4 obrigações de fim de ano no setor contábil

Conheça as principais obrigações do setor contábil para o fim de ano!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O final de ano é bem movimentado no setor contábil. São diversas entregas, obrigações e demandas que precisam ser finalizadas para que as empresas consigam aproveitar ainda mais essa época.

Neste momento, o apoio e suporte dos contadores é fundamental. São eles que ajudam a entregar e organizar todas essas obrigações contábeis de fim de ano. Para os profissionais da contabilidade, essa é uma época de muita responsabilidade e atenção.

Por isso, é essencial conhecer quais são as principais obrigações do setor contábil para esse momento e se certificar de que todas serão realizadas. Para conhecê-las é só ler até o final!

Fechamento anual e obrigações contábeis

O fechamento anual e as obrigações contábeis fazem parte da vida de todos os contadores e escritórios contábeis.

Ele é um balanço de todas as movimentações e transações que foram realizadas ao longo do ano pela empresa, apresentando informações sobre a saúde financeira e servindo como base para o orçamento do próximo ano.

No fechamento anual também são incluídas as obrigações do setor contábil específicas de fim de ano. Confira abaixo quais são elas e suas características.

Pagamento do décimo terceiro

O 13º terceiro talvez seja a obrigação mais conhecida pelas empresas no final do ano. Previsto pela Lei número 4.090, o benefício é um direito dos trabalhadores. Seu pagamento é dividido em duas parcelas; a primeira deve ser paga até 30 de novembro e a segunda até o dia 20 de dezembro.

Todos os profissionais contratados com carteira assinada, seja da área rural, urbana ou doméstica, a partir de 15 dias de serviço, já possuem direito ao benefício. Geralmente, essa tarefa está ligada ao RH ou Departamento Pessoal, mas é aconselhado que um contador realize.

Isso porque, assim como outras obrigações contábeis, o pagamento do 13º salário deve constar nos demonstrativos de fim de ano da empresa. Além disso, é mais seguro contar com um contador ou escritório contábil para realizar os cálculos e garantir que tudo está certo.

Importante destacar que o 13º terceiro e as férias coletivas são contas diferentes. Isso significa que, mesmo sendo pagas no mesmo período, seus cálculos diferem, assim como os valores.

Férias coletivas

As férias coletivas são um período em que todos os colaboradores ou uma determinada área da empresa recebem um descanso. Elas são previstas na lei, especificamente no artigo n.º139 da CLT.

Esse período de descanso coletivo pode ser dividido em duas vezes, mas em nenhuma delas a duração pode ser menor que dez dias. Um detalhe importante é que esse tipo de férias não são obrigatórias, portanto, cabe às empresas decidirem se elas serão concedidas.

Neste momento, o papel dos contadores é ajudar e orientar as empresas sobre o cumprimento das obrigações legais que envolvem esse período, como os encargos, pagamentos, direito às folgas e determinação dos períodos.

Balanços financeiros e demonstrativo de resultados

Os balanços financeiros de fim de ano são análises, não só da gestão contábil, mas de tudo o que envolve a área de contabilidade e financeira da empresa. Eles abrangem o desempenho de todos os 12 meses do ano, com base em dados, relatórios e documentos.

Assim fica mais simples identificar e entender a situação financeira e patrimonial da empresa, analisar se as obrigações tributárias e as atividades contábeis estão corretas. Veja abaixo quais são os demonstrativos e balanço que não podem faltar no setor contábil.

Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)

O DRE – Demonstração do Resultado do Exercício, é um resumo de todas as operações financeiras para entender se ela teve lucro ou prejuízo. De forma legal, esse relatório deve ser realizado uma vez por ano, mas as empresas costumam realizá-lo, em média, três vezes.

O documento apresenta o resultado das atividades gerais da empresa, incluindo as receitas, despesas, taxas, impostos, entre outros. Existem diversos modelos de DRE que podem ajudar neste momento.

O importante é que eles sejam aplicados à realidade da empresa, assim é possível evitar quaisquer problemas e enganos.

Balanço patrimonial

O balanço patrimonial é um relatório que une todos os ativos e passivos de uma empresa. Isso inclui os bens, recursos, dívidas, obrigações e até mesmo os direitos. Ou seja, é um levantamento detalhado sobre a situação financeira da empresa.

Esse é um dos documentos mais importantes para a empresa. Por isso, saber como fazer balanço patrimonial é essencial. Ele apresenta tanto os cenários contábeis, quanto os econômicos.

Importante ressaltar que o balanço patrimonial é exigido por lei aqui no Brasil.

Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA)

A DLPA, ou Demonstração de Lucros e Prejuízos Acumulados, é um documento bem importante. Isso porque ele apresenta todas as alterações ocorridas no Patrimônio Líquido.

O objetivo do DLPA é informar não só a movimentação de saldo da conta de Lucros e Prejuízos, mas também o resultado e a distribuição dele. Para ser feito, é necessário que o setor contábil tenha finalizado o DRE e o Balanço patrimonial.

Planejamento financeiro

Por fim, mas não menos importante, está o planejamento financeiro para o próximo ano. Para ser realizado, é essencial contar com um contador, afinal, o profissional já sabe como fazer o planejamento financeiro adequado e estratégico.

É importante se atentar – o planejamento financeiro deve ser realizado por último. Isso porque é nesse ponto que todas as entregas e obrigações do setor contábil foram realizadas, fornecendo uma visão mais ampla da saúde financeira.

Com isso, fica mais fácil criar previsões para o próximo ano, determinar os gastos e recursos para o crescimento da empresa e muito mais. Tudo de forma saudável e sem prejudicar as operações.

Garanta as entregas das suas obrigações contábeis

O fim de ano é bem movimentado no setor contábil. São muitas entregas e obrigações que precisam ser cumpridas. Para as empresas, o apoio e suporte de um contador é fundamental para garantir precisão e qualidade.

Por isso, esses profissionais precisam contar com sistemas que facilitem seu dia a dia. O Painel do Contador Omie é um grande aliado nesse momento. Com ele, os profissionais da contabilidade conseguem ter tudo o que precisam na mão, tornando os processos mais ágeis e seguros.

A melhor maneira de garantir todas as entregas do setor contábil no fim de ano é contando com um software otimizado, produtivo e intuitivo. Conheça agora mesmo e comece a transformar seu negócio!

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Saiba mais sobre o papel da contabilidade para MEI para o crescimento das microempresas e confira os serviços que você
Demonstrações contábeis
Entenda o que são e quais são os objetivos das demonstrações contábeis e saiba o que a lei diz sobre
rotinas contábeis
Descubra como otimizar as rotinas contábeis e o que priorizar em empresas do Simples Nacional e MEI.