O Que é UI? Entenda o conceito e as vantagens para as empresas

A UI está presente em nossa rotina todos os dias. Mas o que realmente é essa "interface do usuário"? Clique aqui e descubra!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Seja ao usar um aplicativo no celular, navegar em um site ou interagir com um software, a “interface do usuário” (UI) é a janela para o mundo da tecnologia. 

Mas a UI não é apenas uma questão de estética; ela desempenha um papel fundamental na forma como nos comunicamos com a tecnologia. Neste texto, você vai compreender melhor, com exemplos práticos, como funciona esse mundo da interface do usuário.

O que é UI?

UI significa “user interface”, ou seja, “interface do usuário”. É tudo o que você vê quando usa um celular, computador, aplicativo ou site.

Imagine que você está usando um aplicativo em seu celular; os botões, imagens, cores e como você toca na tela para fazer coisas são todos parte da UI. Em outras palavras, é a parte visual e interativa que permite que você se comunique com a tecnologia.

Qual a relação entre UX e UI?

Já vimos o que é a UI, mas o que é UX? É a “user experience”, ou seja, a “experiência do usuário”. Ambos são extremamente importantes e precisam se conversar, principalmente quando pensamos na experiência do cliente (customer experience).

Pense o seguinte: se você está em um restaurante, a UI é o cardápio, as mesas, os pratos e talheres. É o que você vê e usa fisicamente quando está lá. 

A UX, por outro lado, é a experiência geral que você tem no restaurante. Ela começa desde o momento em que você entra e é recebido pelo garçom até o momento em que você paga a conta e sai. 

Não adianta o restaurante ser lindo, bem organizado, se os funcionários forem mal educados e a comida ruim, certo? A mesma coisa acontece com a UX e a UI. Toda aplicação digital precisa ser bonita, mas também funcional, intuitiva e prazerosa.

Principais elementos de UI

Os principais elementos de UI incluem uma variedade de componentes visuais e interativos que permitem aos usuários interagir com um aplicativo, site ou sistema de forma eficaz e intuitiva. Alguns dos elementos mais comuns da UI incluem:

Botões

São áreas interativas que os usuários podem clicar ou tocar para executar ações, como enviar um formulário, salvar dados ou iniciar uma função.

Menus

Listas de opções que geralmente são exibidas em uma lista suspensa, barra de navegação ou painel lateral, permitindo que os usuários escolham entre diferentes ações ou seções.

Campos de entrada

Áreas onde os usuários podem digitar informações, como nomes, senhas, números de telefone etc.

Ícones

Pequenas imagens que representam ações ou funções, como um ícone de lupa para pesquisa ou um ícone de lixeira para excluir.

Caixas de seleção e botões de alternância

Permitem que os usuários escolham opções de uma lista ou ativem/desativem configurações.

Barras de rolagem

Permitem que os usuários naveguem por conteúdo que não cabe na tela, como páginas da web longas ou listas extensas.

Janelas e painéis

Áreas que exibem informações adicionais ou opções sem a necessidade de abrir uma nova tela.

Gráficos e imagens

Elementos visuais que ajudam a transmitir informações, como gráficos, fotos e ilustrações.

Tipografia

O uso de diferentes tipos de letras, tamanhos e estilos para tornar o texto fácil de ler e esteticamente agradável também faz parte da UI.

Cores

Elas refletem a identidade da marca, facilitam a leitura e criam um ambiente visual agradável.

É extremamente importante que esses elementos sejam pensados e projetados de forma a facilitar a interação do usuário e a tornar a interface atraente e eficiente.

Tipos de User Interface

Os tipos de User Interface (UI) incluem interfaces gráficas de usuário (GUI) com elementos visuais, interfaces de linha de comando (CLI) baseadas em texto e interfaces de voz que respondem a comandos de áudio. 

Aqui, separamos algumas das interfaces gráficas mais populares para que você possa se aprofundar:

Flat Design

O Flat Design é um estilo de design que utiliza elementos visuais simples, como cores sólidas, formas geométricas e ícones planos, sem texturas, sombras ou efeitos 3D. Ele prioriza a simplicidade, clareza e facilidade de uso, tornando a interface mais minimalista e direta.

A interface do Windows 8 é um bom exemplo, com seus ícones simples e cores vibrantes.

Material Design

É um estilo de design desenvolvido pelo Google que se inspira em camadas de papel. Ele usa cores vivas, sombras sutis e animações para criar uma interface visualmente atraente e intuitiva.

Ele destaca a sensação de profundidade e movimento, tornando a navegação mais natural.

Todo o design dos aplicativos do Google, como o Gmail e o Google Drive, é baseado no Material Design.

Skeuomorphic Design

O Skeuomorphic Design é um estilo que tenta replicar objetos do mundo real na interface digital, incluindo texturas, sombras e detalhes que imitam objetos físicos. Ele visa tornar a interface mais familiar, mas pode ser mais complexo e detalhado.

Como exemplo, temos o antigo design do aplicativo iOS da Apple com ícones que pareciam botões 3D.

UI personalizada

A UI personalizada é uma interface do usuário projetada sob medida para atender às necessidades específicas de um aplicativo ou empresa, em vez de usar modelos pré-fabricados.

Ela permite que a interface se destaque e seja exclusiva, alinhada com a identidade da marca e as funções do aplicativo. 

UI de jogos

A UI de jogos é a interface que os jogadores veem durante os videogames, incluindo menus, indicadores de vida, inventários e controles. Ela fornece informações essenciais para os jogadores e facilita a interação com o jogo.

Como exemplo, temos a interface de jogos populares, como “Minecraft” ou “Fortnite”, com barras de saúde, mapas e botões de controle na tela.

UI para aplicativos de saúde

É projetada para aplicativos que ajudam os usuários a monitorar e melhorar sua saúde, exibindo informações como passos, calorias e dados médicos.

Ela fornece informações de forma clara e incentiva os usuários a adotar hábitos saudáveis. Um bom exemplo é o aplicativo “Fitbit”, que tem uma interface que mostra estatísticas de atividade física e monitoramento de sono.

UI para e-commerce

Essa é a interface de lojas online, que permite aos usuários pesquisar produtos, adicionar itens ao carrinho de compras e concluir compras pela internet. Ela torna a experiência de compra online intuitiva e agradável – algo que aumenta a satisfação do cliente com a marca.

O design da Amazon é um exemplo, com opções de pesquisa, categorias de produtos e carrinho de compras.

  1. Clareza: Tornar tudo fácil de entender.
  2. Simplicidade: Manter as coisas simples.
  3. Consistência: Usar um visual uniforme.
  4. Feedback: Informar o que está acontecendo.
  5. Navegabilidade: Facilitar a movimentação.
  6. Responsividade: Funcionar bem em diferentes dispositivos.
  7. Acessibilidade: Ser acessível a todos.
  8. Agrupamento: Organizar elementos relacionados.
  9. Performance: Manter a rapidez.
  10. Boa Hierarquia Visual: Destacar o mais importante.

Testes de usabilidade

Os testes de usabilidade também são indispensáveis para garantir uma boa interface de usuário. Para aplicá-los, basta pedir a pessoas reais que usem a interface e deem feedback. Isso é importante porque o que parece lógico para quem a cria nem sempre é óbvio para quem a usa. 

Assim, os testes revelam problemas e melhoram a experiência do usuário, garantindo que a interface seja realmente fácil de usar e atenda às necessidades de quem vai usá-la. Portanto, são essenciais para criar uma interface eficaz e amigável.

Outras dúvidas relacionadas a esse tema

Ainda restam dúvidas sobre a interface do usuário? Veja algumas perguntas e respostas que separamos para te ajudar:

O que é UI em tecnologia?

UI, ou “User Interface” (Interface do Usuário), refere-se à parte visual e interativa de aplicativos, sites e dispositivos. É o que você vê e toca, como botões, menus e ícones, tornando a tecnologia fácil de usar.

O que é qualidade de UI?

Qualidade de UI envolve tornar interfaces de tecnologia fáceis de usar, agradáveis e eficazes. É garantir que botões, cores e layout sejam intuitivos para que os usuários tenham uma experiência positiva.

O que é um componente UI?

Um componente UI é uma parte individual de uma interface de usuário, como um botão, campo de texto ou menu. Esses componentes são as “peças” que compõem o design de um aplicativo ou site.

A Interface do Usuário (UI) é uma peça fundamental na interação entre as pessoas e a tecnologia. Seja em sistemas de gestão ou em qualquer aplicativo de uso diário, uma UI bem projetada é essencial para garantir que os usuários possam realizar suas tarefas de forma eficaz e intuitiva. 

No entanto, para que essa interação seja verdadeiramente satisfatória, a experiência do usuário (UX) também deve ser considerada, proporcionando uma jornada agradável e sem atritos.

Aqui na Omie, prezamos por uma boa interface de usuário, mas sem abrir mão de uma ótima experiência. Experimente o sistema ERP e veja na prática como conseguimos unir ambos conceitos em uma plataforma que resolve a vida dos empreendedores.

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
EFD-Reinf
EFD-Reinf: confira o que é, quais são as mudanças para 2024 e como ficar dentro da conformidade.
O investidor anjo vai ajudar você a tirar as suas ideias do papel para concretizar um negócio de sucesso no
Conheça as principais vantagens de um help desk e entenda porque investir nessa ferramenta pode revolucionar o relacionamento que você