Reserva de capital: o que é e sua importância para empresas

Entenda a importância de ter uma reserva financeira para lidar com imprevistos e como fonte de renda extra.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

De acordo com dados de pesquisa do Sebrae e da FGV, mais da metade das micro e pequenas empresas não possuem reserva de capital. E em situações emergenciais ou imprevistos recorrem ao endividamento realizando empréstimos bancários.

Essa reserva não é só privilégio de grandes empresas, se for bem planejada é aplicável a qualquer porte e tipo de negócio. Para melhor saúde financeira de sua empresa, conheça o que é essa reserva de capital, como funciona e a forma de uso nos próximos tópicos.

O que é reserva de capital? 

A reserva de capital é uma reserva financeira de uma empresa, mas difere da reserva de lucros. É uma inserção de capital que não tem relação com a receita gerada na empresa.

Já a reserva de lucros é a separação de parte dos lucros gerados pela receita de um negócio e integra o capital social. A reserva legal de lucros corresponde a 5% do lucro líquido de um exercício limitado a 20% do capital social da empresa. Deve ser separado antes da distribuição de lucros entre os acionistas. Essa reserva também pode ser usada para contingências, cobrir prejuízos e investimentos.

Conhecer alguns conceitos básicos de contabilidade ajuda a entender o conceito de reserva de capital. Ela integra o patrimônio líquido da empresa, que inclui ativos e passivos. É um aporte de recursos injetado no capital empresarial, mas não necessariamente de recursos próprios, pode vir também de doações, incentivos fiscais do governo e ágio de emissão de ações.

Empresas que não possuem reserva de capital podem entrar em desespero ou até fechar as portas por não ter recursos para usar em imprevistos. Em épocas de inflação e alta de insumos, a reserva pode ser a salvação para manter o negócio com saúde financeira. Pode ser usada para quitar dívidas e reduzir os gastos com pagamentos de juros bancários. 

Entenda qual é a importância da reserva de capital para uma empresa

Mas qual a importância de ter uma reserva de capital em uma empresa? Sua principal função é ser uma reserva de emergência para ser usada em situações específicas de crises, pandemias e fatos que ameacem a saúde financeira de um negócio.

Pode ser usada para repor prejuízos financeiros quando a lucratividade diminuir e manter a estabilidade e vitalidade da empresa. Um exemplo foi a pandemia do coronavírus de 2020, em que teve isolamento social e nem todas as empresas estavam preparadas para vendas digitais ou delivery. Nesse caso, quem tinha reserva de capital usou. Quem não tinha, teve mais problemas ou até mesmo faliu.

É uma solução para evitar empréstimos bancários e endividamentos desnecessários. O montante da reserva pode ser aplicado em investimentos com alta liquidez para uso rápido em situações emergenciais.

Como funciona a reserva de capital?

Os acionistas ou a fonte de recursos externos disponibilizam o capital para reserva financeira da empresa. Entretanto, não há qualquer obrigação de prestação de contas ou contrapartida do recebimento desse capital.

Assim, essa reserva pode ser aplicada em projetos específicos, para cobrir prejuízos ou qualquer atividade de interesse da empresa. Pode também ser usada para pagamento de acionistas prioritários com direitos de dividendos fixos em caso de suspensão de distribuição de lucros para manter a saúde financeira da empresa.

Outra possibilidade é evitar demissões em massa ou fechamento da empresa em crises, podendo usar essa reserva para pagamento de salários ou cobrir despesas de imprevistos. Ou seja, a principal função é manter a empresa funcionando sem endividamento.

Para uma melhor gestão financeira e uso da reserva de capital, confira algumas dicas:

  • Reúna todas as despesas fixas e variáveis;
  • Verifique as dívidas e negocie as taxas com o banco;
  • Analise quanto é necessário reunir como reserva de capital. Um referencial é ter uma reserva que cubra 6 meses ou 1 ano de despesas mensais para ser usado em qualquer emergência.

Uma consultoria contábil é de grande ajuda para decidir os detalhes da reserva de capital, como aplicar e em que utilizá-la. Consulte seu contador para avaliar a realidade de sua empresa e o que pode ser feito para uma melhor gestão financeira.

banner cta empreendedor

Como a reserva de capital pode ser utilizada?

A reserva de capital possui opções de uso diferentes. Em termos contábeis, é incorporada ao capital da empresa ou no resgate de partes beneficiárias.

Outro uso é cobrir o prejuízo quando a reserva de lucro não for suficiente para manter a empresa fora da zona vermelha.

Para compra, resgate ou reembolso de ações podem ser usados os recursos da reserva de capital.

Pode ser também uma fonte de renda, aplicando esse capital em algum tipo de investimento financeiro. Esse valor ficará aplicado gerando rendimentos a serem usados quando for necessário.

Essa reserva pode ainda ser utilizada para aproveitar uma oportunidade de expansão de negócios ou de incentivo a novas parcerias e negociações. Outros usos: 

  • investimentos em maquinários;
  • equipamentos;
  • modernização de infraestrutura e softwares;
  • antecipação de compras de insumos;
  • matérias-primas.

Um sistema ERP de gestão é uma ótima ferramenta de controle financeiro 

Para quem quer começar ou gerir melhor a reserva de capital, as dicas anteriores auxiliam a entender sobre o assunto. Mas se usar um software ERP de gestão, as atividades financeiras ficam mais simples e ganham agilidade.

Por meio do sistema ERP Omie, é possível controlar as entradas e saídas financeiras, gestão de vendas, controle de estoque e compras, informações contábeis e diversas outras funções. Com todas as informações em um mesmo lugar e armazenadas em nuvem, fica mais rápido emitir relatórios gerenciais para tomada de decisões mais assertivas.

Para acessar mais artigos que vão ajudar na gestão financeira de sua empresa, confira o blog Omie e saiba mais!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
orçamento ajustado significado e exemplos
Com o orçamento ajustado, o gestor pode fazer mudanças no plano original, a fim de manter a saúde financeira do
entenda o que é danfe
Se você ainda precisa entender o que é DANFE e qual a sua importância, confira aqui neste texto.
Mulher apresentando demonstrações financeiras
Entenda o que são e como analisar corretamente as demonstrações financeiras do seu negócio.