Como fazer gestão de prestação de serviços?

Entenda como fazer a gestão de prestação de serviços e conheça todas as vantagens de adotar essa prática na sua rotina.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A prestação de serviços é uma área de trabalho muito comum, sendo um dos principais ramos de atuação entre as empresas do país. Ainda, representa um setor complexo e diversificado, no qual as organizações movimentam uma parte significativa do PIB brasileiro.

A atuação nessa área pode ser realizada por empresas de todos os portes, pessoas físicas e também profissionais liberais e autônomos. Um dos pontos principais do setor é o alto índice de competitividade no mercado, o que faz com que os profissionais busquem oferecer soluções diferenciadas, aliadas à inovação, tecnologia e gestão.

Pensando nisso, neste post você vai conhecer pontos indispensáveis para uma boa gestão de prestação de serviços. Aqui, você vai conferir por que ela é importante, quais são as vantagens e verá dicas de como fazer uma boa gestão. Confira!

Por que é importante fazer gestão de prestação de serviços?

Primeiramente, é importante falar sobre o que é a prestação de serviços e a importância deste setor para a economia brasileira. O setor corresponde a cerca de 70% do PIB do país e é o principal gerador de empregos do Brasil. Basicamente, o ramo compreende todos os serviços que se baseiam na troca de conhecimentos ou habilidades, por um pagamento ou ativo financeiro.

Sendo assim, uma boa gestão de prestação de serviços permite que a empresa se diferencie no competitivo mercado de trabalho, oferecendo soluções cada vez mais personalizadas e eficientes para os seus clientes. Além disso, é uma forma de adaptar a organização para as diversas modificações do mercado, garantindo estabilidade e potencial de evolução e crescimento.

Ademais, tal prática permite que a equipe consiga focar em áreas muito importantes para o negócio, como:

  • finanças;
  • análise de mercado;
  • necessidades da equipe;
  • desafios do setor de vendas;
  • qualidade do atendimento.

Portanto, é imprescindível que a equipe de gestores esteja sempre atualizada nas dicas de como fazer uma boa gestão de prestação de serviços, focando sempre na melhora da qualidade dos serviços e na máxima satisfação e aprovação dos clientes.

Vantagens da gestão de prestação de serviços

Além de estimular a boa experiência de compra e satisfação do cliente, a gestão de prestação de serviços permite que a empresa foque em oferecer serviços de qualidade, com aumento da produtividade geral da equipe e elaboração de planejamentos mais efetivos e estratégicos.

Dessa forma, o cliente percebe uma redução de custos gerais no ambiente de trabalho, otimização de processos, resultados satisfatórios e uma crescente escalabilidade para o negócio. Nesse cenário, é natural que a equipe de gestores e colaboradores ganhe cada vez mais autonomia para executar as diversas estratégias de crescimento.

Entenda como fazer a gestão de prestação de serviços

Devido a seu caráter interligado e forma de atuação, a gestão de empresas prestadoras de serviços é muito diferente da gestão de empresas do comércio. Por não envolver mercadorias ou bens físicos, e sim soluções, usos ou experiências, normalmente as empresas dessa área lidam com receitas de maior variabilidade e dificuldade em precificar o trabalho.

Para evitar esse tipo de problema, é essencial seguir alguns passos no momento de fazer a gestão de prestação de serviços. Primeiramente, é necessário definir qual será o tipo de serviço oferecido, o porte da empresa (MEI, microempresa etc.), o regime de tributação e a natureza jurídica do negócio. Ao mesmo tempo, para abrir a empresa é essencial ficar atento nos pontos a seguir.

Analise os custos do seu negócio

É importante analisar e incluir os vários custos que envolvem a prestação de serviços. Assim, é possível contabilizar todas as despesas da empresa e manter uma boa saúde financeira dos negócios. Mantenha os diferentes tipos de custo atualizados, como:

  • Custos fixos: as despesas comuns ao funcionamento da empresa, tais como aluguel do espaço, contas de consumo, salários e direitos trabalhistas da equipe, seguros, parcelas de empréstimos etc.;
  • Custos variáveis: custos que variam de acordo com a demanda recebida pela empresa, como comissões, manutenção dos equipamentos, impostos por serviços prestados, custos com fornecedores etc.;
  • Custos de serviços: gastos que envolvem a realização do serviço em si, tais como as horas trabalhadas na resolução do problema, custos de deslocamento e transporte dos funcionários, além de materiais utilizados.

Busque o sucesso do seu cliente

Neste ponto, é essencial conhecer quais são os principais problemas do cliente e as reais necessidades do público-alvo. Dessa forma, é possível perceber qual é o tipo de solução necessária e elaborar estratégias que possibilitem alcançar o resultado esperado.

Para isso, contar com uma equipe preparada, capacitada e comprometida com os objetivos do negócio faz toda a diferença. Ainda, é essencial priorizar o contato pós-venda, tendo a certeza que os resultados alcançados foram os esperados.

Cuidado com a precificação

Além de considerar todos os custos que envolvem a oferta do serviço, também é importante determinar a margem de lucro esperada e a percepção de valor do cliente. Assim, o cliente precisa ter uma visão clara de que o preço cobrado pela sua empresa é compatível com as metas e resultados alcançados.

Para isso, busque estratégias para definir o preço dos serviços considerando todas as áreas da empresa, a fim de atingir um equilíbrio entre valor, preço e margem de lucro.

Tenha uma proposta comercial bem elaborada

A proposta comercial é, normalmente, o primeiro contato mais profundo e analítico do cliente com a sua empresa. Portanto, ela precisa estar bem fundamentada, explicativa e detalhada para que ele possa encontrar a solução que procura.

Monitore seus contratos

O controle de contratos agrupa os registros e informações contratuais importantes, assim como as cláusulas de rescisão, obrigações, prazos de vigência e valores. Desse modo, mantenha esses documentos sempre ao alcance, para que possam ser facilmente acessados. Assim, o processo de receber novos clientes também é facilitado.

Reajuste seus contratos regularmente

O reajuste dos contratos possibilita o acompanhamento da inflação e a manutenção da margem de lucro obtida. Entretanto, este tópico causa muitas desavenças entre os clientes e os prestadores de serviços, seja por falta de comunicação clara ou compreensão da necessidade do ajuste.

Apesar de haver o consenso que os contratos podem ser reajustados anualmente, nem sempre essa alteração é bem recebida pelos clientes. De toda forma, é importante fazer esse acompanhamento constante, permitindo a manutenção da saúde financeira da empresa.

Use um sistema de gestão

Acompanhar o avanço da tecnologia e incluir ferramentas e soluções tecnológicas ajuda a atingir resultados positivos. Hoje, o excesso de burocracia, avaliação dos impostos e acompanhamento das movimentações financeiras demandam muito tempo dos empreendedores.

Por isso, soluções como um sistema de gestão online buscam gerenciar as diferentes áreas comerciais e otimizar esses processos, possibilitando mais tempo disponível para atividades mais estratégicas dentro da organização, como a prospecção de clientes.

Aumente os seus lucros com a gestão de prestação de serviços

Aqui, você entendeu um pouco mais sobre a importância da gestão de prestação de serviços, suas vantagens, como aplicá-la no seu negócio e como ela pode ser fundamental para o aumento de produtividade e dos lucros.

Empresas prestadoras de serviço devem manter essa prática como uma tarefa recorrente no dia a dia da organização, focando na estabilidade e no crescimento do negócio. Ter uma visão ampla das necessidades do cliente e saber oferecer soluções específicas para cada caso agrega valor e qualidade ao serviço oferecido.

Por fim, é necessário acompanhar as evoluções do mercado e aproveitar todo o potencial que a tecnologia pode oferecer para facilitar a rotina de trabalho. As plataformas da Omie para prestação de serviço oferecem soluções personalizadas, integração dos setores e uma gestão completa sobre todos os detalhes do negócio. Mantenha-se informado!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 60
Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
A importância da gestão comercial
Saiba mais sobre a gestão comercial, como ela funciona, sua importância e porque o seu negócio deve adotar essa prática.
o que é packing: mulher segurando caixa em esteira
Packing eficiente é a chave para melhorar suas entregas. Entenda como ele funciona na logística e veja como otimizar suas
gestão financeira para MEI
Descubra a importância de uma gestão financeira para MEI para aumentar a eficiência do seu empreendimento. Aprenda como fazer e