Metodologias ágeis: o que são e como aplicá-las?

Veja como as metodologias ágeis podem impactar positivamente o seu negócio e ajudar na produtividade. Aprenda como aplicá-las.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A forma como os colaboradores de uma empresa lidam com as tarefas diárias influenciam diretamente no resultado final e nas metas. Manter uma equipe alinhada até o final de um projeto é um grande desafio. Essa união é necessária para que haja coerência da entrega com o que foi proposto. Aqui entram as metodologias ágeis para otimizar todo o processo, mantendo a qualidade das entregas.

Cada vez mais empresas estão procurando por métodos ágeis para tornar as etapas mais assertivas e menos desgastantes, afinal, os tempos mudaram e, com eles, as demandas.

Se você deseja ver esses resultados no dia a dia da sua empresa, continue a leitura e conheça 4 metodologias e como colocá-las em prática. Boa leitura!

O que são metodologias ágeis?

A metodologia ágil é a junção de práticas eficazes e assertivas, cujo objetivo é tornar a entrega de produtos de alta qualidade mais rápida, utilizando uma abordagem de negócios para alinhar os objetivos e a missão da empresa ao desenvolvimento do projeto e às necessidades do cliente, como uma ponte de interesses e metas.

As origens da metodologia ágil estão na área de Tecnologia da Informação, quando profissionais do setor diagnosticaram a falta de integração entre as etapas da criação de um projeto.

Era preciso sanar os problemas corriqueiros das empresas que precisavam gerir projetos, mas se perdiam nas longas etapas de produção e entregas sem prazos definidos. Tudo isso gerava ruído na comunicação entre as equipes, causando o desalinhamento com clientes e fornecedores.

Assim, no começo de 2001, em Utah, nos Estados Unidos, um seleto grupo de 17 desenvolvedores se uniu para discutir maneiras de desenvolvimento menos sufocantes, de acordo com as suas experiências.

Esse grupo assinou um documento chamado Manifesto para o Desenvolvimento Ágil de Software ou Manifesto for Agile Software Development.

Os objetivos dessas metodologias defendem que a empresa deve buscar a satisfação do cliente por meio das contínuas entregas de qualidade e agregar valor, melhorando a comunicação entre todos os colaboradores de uma equipe.

Sua estrutura consiste na organização do desenvolvimento do projeto em pequenos ciclos rápidos e entregas aprimoradas.

4 pilares da metodologia ágil

A metodologia ágil baseia-se em 4 pilares para um fluxo de trabalho mais flexível, planejado e organizado, resultando em mais praticidade e agilidade. São eles:

1. Praticidade nos processos: os softwares em funcionamento são considerados mais que documentação abrangente.

2. Comunicação assertiva: pessoas e interações valem mais que processos e ferramentas.

3. Alinhamento de expectativas: a colaboração com o cliente deve ser mais que a negociação de contratos.

4. Adaptabilidade e flexibilidade: reagir às mudanças é muito mais que só seguir um plano.

Os impactos das metodologias ágeis em empresas

A frequente realização de testes nas etapas de um processo irá garantir um resultado mais eficaz. Veja, a seguir, algumas vantagens dos métodos ágeis.

Agilidade de processos

Com uma execução eficiente, todo o processo fica mais rápido. Dessa forma, as entregas também são agilizadas com transparência e objetividade, indo direto ao ponto, com foco no diferencial ao cliente.

Projetos mais organizados

Com a dinâmica da metodologia ágil, os processos se descomplicam e ficam mais organizados. Com o envolvimento de todos da equipe de forma clara, o resultado é satisfatório.

Redução de custos

A aplicação da metodologia ágil identifica os desperdícios, eliminando-os de vez e, com isso, ocorre a redução de custos extras indevidos.

Redução de riscos

Com uma gestão ágil, a empresa consegue repensar as suas prioridades, realizando mudanças mais flexíveis e ponderadas, concentrando-se nos prazos. Conforme um cronograma predefinido do projeto, os riscos são reduzidos.

Otimização de esforços

Diante do encurtamento de tarefas que desperdiçam tempo, a otimização de esforços é garantida estrategicamente, aumentando a eficiência das equipes e de cada colaborador em particular.

Entregas melhores

Com todos seus pilares alinhados, os processos se tornam mais fluidos, e o resultado final sempre será uma melhoria nas entregas, de forma padronizada e com alta qualidade.

Maior produtividade

Com uma metodologia ativa, uma comunicação entre departamentos e o compartilhamento de informações mais objetivo e acessível, ocorre um aumento de produtividade de todos da equipe.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Como colocar em prática o método ágil?

Agora, chegamos à parte mais importante: abordaremos os tipos da metodologia ágil e seus benefícios. Confira a seguir como colocá-los em prática em seu negócio.

Kanban

De origem japonesa, a palavra kanban significa “conceito de tempo” ou just in time. A base desse método são checklists, possibilitando uma visão ampla de todo o projeto que está sendo executado. É uma metodologia ágil e muito simples de ser aplicada. Isso facilita sua implementação, que é muito adaptável a todos os modelos de negócios.

Seu foco é buscar evolução, e não revolução. Por isso, permite visualizar os processos de forma organizada e clara. Para utilizá-la, é necessário criar uma tabela ou um quadro com as seguintes divisões:

  • To Do: coloque as atividades que ainda precisam ser realizadas.
  • Doing: aqui ficam as atividades que estão sendo executadas.
  • Done: aqui as atividades já finalizadas, passadas pela avaliação e aprovação da equipe.

Conforme as entregas vão evoluindo, a tabela precisa ser mudada e atualizada. Assim como quando uma nova tarefa precisa ser executada, um novo cartão deve ser criado.

Benefícios:

  • mantém o ritmo sustentável da produção;
  • reduz atrasos na entrega do processo;
  • possibilita a visualização de todas as tarefas de um projeto de forma clara;
  • permite limitar a quantidade de tarefas em execução.

Scrum

O método Scrum é um dos mais conhecidos. Para utilizá-lo com eficiência, é preciso que o gestor tenha ampla compreensão sobre a sua equipe e mantenha os papéis de cada um bem definidos.

Aqui, é necessário haver um representante do cliente em sua equipe, pois é ele quem criará as listas de prioridades, conhecida como backlog, que irão garantir um excelente resultado na entrega do produto ou serviço.

Dessa forma, as tarefas são distribuídas entre o time, com os intervalos de tempo de desenvolvimento de cada tarefa conhecidos como sprints. Esses intervalos são definidos para não durar mais que trinta dias, ou quatro semanas. Ao finalizar cada etapa, precisa haver uma revisão do produto para validação. Somente após esse processo é que a equipe inicia o próximo sprint.

Benefícios:

  • transparência no projeto;
  • clareza do que será desenvolvido por todos os componentes da equipe;
  • possibilidade de reorganizar as prioridades, dando mais atenção aos sprints ainda não concluídos.

Lean

Difundido entre as startups, o método Lean é indicado para os projetos objetivos e reduzidos. Isso porque seu objetivo é identificar e eliminar os desperdícios dentro da empresa ou em um projeto específico, de forma eficiente e rápida.

Assim, ocorre a redução de custos, já que as entregas são otimizadas e a produtividade da equipe tem um aumento considerável. Isso possibilita informações claras e quase nenhum custo extra.

O Lean é constituído por três fases:

  • construir;
  • medir;
  • aprender.

Benefícios:

  • possibilita a exclusão de atividades desnecessárias no processo de execução;
  • economiza verba;
  • otimiza o tempo de execução;
  • possui metodologia facilmente escalável e adaptável a todo e qualquer projeto.

Metas smart

Essa metodologia é uma alternativa para a criação de projetos realistas e possíveis de ser concebidos por sua empresa. As metas smart baseiam-se em cinco princípios, pelas letras do seu nome. Veja:

  • S: refere-se a specific, ou seja, sua meta precisa ser específica e atingir um ponto por vez, reduzindo interpretações erradas.
  • M: refere-se a measurable, ou seja, sua meta deve ser mensurável para a melhor eficiência do projeto.
  • A: refere-se a attainable, ou seja, toda meta estabelecida deve ser desafiadora ao time e, ao mesmo tempo, alcançável.
  • R: refere-se a relevant, ou seja, as metas estabelecidas precisam ser relevantes para o resultado final do processo e para a empresa.
  • T: refere-se a time-related, ou seja, um prazo limite deve ser definido para que o projeto seja entregue, de modo que o time trabalhe com foco total.

Benefícios:

  • permite clareza, motivação e foco para a execução do projeto;
  • otimiza a viabilidade e capacidade para alcançar os resultados;
  • incentiva as equipes segundo seus critérios alcançáveis;
  • possibilita prazos realistas.

Coloque sua empresa no foco

Agora que vimos o que são metodologias ágeis e como sua utilização é vital para o sucesso de uma empresa, prepare-se para escolher qual delas está de acordo com os objetivos do seu negócio. Afinal, para uma gestão ágil e eficiente, é necessário organização dos seus processos. Além disso, eles precisam estar de acordo com o seu calendário de planejamento.

Cuidar de tantas demandas é complicado. Para ajudá-lo, existe o sistema ERP Omie, totalmente online e de rápida implementação, para você gerir com facilidade todas as etapas em uma única plataforma. Solicite uma proposta hoje mesmo e coloque sua empresa no foco com a Omie!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 146
Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Sociedade Anônima: sócios conversando ao redor de mesa
Entenda como se organiza uma Sociedade Anônima e saiba quais as características desse tipo de empresa. Tire suas dúvidas com
nome fantasia: casal em frente a notebook
Saiba o que é e como escolher o nome fantasia adequado para sua empresa.
como manter os clientes engajados
Entenda a importância de durante o processo de implementação de um novo produto ou serviço manter os clientes engajados e