Gestão estratégica: entenda o conceito e como aplicar na sua empresa

Já ouviu falar em gestão estratégica? Entenda o conceito e como usar a favor da sua empresa para garantir ótimos resultados e alcançar metas e objetivos.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Ter a definição de metas a alcançar de uma empresa, faz com que todos os setores tenham fluidez e otimização dos processos. Por isso, fazer a gestão estratégica de um negócio ou de pessoas é tão importante para o planejamento ser feito com sucesso.

A gestão estratégica é o processo de formulação, implementação e monitoramento de estratégias para alcançar objetivos, tanto para seu negócio como para pessoas. Ela é essencial porque direciona a empresa, alinhando recursos e ações com metas de longo prazo.

Falando assim, parece até meio difícil acreditar que existem empresas que não atuam com a gestão estratégica empresarial. Porém, ainda é a realidade de muitos negócios. Continue a leitura e saiba o que é a gestão estratégica em detalhes!

O que é gestão estratégica? 

De forma direta: gestão estratégica é um conjunto de práticas que aprimora a administração de um negócio, otimizando recursos para atingir metas e objetivos específicos.

Ela envolve a análise detalhada do ambiente interno e externo, o estabelecimento de diretrizes claras, a alocação eficiente de recursos e o monitoramento constante do progresso. 

Essa abordagem permite que as organizações se adaptem às mudanças por meio da gestão estratégica de pessoas e negócios.

Além disso, ela é um meio de auxiliar na tomada de decisões informadas, maximizando oportunidades e mitigando riscos. Isso permite que as empresas se adaptem em um ambiente competitivo, alcancem resultados sustentáveis e garantam uma posição sólida no mercado.

Portanto, a gestão estratégica de negócios e pessoas envolve uma série de análises do ambiente corporativo e da própria organização, como a análise SWOT, além de acompanhamento de como a organização se posiciona no mercado em comparação aos concorrentes.

Quais são as características da gestão estratégica?  

De forma geral, as características da gestão estratégica são:

  • análise abrangente: avaliação profunda do ambiente interno e externo;
  • metas claras: definição de objetivos específicos e mensuráveis;
  • alocação eficiente: distribuição de recursos de forma otimizada;
  • tomada de decisão informada: baseada em dados e projeções;
  • adaptação contínua: flexibilidade para responder a mudanças;
  • monitoramento constante: acompanhamento regular do progresso;
  • alinhamento organizacional: unificação de esforços em direção às metas;
  • inovação estratégica: busca por vantagem competitiva sustentável;
  • gerenciamento de riscos: identificação e mitigação de ameaças;
  • foco no longo prazo: orientação para resultados sustentáveis.

Alguns empreendedores podem se enquadrar na gestão estratégica de franquias. É importante seguir o panorama acima, mas adaptá-lo para sua realidade. 

Por exemplo: ao olhar para as metas, muitas vezes, já serão firmadas pela unidade central, então, um foco pode ser a forma de atingi-la conforme as características do local no qual a franquia se encontra.

Quais são os tipos de gestão estratégica? 

Existem 4 principais tipos de gestão estratégica: 

  • Estratégia de sobrevivência: centrada na adaptação e enfrentamento de crises;
  • Estratégia de manutenção: visa a estabilidade, sem grandes mudanças;
  • Estratégia de crescimento: busca ampliar operações e mercado;
  • Estratégia de desenvolvimento: foca na inovação e expansão em áreas de crescimento.

Mas, o que cada uma delas quer dizer? Veja!

Estratégia de sobrevivência

Essa abordagem concentra-se em enfrentar desafios extremos, como crises econômicas ou mudanças abruptas no mercado. 

Prioriza a adaptação, corte de custos e manutenção das operações essenciais para garantir a continuidade do negócio.

Estratégia de manutenção

Nesse tipo, a organização busca a estabilidade operacional e a manutenção das operações atuais. 

A ênfase está na eficiência, na otimização de processos e na melhoria contínua, sem grandes expansões ou inovações disruptivas.

Estratégia de crescimento

Aqui, o foco é expandir o alcance da empresa, seja por meio de aumentos nas vendas, entrada em novos mercados ou aquisição de concorrentes.

 Essa abordagem envolve riscos calculados e investimentos para capturar novas oportunidades.

Estratégia de Desenvolvimento

A estratégia de desenvolvimento busca a inovação e a diversificação, explorando novos produtos, serviços ou mercados. 

Ela envolve investimentos em pesquisa e desenvolvimento, bem como a expansão para áreas relacionadas ao core business, visando à renovação constante da oferta da empresa.

Quais são as ferramentas de gestão estratégica?   

Para implantar a gestão estratégica, é crucial envolver a alta administração, definir metas claras e comunicá-las a toda equipe. 

Alocar recursos, monitorar o progresso regularmente e adaptar estratégias conforme necessário garantem a eficácia dessa implementação e a busca bem-sucedida de objetivos organizacionais por meio das ferramentas para gestão empresarial.

Matriz Swot

A Matriz Swot tem como principais pontos atuar para: 

  • identificar potencial estratégico e analisar posicionamento;
  • avaliar fatores externos (ameaças e oportunidades) e internos (forças e fraquezas);
  • planejar objetivos, metas e prazos com revisão de políticas;
  • traçar missão, visão e valores como guia;
  • antecipar problemas com alternativas;
  • analisar do que funcionou e revisão na implementação.

A análise SWOT oferece uma visão abrangente do ambiente empresarial, destacando forças internas e externas, fraquezas, oportunidades e ameaças. Isso ajuda na formulação de estratégias bem fundamentadas. 

Afinal, oportunidades indicam áreas promissoras para expansão, enquanto ameaças sinalizam riscos a serem mitigados. Essa análise embasa tomadas de decisões informadas, ajuda a direcionar recursos e a alcançar objetivos organizacionais de maneira mais eficaz.

FOFA

A Matriz FOFA oferece uma análise estratégica abrangente para empresas:

  • Forças: identifica vantagens competitivas;
  • Oportunidades: aponta áreas de crescimento;
  • Fraquezas: revela áreas para melhoria;
  • Ameaças: destaca riscos a serem enfrentados.

Ao compreender esses aspectos, as organizações podem planejar estratégias direcionadas, alavancar seus pontos fortes, minimizar vulnerabilidades e explorar oportunidades emergentes, resultando em decisões informadas e uma posição competitiva sólida.

Ciclo PDCA

O ciclo PDCA é uma ferramenta de melhoria contínua pautada nos pilares a seguir:

  • Planejar: definir metas e estratégias.
  • Executar: implementar o planejado.
  • Verificar: avaliar resultados e comparar com as metas.
  • Agir: ajustar o que for necessário.

Esse ciclo promove a otimização dos processos, identifica problemas e impulsiona a excelência operacional.

Canvas

O Business Model Canvas é uma ferramenta visual para planejar modelos de negócios:

  • segmentos de cliente: identifica quem são os clientes-alvo.
  • proposta de valor: descreve o valor oferecido aos clientes.
  • canais de distribuição: como o produto ou serviço chega aos clientes.
  • relacionamento com o cliente: aborda a interação com os clientes.

Esses componentes, com outras áreas como fontes de receita, recursos-chave e parcerias-chave, formam uma visão holística do modelo de negócios, facilitando a estratégia e inovação.

Vantagens de aplicar a gestão estratégica

Sejam pequenas ou grandes empresas, ambas podem se beneficiar das práticas de gestão estratégica, tanto para negócios como para pessoas. E com isso, o crescimento acaba se tornando mais acelerado se feito de forma correta.

Dessa forma, é possível saber quais são os principais indicadores de venda e falhas que podem acontecer, o que consequentemente auxilia na antecipação de problemas.

Por isso, dentre os benefícios da gestão estratégica podemos citar:

1. Empresas proativas e não reativas

Ter um planejamento e gestão estratégicas podem ser o ponto alto para deixar a sua empresa mais proativa em diversas situações.

Documentar de forma espontânea todos os processos e planejamentos faz com que seja mais fácil prever o que vai acontecer no futuro, e assim, ter mais preparação diante dos problemas em sua gestão estratégica de pessoas ou negócios.

Ou seja, sabe aquelas tendências de mercado que pode ser um grande insight para a sua empresa? Ele se torna mais fácil de se adequar às mudanças do mercado e manter sempre um passo à frente nas empresas concorrentes.

2. Estabelecer senso de direção

O senso de direção em uma gestão estratégica faz com que as metas e objetivos sejam realistas e conforme a missão e visão traçadas pela organização.

Dessa forma, tudo é feito segundo os limites e objetivos estabelecidos. Já que esse tipo de planejamento faz com que se tenha uma base sólida que ajuda a empresa a crescer e avaliar o seu desenvolvimento.

3. Desenvolvimento e aumento da eficiência operacional

Já pensou ter um roteiro para todas as atividades da organização para atingir as metas com exatidão e excelência? É com esse tópico que a organização se torna capaz de orientar variadas discussões e tomadas de decisões, o que consequentemente aumenta a eficiência da operação.

4. Market share e lucros

Com um olhar especial para market share e lucros é possível ter informações fundamentais sobre as tendências e inovações do mercado. 

Além disso, ter uma abordagem correta e segundo o público alvo pode reduzir o esforço das vendas e proporcionar resultados incríveis, que acabam refletindo nos lucros da empresa.

5. Maior durabilidade aos negócios

De acordo com dados de 2023 do Mapa de Empresas do Governo, houve um aumento de 34,3% no fechamento de empresas entre janeiro e abril deste ano, comparado ao mesmo período de 2022. 

Para se manter ativa, é importante que a gestão estratégica de negócios foque em pontos como:

  • Entender como o crescimento inicial pode levar a problemas futuros;
  • Trabalhar uma base sólida e foco como objetivos foco em sua estratégia;
  • Saber se diferenciar dos concorrentes em atendimento, produtos ou serviços.

Banner CTA

Outras dúvidas sobre gestão estratégica

Neste conteúdo, abordamos benefícios e características da gestão estratégica. Porém, para aplicá-la da melhor forma, é preciso dominar o assunto. Confira outras dúvidas frequentes:

Qual é a importância da gestão estratégica?

A gestão estratégica é crucial para guiar organizações rumo a metas e resultados eficazes. Ela ajuda a direcionar recursos, identificar oportunidades e riscos, adaptar-se a mudanças e otimizar processos. 

Pensando em sua importância, ela ainda permite uma abordagem informada e proativa, mantendo a competitividade e a sustentabilidade no mercado dinâmico.

Quais são as etapas de um processo de gestão estratégica?

Um processo de gestão de negócios de forma estratégica envolve 5 etapas

  1. Análise do ambiente interno e externo;
  2. Definição de metas e objetivos claros;
  3. Formulação de estratégias;
  4. Implementação de ferramentas e recursos;
  5. Monitoramento contínuo e ajustes conforme necessário. 

Essas etapas garantem a eficácia das ações e a adaptação às mudanças do mercado.

Quais são as ações estratégicas da gestão de pessoas? 

As ações estratégicas da gestão de pessoas englobam recrutamento eficaz, desenvolvimento de habilidades, retenção de talentos, promoção de cultura organizacional positiva, avaliação de desempenho, incentivos e políticas de equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. 

Essas estratégias visam otimizar o desempenho dos colaboradores e alcançar objetivos organizacionais.

A Omie está aqui para otimizar e ampliar seus resultados empresariais! Nosso sistema de gestão é super intuitivo, se ajusta ao porte do seu negócio e cabe no seu bolso. Além disso, te oferecemos educação empreendedora de primeira, treinamentos exclusivos e crédito facilitado. 

E tem mais: você ganha acesso à educação empreendedora, treinamentos exclusivos e crédito facilitado. Saiba mais sobre o sistema de gestão, o que é e por que usar na sua empresa.

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
EFD-Reinf
EFD-Reinf: confira o que é, quais são as mudanças para 2024 e como ficar dentro da conformidade.
a importância de gestão de custos
Confira o que é gestão de custos, como diferenciar custos fixos e variáveis e como melhorar lucratividade e a eficiência
tabela icms
O ICMS é um tributo fundamental e pode afetar o seu negócio. Confira a tabela 2024 atualizada com os valores