Boleto registrado: o que é e quais as vantagens de emitir

O boleto registrado é um dos métodos mais seguros para evitar fraudes e golpes nos pagamentos. Quer saber como? Confira o artigo do blog!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Quem tem um negócio, seja on-line ou não, já deve ter se deparado com um boleto registrado. Na verdade, quase todo mundo já se deparou com esse documento. Para os empreendedores ele é essencial e pode trazer muitas vantagens para o negócio, independentemente do tamanho.

Esse documento, que apresenta diversas informações referentes aos pagamentos e transações, é fundamental para as empresas e também para seus clientes. Ele configura a certeza de que a empresa é séria, responsável e de confiança.

Este artigo foi pensado para te apresentar, ou se você já conhece, o que é o pagamento com boleto registrado, quais as vantagens ele proporciona ao negócio e como ele deve ser realizado. Continue nos acompanhando e descubra tudo sobre o boleto registrado!

O que é boleto registrado?

O boleto registrado é um dos meios de pagamento mais utilizados por e-commerces, principalmente pela praticidade que proporciona para vendedores e compradores. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban), desde 2018, prevê através de uma medida imposta, que esse é o modelo ideal.

Essa opção de boleto é mais completa e evita que as vendas se tornem inseguras, com a possibilidade maior de golpes e possíveis fraudes. Afinal, com um boleto registrado você pode ter muito mais informações disponíveis.

E como registrar o boleto?

O pagamento com boleto registrado é feito no sistema do banco de emissão, ou seja, todas as informações que envolvem a cobrança devem ser encaminhadas diretamente para a instituição financeira. Assim, o registro dos dados deve ser obrigatório para a confirmação do pagamento.

Normalmente, os dados solicitados são a identificação do pagador e do emissor, CPF ou CPNJ de ambos, endereço completo, quais foram os serviços ou produtos, valor da transação, data de vencimento e configuração de multas e juros, caso sejam aplicados.

Se por um acaso alguma modificação for realizada, recomenda-se entrar em contato diretamente com o banco responsável e fazer a solicitação. Dessa forma, as fraudes e golpes são menos frequentes.

Vale destacar também os cuidados com os boletos não registrados. Mas o que é boleto não registrado? Basicamente, esse tipo de boleto não é registrado no sistema da instituição emissora, nesse caso, os bancos.

Dessa forma, o banco não identifica o boleto e só realiza a cobrança dele no momento do pagamento e que, infelizmente, não tem o valor repassado à conta corrente do destinatário. Você não precisa se preocupar tanto com o boleto não registrado, afinal, a Febraban descontinuou a sua utilização.

E quais as vantagens do boleto registrado?

  • Mais credibilidade e segurança para o negócio;
  • Possibilidade de autorizar o débito automático;
  • Possibilidade de emitir uma duplicata em caso de cobrança indevida; entre outras.

Quais são os tipos de boleto registrado?

Sim, existem duas formas de registrar boleto. No tópico a seguir você vai descobrir quais são. Confira!

Instituição bancária

Nessa opção, você vai gerar o boleto e efetuar a remessa diretamente para a agência bancária desejada, ou seja, ela terá todas as informações do título e do devedor. Devendo quitar o pagamento do boleto registrado em qualquer banco ou casa lotérica até a data do vencimento. Após a data final, o pagamento deve ser realizado apenas na agência que o boleto foi emitido.

Câmara interbancária de pagamento (CIP)

A CIP boletos funciona de forma integrada com o SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiros) e conta com uma infraestrutura que atende bancos, instituições financeiras, consórcios, cooperativas de crédito, bandeiras de cartões, entre outros.

A diferença principal é que o boleto registrado, nesse caso, pode ser pago em qualquer banco mesmo que após o vencimento, com atualizações de valor se forem necessárias. Assim, a cobrança é gerada juntamente à FEBRABAN, modernizando o processo de liquidação de boleto para proporcionar mais segurança.

Quem pode emitir boletos registrados?

Pode não parecer, mas qualquer empresa pode e deve emitir boletos registrados, até mesmo pessoas físicas. Isso acaba sendo um processo simples e acessível para qualquer pessoa que queira utilizar esse meio de pagamento.

Uma das vantagens do boleto registrado é que esse tipo de sistema permite a emissão rápida de boletos e, normalmente, o mercado conta com fornecedores que oferecem ótimas opções de plataformas de pagamentos on-line.

Como saber se o boleto foi registrado?

Se você quer saber se um boleto foi registrado, existem alguns pontos em que é preciso ficar atento, assim você não corre o risco de fazer um pagamento errado. Esses pontos são:

  • Observe o código de barras: a sequência que aparece na parte de cima do título deve ser a mesma visualizada na parte debaixo. Vale também verificar os três primeiros números, eles representam o código de quem o emitiu.
  • Verifique como o boleto foi recebido: desconfie se receber um boleto por mensagem em algum aplicativo ou por um número desconhecido por você.
  • Faça uma análise dos dados e do valor: um boleto não registrado muitas vezes conta com informações erradas, tanto em relação aos números dos documentos como ao valor. Por isso, é preciso ler bem o documento assim que o receber.

Não deixe a sua empresa sem sistema de boleto registrado!

Tenha mais controle das suas operações com o boleto registrado. Com ele você pode saber quais são as faturas que já foram emitidas, qual cliente já realizou o pagamento, qual foi o valor pago e com isso você, consequentemente, têm a diminuição de riscos. Afinal, com o registro de boleto na CIP ou no banco esse problema é praticamente nulo.

E para usar esse novo sistema de uma forma eficiente, que tal ter essa função dentro de um software ERP? Com um sistema de gestão empresarial completo você consegue ter acesso a tudo o que precisa com mais agilidade, independente do seu porte ou segmento.

Sem contar que um sistema de gestão ERP oferece várias vantagens para o seu negócio, por exemplo, como ele você consegue a otimização de tempo, informatização de dados, conexão de setores, automatização de procedimentos. Tudo isso com qualidade e segurança.

Se você tem uma empresa de e-commerce e atua com um volume alto de transações, ou quer ter uma organização melhor, adotar uma plataforma de gestão e emissão de boletos pode facilitar o seu dia a dia, principalmente para pagamento de boleto registrado!

Mais segurança para o seu empreendimento

Como você viu até aqui, o boleto registrado é uma das melhores maneiras de garantir a segurança nas transações de pagamento do seu negócio. Com ele, você se certifica que os pagamentos estão em dia, quem ainda está devendo e muito mais.

Vale destacar que essa também é uma forma de diversificar os meios de pagamento na sua empresa e, com isso, atrair ainda mais clientes e consumidores. Afinal, nem todos fazem pagamento com cartão. Com isso, fica evidente que o boleto registrado é a maneira mais segura e confiável para garantir o pagamento dos seus produtos e serviços.

Conte com a Omie na hora de emitir os seus boletos e acompanhe nosso blog para ficar por dentro de assuntos de gestão, tecnologia e finanças!

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Market Share
Descubra o Market Share e como ele é importante para o seu negócio. Entenda o conceito e aprenda a calcular
canais de vendas
Conheça os diferentes canais de vendas e o motivo para criar uma estratégia para eles na sua empresa.
cadeia de valor
Entenda melhor os processos da sua empresa e como eles se relacionam implementando a cadeia de valor.