O que é um Gerenciador Financeiro? Como funciona e benefícios

Descubra como um gerenciador financeiro pode otimizar as finanças empresariais. Veja como ele funciona e se vale a pena investir.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A organização financeira é um dos pontos mais importantes para garantir o crescimento saudável de uma empresa. Mas, o que é um gerenciador financeiro e como essa ferramenta ajuda efetivamente no controle de gastos? 

O gerenciador financeiro é quem te ajuda a ter um norte sobre os principais indicadores da saúde do seu negócio. É ele quem vai indicar os pontos de atenção nos momentos corretos, para que você possa tomar medidas estratégicas. 

Entretanto, para isso cabe a você utilizá-lo da maneira correta, abastecendo com as informações necessárias para garantir a organização financeira. 

O que é um gerenciador financeiro?

O gerenciador financeiro é um software que permite ao empresário, ou responsável pelas finanças, o controle financeiro online e completo de modo unificado. 

Por meio dele, é possível administrar todas as atividades, além de acompanhar o fluxo de caixa de qualquer lugar.

Assim, fica mais fácil fazer um controle de gastos efetivo, e ainda ter acesso a relatórios completos das atividades em andamento da sua empresa. Isso te ajuda a identificar as áreas que mais demandam a sua atenção e facilita sua tomada de decisão.

O que faz um gerenciador financeiro? 

Orçamentos, estoques, pedidos de alteração, controle de ponto, faturamento, lucratividade e relatórios para iniciativas comerciais são alguns dos elementos que fazem parte do gerenciador financeiro.

Esse sistema facilita todo o fluxo de caixa da empresa, ajuda no controle dos gastos e faz análise de contas a pagar e receber, além de oferecer muito mais segurança para os negócios, otimizando o tempo dos processos. 

Além disso, ele pode funcionar de qualquer lugar, já que é um sistema em nuvem.

Confira algumas das principais funções do gerenciador financeiro:

  • Estoque;
  • Orçamentos;
  • Pedidos de alterações;
  • Controle de ponto;
  • Faturamento;
  • Lucratividade;
  • Relatórios comerciais.

Quais são os erros que o gerenciador financeiro pode evitar?  

Realizar um bom controle financeiro é apoiar o sucesso da empresa. Afinal, sem a organização financeira, é impossível manter um negócio em pleno funcionamento.

Entretanto, é comum que existam alguns erros no controle das contas que podem ser evitados com o apoio da tecnologia, através de um gerenciador financeiro. Veja quais são:

  • Não separar a conta bancária pessoal e empresarial;
  • Retirar o dinheiro do caixa sem registrar a operação;
  • Fazer o pagamento dos fornecedores sem registrar;
  • Não definir o pró-labore e retirar dinheiro da empresa sem contabilizar;
  • Desconhecer as despesas e as receitas do negócio;
  • Não entender sobre os termos e conceitos empresariais;
  • Não acompanhar métricas ou indicadores de desempenho financeiros;
  • Deixar de avaliar, por meio de cálculos exatos, se a empresa está gerando lucros ou dando prejuízo.

Usar uma ferramenta para eliminar esses problemas ajuda seu negócio a ser mais lucrativo e crescer de forma saudável.

Quais os benefícios do gerenciador financeiro?

O gerenciador financeiro empresarial traz diversos benefícios para um negócio. Além das funções que já citamos, ele também é responsável por gerenciar os pagamentos de clientes, controlar e evitar possível acúmulo de dívidas.

A categorização e a exibição de gráficos também são outras funções desse sistema financeiro. 

Quer entender mais sobre essa ferramenta de gestão e os seus benefícios? Acompanhe os tópicos a seguir e decida se ele pode fazer a diferença dentro da sua empresa.

Segurança

A perda de dados importantes, como os financeiros, é o pior pesadelo de um gestor. Por isso, ao contrário das planilhas e blocos de notas convencionais, o gerenciador financeiro é um programa ideal para fazer o backup das suas finanças.

Dessa maneira, você consegue armazenar todas as informações importantes sem correr o risco de perdê-las, podendo, ainda, arquivá-las em uma “sala” confidencial e tornar esses dados criptografados.

Além disso, um gerenciador oferece mais proteção contra falhas humanas, que podem ocorrer durante ações manuais de rotina. Assim, a modernização da sua gestão financeira é automatizada e os funcionários se tornam mais produtivos.

Mobilidade e acessibilidade

Além da segurança de armazenamento, a mobilidade e o fácil acesso às informações são outra vantagem do gerenciador financeiro. 

Com um sinal de internet, o controle das contas a pagar, por exemplo, pode estar disponível onde você quiser — tablet, notebook ou smartphone.

A personalização do software com os produtos, gastos fixos e variáveis, também pode entrar no gerenciador financeiro. Além da otimização e agilidade no processo, com esse sistema de gestão, você consegue criar modalidades de gastos e organizar as despesas.

Planejamento das finanças

Quando você tem um relatório pronto e atualizado, fica mais fácil elaborar um planejamento financeiro de curto a longo prazo, não é mesmo?

Mesmo que seja para avaliar se as ações planejadas estão dando resultados ou para começar a criar um plano de ações, ter um gerenciador financeiro online atende a esses requisitos.

Essa ferramenta administrativa facilita o controle financeiro, que possibilita que você, empresário ou contador, elabore um planejamento efetivo e consciente.

Dessa forma, um gerenciador financeiro auxilia na tomada de decisões, pois entrega dados valiosos que ajudam na construção de melhores análises e planejamento estratégico.

Como escolher o melhor melhor app de gestão financeira?

O melhor aplicativo de controle financeiro vai depender das suas necessidades. O primeiro passo é compreender o que você precisa. Depois, é preciso avaliar alguns pontos antes de fazer a escolha propriamente dita. São eles:

  • Segurança: verifique se o aplicativo adota medidas de segurança robustas, como criptografia de dados e autenticação de dois fatores, para proteger suas informações financeiras sensíveis.
  • Facilidade de uso: a interface do aplicativo deve ser intuitiva e fácil de usar. Um aplicativo complicado pode dificultar todo o gerenciamento financeiro da sua empresa.
  • Avaliações e opiniões: leia avaliações de outros usuários para obter uma ideia das experiências das pessoas com o aplicativo. Isso pode fornecer informações valiosas sobre possíveis problemas ou benefícios do aplicativo.
  • Custo: considere o custo em relação aos recursos oferecidos e veja se vale a pena para suas necessidades.
  • Suporte ao cliente e implementação: verifique o atendimento e também entenda como funciona a implementação, já que o seu time precisará usar a ferramenta da melhor maneira possível, desde o início.
  • Atualizações e desenvolvimento contínuo: certifique-se de que o aplicativo está sendo atualizado e se a empresa por trás dele está comprometida em melhorar e desenvolver a plataforma, sempre com foco nas necessidades dos clientes.

Saiba mais sobre controle financeiro

Garantir um bom controle financeiro na empresa não é algo tão simples, mas pode ser facilitado com o uso das ferramentas certas. 

Se você chegou até aqui e ainda tem dúvidas sobre essa temática, veja nas perguntas e respostas abaixo como resolver as principais questões relacionadas à gestão financeira para empresas:

Qual o melhor sistema de controle financeiro?

O sistema de controle financeiro mais adequado para empresas depende do tamanho, setor e necessidades específicas da empresa. 

Muitas empresas optam por utilizar sistemas integrados de software de gestão empresarial (sistema ERP), que oferecem módulos financeiros para gerenciar contabilidade, faturamento, compras, estoque e muito mais. 

Para escolher o sistema ideal, é indispensável realizar uma análise detalhada das necessidades da empresa, avaliar a facilidade de integração com outras plataformas e verificar a capacidade de geração de relatórios e análises financeiras. 

Qual o melhor programa de controle financeiro pessoal grátis?

O melhor programa de controle financeiro vai depender das suas necessidades. Entretanto, é importante que você consiga fazer um teste grátis naqueles que você mais se identificou, para comparar sua expectativa com a real experiência de uso que ele entrega.

Como elaborar um controle financeiro?

Para elaborar um controle financeiro eficiente, comece pela criação de um orçamento detalhado, listando todas as receitas e despesas. 

Utilize categorias claras para classificar os gastos. Registre também todas as transações financeiras de forma consistente, seja manualmente ou com ajuda de aplicativos. 

Periodicamente, analise seus registros para identificar tendências, controlar variações e ajustar seu plano financeiro conforme necessário. 

Além disso, não se esqueça de acompanhar regularmente seus resultados e compará-los com suas metas financeiras. Assim, é possível tomar decisões com base em dados e manter sempre a saúde financeira da sua empresa.

Conte com o software da Omie para a gestão da sua empresa! 

Viu como essa ferramenta pode ajudar você a ter um gerenciamento financeiro muito mais fácil e organizado dentro do seu negócio? 

Com o sistema de gestão Omie, que é fácil de usar e simples de implementar, você tem toda a facilidade para cuidar do financeiro da sua empresa.

Esse é um sistema de gestão completo, que te apoia nos diversos setores, garantindo que sua operação seja cada vez mais inteligente e que você, gestor, consiga tomar mais decisões baseadas em dados.

banner cta empreendedor

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Salário Mínimo: nota de cem reais e moedas de 1 real
Entenda como funciona a lógica por trás do reajuste do salário mínimo, os valores de 2023 e as perspectivas para
Orçamento Incremental: pessoa em mesa de escritório com caneta, notebook, papéis e calculadora
Entenda mais detalhes sobre o orçamento incremental e quando ele deve ser escolhido
orçamento ajustado significado e exemplos
Descubra o que é orçamento ajustado e veja exemplos práticos. Saiba vantagens e como usar em sua empresa.