Modelagem Financeira: o que é, como funciona e vantagens

Com a modelagem financeira, o empreendedor sabe qual caminho seguir e quais estratégias adotar para o crescimento do negócio.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Todo negócio envolve riscos, então como obter informações concretas para dar os próximos passos com segurança? Nessa hora, é preciso usar a modelagem financeira, método que permite fazer previsões de médio e longo prazo e apoiar a tomada de decisão do gestor.

Mas, afinal, o que é modelagem financeira de empresas e como ela funciona? Veja as respostas neste artigo e entenda ainda as vantagens de utilizar essa ferramenta para guiar as ações no seu empreendimento.

Bannner para conhecer o sistema

O que é Modelagem Financeira?

A modelagem financeira é um método que permite analisar a situação atual da empresa e fazer projeções sobre o desempenho do negócio no futuro. Ela engloba, dessa forma, análises complexas que permitem entender o panorama a longo prazo e gerenciar riscos.

Com essas análises, o empreendedor pode saber se é o momento certo para expandir seu negócio ou para investir em novos equipamentos, por exemplo. Isso é possível, pois a modelagem financeira possibilita projetar a performance da empresa com dados concretos.

Com ela, é possível gerenciar a empresa com informações mais confiáveis, ou seja, entendendo os cenários futuros, e não fazer a gestão baseada em “achismos” ou intuição.

Além de ser utilizada para a tomada de decisão de gestores, essa técnica também se aplica para a avaliação de investimentos, apontando para o investidor se vale a pena ou não a alocação de recursos em um determinado ativo.

Os investidores podem ainda se valer da ferramenta para avaliar o desempenho de grandes companhias antes de comprar ações, por exemplo.

Como a modelagem financeira funciona?

É uma ferramenta que serve como um relatório financeiro, que avalia o histórico de movimentações, faz o diagnóstico atual da empresa e se baseia em hipóteses para o futuro. Para fazer essas análises, é possível utilizar planilhas ou ainda um software especializado.

Assim, a modelagem econômica financeira se utiliza de números e informações concretas do presente para fazer projeções a longo prazo, identificando riscos e oportunidades. Para isso, a técnica considera as características e especificidades de cada empresa.

A ideia é delinear possibilidades a partir de diferentes variáveis, permitindo saber quais os impactos futuros das decisões tomadas pelo gestor, guiando as ações da empresa, especialmente a gestão de controle financeiro.

Saiba ainda que a modelagem financeira não é aplicada somente para grandes companhias, pode ser utilizada até mesmo por pequenas empresas. Isso porque é uma ferramenta que vai subsidiar as estratégias de crescimento de qualquer negócio.

Afinal, o empreendedor não pode ficar estagnado, concorda? Precisa se destacar da concorrência, ter insights para o seu negócio e saber quais rotas seguir para ter sucesso no mercado.

Onde a modelagem financeira pode ser usada?

Como você viu, a modelagem financeira é um conjunto de técnicas que pode ser utilizada para o empreendedor saber como dar os próximos passos para o crescimento do negócio. Além disso, ela também é de grande importância para:

  • valuation, ou seja, definir o valor de uma empresa para atrair investidores ou para processos de fusão;
  • planejamento estratégico da empresa, permitindo a definição de metas financeiras claras e realistas para o sucesso do negócio;
  • aprimoramento da estrutura e processos da empresa;
  • geração de insights para o gestor;
  • gerenciamento de riscos para o negócio;
  • comparação de empresas de um mesmo segmento para os investidores poderem decidir qual tem mais viabilidade para alocar recursos;
  • lançamento de ações no IPO (initial public offering ou oferta pública inicial), processo em que uma empresa vende ações na Bolsa de Valores pela primeira vez;
  • previsão orçamentária para curto, médio e longo prazo, permitindo fazer a previsão de receitas e despesas futuras;
  • expansão de uma empresa, com análise sobre a viabilidade de abrir uma nova unidade ou explorar um novo nicho, por exemplo;
  • atração de investidores, mostrando o desempenho futuro da empresa;
  • cálculo do ponto de equilíbrio financeiro de uma empresa, permitindo descobrir qual é o mínimo volume de vendas que é preciso ter para cobrir todos os custos.

Passos para a Modelagem Financeira de Empresas

A modelagem financeira envolve fazer análises complexas, considerando informações da empresa e dados da economia e mercado financeiro. Assim, para utilizar essa ferramenta, é essencial seguir alguns passos. Veja abaixo:

  • definição da ferramenta que será utilizada para as análises financeiras, como um software especializado;
  • entendimento claro sobre qual será o objetivo com a modelagem financeira, afinal é um sistema que pode ter diferentes finalidades, como valuation, expansão do negócio, projeção orçamentária, entre outras;
  • compilação de dados, sendo fundamental reunir todas as informações da empresa, como histórico financeiro e detalhes de suas operações. Aqui é preciso ainda reunir indicadores econômicos e outras informações do mercado;
  • identificação de variáveis que afetam a performance da empresa, como custos com produção, gastos operacionais ou outras;
  • levantamento de hipóteses futuras, ou seja, a análise das informações permite desenhar diferentes cenários, mostrando riscos e oportunidades dependendo do tipo de estratégia adotada;
  • implementação de resultados, realizando a tomada de decisão com mais segurança, pois é possível prever soluções e conhecer os melhores caminhos para um crescimento saudável da empresa.

Para fazer a modelagem financeira com mais eficiência, é importante contar com um gerenciador financeiro, tecnologia que permite o acesso rápido a diferentes informações, como fluxo de caixa, demonstrativo de resultados, balanço patrimonial, entre outras.

Vantagens da modelagem financeira 

A modelagem financeira envolve diferentes técnicas, baseadas em métricas financeiras, que podem trazer uma série de benefícios para a empresa, como:

  • auxiliar a organizar o caixa da empresa;
  • permitir uma visualização mais completa das finanças da empresa;
  • prever problemas e antecipar soluções, reduzindo possíveis crises e prejuízos para o negócio;
  • calcular os riscos e retorno de um investimento;
  • tomar decisões com mais confiança e agilidade;
  • atrair parceiros estratégicos para sua empresa.

Outras dúvidas relacionadas a esse tema

Quer entender melhor sobre modelagem financeira? Acompanhe abaixo as respostas para as dúvidas mais recorrentes sobre o tema.

Como é feita uma análise financeira?

A análise financeira é realizada a partir da compilação de dados financeiros da empresa, como fluxo de caixa, demonstrativo de resultados e balanço patrimonial. A ideia é avaliar as informações do presente para prever diferentes cenários futuros para o negócio.

Quais são os modelos de gestão financeira?

Uma empresa pode utilizar diferentes modelos de gestão financeira, como fluxo de caixa, controle de contas a pagar e a receber, gestão de clientes e controle de estoque.

Por que um software de gestão integrada pode ajudar na modelagem financeira?

Como foi falado, a modelagem financeira deve ser realizada com análises complexas, então não é um processo que dá para fazer manualmente. Logo, muita gente pode se valer de planilhas para reunir essas informações e avaliar esses dados.

No entanto, apesar de ser possível fazer as análises dessa maneira, você pode perder muito tempo ou ainda lançar informações erradas. Desse modo, para agilizar a modelagem financeira, o ideal é contar com um sistema de gestão integrado.

Com ele, é possível ter acesso fácil a todas as informações estratégicas da organização, permitindo estudar seu cenário presente para subsidiar previsões futuras e auxiliar o trabalho de gestão.

Quer conhecer a tecnologia certa para auxiliar na gestão financeira da sua empresa? Experimente o sistema ERP e descubra como otimizar a rotina empresarial e definir as melhores estratégias para se destacar no mercado.

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
EFD-Reinf
EFD-Reinf: confira o que é, quais são as mudanças para 2024 e como ficar dentro da conformidade.
a importância de gestão de custos
Confira o que é gestão de custos, como diferenciar custos fixos e variáveis e como melhorar lucratividade e a eficiência
controle financeiro: simbolos de cartão, carrinho, sacola e outros relacionados a finanças
Eleve seus resultados: aprenda a fazer o controle financeiro empresarial do seu negócio e evite os riscos do mercado.