ICMS: o que é, quem precisa pagar e como calcular? Tabela atualizada!

O ICMS é um tributo fundamental e pode afetar o seu negócio. Confira a tabela 2024 atualizada com os valores de origem e destino.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O cálculo ICMS é algo que faz parte da vida de todo empreendedor e gera dúvidas. Este é um imposto que incide sobre a circulação de mercadorias e serviços em todo o território nacional. 

A seguir, entenda quem está sujeito ao pagamento do ICMS e como calcular o montante devido torna-se fundamental para empresários, contadores e demais profissionais que atuam no universo fiscal, impactando as transações comerciais. Confira.

Banner conheça o sistema - gestão online

O que é ICMS?

ICMS é a sigla para Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação, cobrado sobre a venda de produtos e determinados serviços, auxiliando os estados a arrecadar dinheiro para financiar serviços públicos. 

O valor do ICMS é adicionado ao preço final do produto ou serviço que você compra. Cada estado tem suas próprias regras e taxas de ICMS, mas devem ser observadas as normas gerais estabelecidas na Constituição Federal e na Lei Complementar nº 87/1996.

O imposto ICMS incide quando um produto ou serviço tributável circula entre cidades e estados, ou de pessoas jurídicas para pessoas físicas, sendo aplicado tanto em bens produzidos no Brasil quanto em bens importados.

Ademais, é destinado a gerar recursos para os estados brasileiros promoverem diversas melhorias em serviços essenciais, como:

  • Segurança;
  • Saúde;
  • Educação;
  • Custeio da máquina pública.

Em 2023, só no estado de São Paulo, o valor total arrecadado de ICMS chegou a R$ 386 milhões.

Como calcular o valor do ICMS?

Aprenda, de forma simples, como calcular imposto ICMS usando um exemplo do dia a dia.

Imagine que você comprou um celular por R$ 1.000 e a taxa de ICMS é 18%. Queremos descobrir quanto será a apuração do ICMS adicionada ao preço do celular. Para isso, considere o passo a passo:

  • Passo 1: Encontre a porcentagem do ICMS (18%) em forma decimal. Basta dividir a porcentagem por 100: 18% ÷ 100 = 0,18.
  • Passo 2: Multiplique o preço do celular pelo valor decimal da porcentagem do ICMS: R$ 1.000 × 0,18 = R$ 180.

Portanto, o valor do ICMS a ser adicionado ao preço do celular é de R$ 180. Agora, somamos esse valor ao preço inicial do celular:

Preço do celular: R$ 1.000 Valor do ICMS: + R$ 180 Total a pagar: R$ 1.000 + R$ 180 = R$ 1.180.

Assim, se o celular custa R$ 1.000 e a taxa de ICMS é 18%, o valor total que você pagaria, incluindo o ICMS, seria R$ 1.180. 

Ficou mais claro? Mas, atenção, pois nem todo cálculo de imposto é tão simples. Considere ajuda de ferramentas apropriadas e profissionais qualificados em outros casos mais complexos. 

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Quem precisa pagar o ICMS?

Empresas e pessoas que vendem produtos ou serviços específicos de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação. Praticamente todas as operações de venda e importação de produtos e transportes incidem no ICMS e devem pagar o imposto. 

Qualquer pessoa, seja física ou jurídica, que participa da cadeia de circulação e compra de um produto ou serviço, é considerada contribuinte. 

A incidência do ICMS se aplica quando o dono ou titular do produto ou serviço passa a posse deste para o comprador, seja ele pessoa física ou jurídica. 

O imposto então é cobrado quando a mercadoria é vendida ou o serviço é prestado e o consumidor passa a ser titular do produto ou atividade.

Este imposto se aplica sobre a maioria das operações em diversos itens e setores, como: 

  • Indústria;
  • Comércio;
  • Medicamentos;
  • Bebidas e alimentos;
  • Combustíveis;
  • Serviços de transporte interestadual e intermunicipal;
  • Prestação de serviços de telecomunicação;
  • Importação de mercadorias, mesmo que para consumo próprio.

Para estar apta a realizar o pagamento do imposto, a empresa deve adquirir uma Inscrição Estadual (IE) após se cadastrar na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) do estado de atuação do negócio.

Quem não precisa pagar o ICMS?

Pessoas físicas não precisam pagar separadamente o ICMS, visto que ele já está incluso no preço que você paga. As empresas são responsáveis por repassar esse dinheiro para o governo.

Também as seguintes atividades não se enquadram na aplicação da cobrança do imposto:

  • Comércio e a circulação de jornais, livros, periódicos e o papel destinado à impressão;
  • Exportação de mercadorias e de produtos primários e industrializados semi-elaborados;
  • Produção de energia e combustíveis;
  • Atividades ligadas ao ouro quando definido como ativo financeiro ou como instrumento cambial;
  • Operações com arrendamento mercantil e transferência de bens imóveis;
  • Operações de hortifrutigranjeiros embalados ou resfriados;
  • Compra de veículos por taxistas;
  • Compra de veículos adaptados para pessoas com deficiência.

Tabela de Alíquotas do ICMS 2024

Muitos Estados junto com o Distrito Federal aumentaram as alíquotas do ICMS para 2024. 

Esta é Tabela de Alíquotas nas operações interestaduais.

ICMS: tabela de alíquota por origem e destino

E estas são as atualizações dos estados, referentes às alíquotas internas:

 

Estado Alíquotas de/para Vigência
          Ceará De 18% para 20% 01.01.2024
Distrito Federal De 18% para 20% 21.01.2024
Paraíba De 18% para 20% 01.01.2024
Pernambuco De 18% para 20,5% 01.01.2024
Rio Grande do Norte De 20% para 18% 01.01.2024
Rondônia De 20% para 18% 01.01.2024
Tocantins De 18% para 20% 01.01.2024 (ADI 7375)

 

Aqui está um passo a passo simples de como usar a tabela de ICMS:

  1. Identifique o produto ou serviço: saiba qual é o produto ou serviço que você está comprando ou vendendo;
  2. Encontre a classificação: na tabela, localize a classificação correspondente ao produto ou serviço (geralmente, isso envolve procurar uma descrição que se monte ao que você está lidando).
  3. Identifique o estado: saiba em qual estado você está localizado e em qual estado realizou a operação (venda ou compra).
  4. Encontre a alíquota: na tabela, localize o estado de origem e a alíquota correspondente à classificação do produto ou serviço.
  5. Identifique o estado de destino (para operações interestaduais): se uma operação for interestadual, identificar o estado de destino e encontrar alíquota interna desse estado.
  6. Cálculo do ICMS: se a operação for interna, multiplique o valor da compra ou venda pela alíquota encontrada; se a operação for interestadual, observe o valor encontrado na junção da linha origem com a coluna de destino.
  7. Inclua o valor no preço: se você está vendendo, adicione o valor calculado de ICMS ao preço do produto ou serviço; se está comprando, prepare-se para pagar o valor calculado de ICMS no momento da compra.
  8. Mantenha-se atualizado: como as regras e alíquotas podem mudar, certifique-se de verificar a tabela de ICMS regularmente, especialmente antes de grandes transações.

Lembre-se de que a tabela ICMS 2024 é específica para cada estado, então certifique-se de usar a tabela do estado relevante para sua operação.

Leia também: O que são Impostos sobre Produtos Importados? Tipos e como funciona

Mantenha-se no futuro

Para não sofrer nenhuma consequência legal e se manter em dia com as obrigações tributárias e fiscais, mantenha-se sempre atualizado e conte com a tecnologia.

Ferramentas de integração como nosso sistema ERP permitem ter total controle dos dados, valores e alíquotas de impostos aplicadas aos seus produtos e repassadas aos clientes. Ganhe mais produtividade, comece hoje mesmo, sem burocracia. Experimente grátis!

banner cta empreendedor

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
pessoa segurando folha de pagamento de papel
Saiba como funciona a folha de pagamento, aprenda os itens necessários e como otimizar a sua folha empresarial.
Conheça a cnae: homem e mulher a frente de notebook
Aprenda como consultar e classificar corretamente sua empresa conforme suas atividades com o CNAE.
IPI - Imposto Sobre Produtos Industrializados
Descubra o que é IPI, como ele impacta seu negócio e como calculá-lo corretamente.