que vai ter peixe, ele conhece o mar que navega e sabe inclusive quando esta se formando uma tempestade no horizonte.

 

Nos dias de hoje,onde nossos negócios estão inseridos, não temos mais como prever as tempestades pois elas não surgem apenas do céu. Nos mercados globais e com a inter conectividade, as tempestades podem surgir em 360 graus e para navegar num mar como esse você precisa de bons instrumentos.

 

Se falarmos de uma empresa maior então, usando esse mesmo paralelo, quanto maior a embarcação, maior a necessidade de instrumentos aferidos para ter informação em tempo real que possa orientaras decisões de quem esta no comando.

 

Dirigir um carro sem GPS hoje você só arrisca quando conhece muito bem o caminho, e muitas vezes mesmo conhecendo o caminho, você aciona o instrumento para saber se não tem uma rota alternativa que te leve mais rápido porque o transito é orgânico e fluído e ter informação em tempo real faz toda a diferença no seu trajeto.

 

Falando da gestão de uma empresa, dirigir com posicionamento claro, baseado em dados e não em sentimentos ou percepções é tão fundamental quanto um navio ter um sistema de radar e sonar para poder traçar a sua rota e poder em caso de tempestades poder antecipar mudanças de planos e de trajetos.

 

Sabemos que um dos grandes desafios dos empresários no Brasil, é obter seus próprios indicadores através das informações que são geradas pelos dados financeiros e econômicos,


mas graças a tecnologia disponível hoje, já existem sistemas simples que conseguem capturar esses dados,tratar essas informações e fazer essa entrega de forma muito fácil e objetiva.

 

Qualquer empresário de sucesso tem informações claras e precisas a sua disposição para a tomada de decisão.

 

Você pode até entender que a intuição é um fator importante no seu negócio, e jamais deve mostirar o mérito desse processo intuitivo, mas entenda que mesmo para esse processo intuitivo existem premissas pré-existentes para que ela faça sentido, do contrário você esta confiando apenas no seu achismo.

 

A intuição para que seja realmente observada ela precisa obrigatoriamente obedecer 3 premissas:

A)  REGULARIDADE
B)  EXPOSIÇÃO
C)  FEEDBACK

Intuição REF significa:            

A) Você tem muita regularidade no assunto, ou seja, você enfrenta de forma frequente situações semelhantes.

B)  Você precisa ter sido exposto diversas vezes a esse assunto, ou seja, você dentro da regularidade esteve exposto a essa situação ao qual está intuindo.

C)   Você precisa ter recebido muitos feedbacks sobre aquilo ao qual sua intuição está sugerindo uma decisão.

 

Na prática, para fazer sentido usar a intuição, o gestor precisa ter uma grande experiência sobre o assunto.

 

Mas como ter experiência num mundo onde os cenários mudam muito rápido e que hoje não sabemos claramente de onde vem nossa concorrência ou novos entrantes?

 

Como navegar em mares onde as variáveis não são controláveis ou não estão previstas?

 

Cada vez mais é fundamental que as decisões sejam baseadas em dados, porque dados se transformam em informação, que precisa ser convertida em conhecimento e esse conhecimento se torna diferencial estratégico para o seu negócio.

 

Dirigir uma empresa sem avaliar suas informações de forma clara e estratégica te deixa numa situação de desvantagem muito grande em relação as empresas que estão organizadas e que não decidem mais por intuição ou achismos.

 

A intuição não consegue ter a abrangência suficiente para compreender as nuances dos números e a complexidade do cruzamento das informações.

 

Estratégia é a forma como você deve conduzir o seu negócio para o sucesso. Para que essa condução tenha embasamento factual, não existe melhor fonte de informações que seus próprios resultados ou os resultados das decisões que você tomou até agora.


Como podemos corrigir a direção de uma empresa se não temos uma bussola que nos mostre para onde a empresa esta caminhando?

 

Ao construir indicadores ou KPIs (Key Performance Indicator) sobre os dados da sua empresa,você passa a introduzir instrumentos de navegação para o direcionamento da sua gestão.

 

Iniciar com poucos indicadores é sempre melhor do que não tê-los. Se sua empresa já trabalha com indicadores, procure sempre aos poucos sofisticá-los e desenvolver-se nesse sentido, mas se sua empresa ainda não utiliza nenhuma métrica para avaliar suas decisões ou para corrigir o curso do seu negócio, é melhor você priorizar ao máximo isso!

 

Como contadora mais de 32 anos, o erro mais comum que sempre me deparei nos empresários é a forma empírica com a qual se tomam decisões, simplesmente baseadas em suas experiências anteriores e que em grande parte das vezes, nada tem a ver com a decisão que precisa ser tomada.

 

Construir indicadores significa tornar a empresa mais profissional e elevar o nível de gestão e governança. Isso serve para que você tire-a da vala comum onde ficam a grande maioria das empresas que não investem na melhoria de sua gestão e de seus processo se que naturalmente não evoluem.Empresas que não evoluem quando enfrentam alguma tempestade, acabam afundando o navio por falta de instrumentos de navegação.

 

Gerir com indicadores não é garantia de sucesso, mas a certeza de que você tem um mapa para definira sua estratégia, por mais simples que seja!

 

Sucesso!

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas