5 formas de pagamento mais usadas em empresas

Saiba quais são as formas de pagamento mais usadas pelas empresas e clientes. Otimize essa etapa e melhore o fluxo de caixa hoje mesmo!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Se você acaba de abrir seu negócio, ou está consolidado no mercado e busca melhorar os recebimentos, é melhor estar atento a qual forma de pagamento mais adequada. Trata-se de um meio para receber os recursos de clientes e transferí-los para o caixa da empresa, com rapidez e segurança.

Existem muitas formas de pagamento para clientes mas nem todas elas são adequadas para a sua empresa. Cada caso é único e por isso deve-se entender todo o contexto e dia a dia do negócio, antes de escolher o método de pagamento. Além disso, seu público-alvo vai ditar a necessidade por uma forma mais tradicional, digital ou misturando os dois.

Para garantir os melhores serviços e estar preparado na hora de fechar o pagamento, entenda quais formas oferecem mais facilidade e comodidade para os clientes e, claro, para sua empresa. Além disso, veja como elas podem tornar seu empreendimento mais estratégico e ágil. Continue neste artigo e aprenda mais sobre o assunto!

O que são formas de pagamento?

Trata-se de meios que as empresas utilizam para cobrar por um produto ou serviço. No caso da prestação de serviços, as formas de pagamento podem ser tipos de cobrança recorrentes, como é o caso de assinaturas de planos celulares ou de internet. Quando falamos da venda de produtos, o mais comum são os pagamentos unitários, com o valor total (parcelado ou à vista) do item vendido.

No Brasil, o sistema de pagamentos está sempre se adaptando e atendendo as necessidades dos consumidores, buscando meios cada vez mais simples e seguros de realizar as transações.

É importante considerar que isso pode mudar de um país para outro, principalmente por questões econômicas e sociais. Os talões de cheque, por exemplo, podem não funcionar mais no Brasil como funcionavam antigamente, mas alguns países ainda o utilizam em muitas transações.

Outro exemplo é o Pix, um meio de pagamento online, rápido, gratuito e que funciona à base de transferência para uma conta por meio de uma chave de acesso. No Brasil se tornou uma das formas de pagamento mais utilizadas pela praticidade oferecida. Outros países ainda não utilizam esse método de pagamento, mas possuem opções semelhantes.

Por que é estratégico explorar as formas de pagamento?

Imagine que um cliente deixa de comprar em seu negócio porque a forma de pagamento disponibilizada não funcionava. Não seria nada bom para o caixa e certamente a concorrência passará a oferecer e sanar essa dor. Os meios de pagamento estão mudando e os consumidores preferem as empresas que se adaptam a essas mudanças.

Considerando isso, fica evidente que escolher as opções de pagamento correta pode ser um grande diferencial competitivo. Mas, esse não é o fator principal para considerar os métodos de pagamento como estratégia.

Na verdade, eles também facilitam as campanhas de vendas da sua empresa, tornando-as mais atrativas e vantajosas. Seja no mundo físico ou virtual, quanto mais facilidade, comodidade e segurança oferecer aos seus clientes, melhores as vendas.

Portanto, disponibilizar diferentes meios de pagamentos em seu negócio, ajudará você a ter as melhores chances de crescimento e sucesso.‍

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 6

5 formas de pagamento para usar no Brasil

Agora que você já sabe como as formas de pagamentos podem ser estratégicas, chegou o momento de conhecer quais são as mais utilizadas no Brasil, incluindo suas vantagens e desvantagens.

1. Dinheiro em espécie

A mais antiga forma de pagamento e que nunca sai de moda. O dinheiro em espécie pode até parecer ultrapassado, mas ainda é um dos meios mais utilizados no Brasil. Além de ser obrigatório disponibilizar essa opção, ela se destaca por não conter custos de operações financeiras e, principalmente, não possuir intermediários.

Além disso, o dinheiro oferece maior liquidez para a empresa, já que ele é recebido no momento da venda. Outro detalhe importante é que o pagamento em espécie não necessita de cadastros complexos.

Em contrapartida, ele não oferece tanta facilidade, ou seja, não pode ser parcelado, sendo válido apenas para compras à vista e em estabelecimentos físicos. Outra desvantagem é que as chances de ser pago com uma nota falsa são maiores.

2. Máquina de cartão

Uma das mais comuns, as “maquininhas” surgiram na década de 50 e passaram por muitas transformações desde então. Por conta da facilidade, hoje são a opção mais utilizada nos comércios físicos e virtuais. As máquinas de cartão permitem diferentes tipos de pagamento, como veremos a seguir.

Cartão de crédito ou débito

Trata-se da forma mais prática de se fazer compras atualmente. De acordo com um estudo da CNDL e SPC Brasil, cerca de 41% das pessoas utilizam cartão de débito e 36% utilizam cartão de crédito em suas compras do dia a dia.

Além disso, a opção se destaca porque, agora, com o surgimento de cartões NFC, os pagamentos podem ser feitos por aproximação, sem a necessidade de contato com a máquina, tornando as compras ainda mais rápidas.

Pagamento por celular

Apesar do cartão físico ainda ser a principal forma de pagamento, os pagamentos por celular vêm ganhando cada vez mais espaço. Isso é possível se o cliente tiver cadastrado seus cartões NFC celular, por meio de algum aplicativo de banco, por exemplo. Esse tipo de pagamento também é feito por aproximação ou leitura de QR Code.

Além disso, é considerada uma forma de pagamento segura, já que evita o grande volume de dinheiro no caixa. Importante destacar que em ambos casos a máquina de cartão só pode ser utilizada se estiver conectada à internet.

3. Link de pagamento

O link de pagamento é um formato que permite enviar um determinado link para seus clientes realizarem o pagamento de uma compra. Com isso, o cliente não precisa ir até o seu empreendimento para comprar.

Basta enviar o link e é possível pagar por boleto, cartões e até mesmo Pix. Essa opção é muito utilizada em encomendas, por exemplo.

4. Intermediários de pagamento

Você pode não ter ouvido falar neles, mas, com certeza já realizou uma compra pelos intermediários de pagamento. São ferramentas que servem para facilitar a automação em finanças e intermediar as compras virtuais.

Quando um cliente vai realizar uma compra em um e-commerce, ele escolhe os produtos e coloca em um carrinho virtual, informa os dados necessários e, por fim, efetiva a compra. Apesar de tornar as compras mais práticas, os intermediadores de pagamento cobram taxas e direcionam os clientes para outra página para fechar a compra.

5. Pix

O mais recente meio de pagamento criado tem ganhado muita força por conta da simplicidade e facilidade que oferece, tanto para os clientes, quanto para os negócios. O Pix surgiu como facilitador das transferências por TED ou DOC, otimizando o tempo e tornando o processo mais simples, com pagamentos instantâneos.

Outro diferencial é que o Pix pode ser realizado a qualquer dia e horário, sem limites de transferência. Mas vale destacar que para proteger seus clientes, alguns bancos determinam um valor máximo de R$ 1000 por transação realizada no período noturno.

Melhores formas de pagamento

Não existe um método de pagamento melhor que outro, mas sim opções que podem agradar mais o seu público e é nisso que você deve focar. Antes de decidir a forma adequada, você deve considerar alguns pontos importantes, como:

  • Modalidade do negócio: é importante pensar se o seu negócio é físico ou digital. O dinheiro em espécie ou máquinas de cartão, por exemplo, não vão servir como forma de pagamento em lojas virtuais. Mas links de pagamento, cartão e pix, sim;
  • Valor do produto ou serviço: o valor do seu produto não pode diminuir por causa da forma de pagamento escolhida, na verdade, ela deve agregar valor. O cálculo para o pagamento de pro rata, por exemplo, pode te ajudar a encontrar o melhor método;
  • Tipo de público: entender quem é o seu público e o perfil é uma das melhores maneiras de escolher a forma de pagamento. Pessoas mais jovens tendem a optar por pagamentos mais simples, como o Pix ou aproximação, enquanto pessoas mais velhas preferem o dinheiro ou cartão.

Com esses pontos de atenção, você vai conseguir encontrar e determinar a melhor maneira de disponibilizar os pagamentos da sua empresa, atraindo o público certo e conquistando vendas mais assertivas.

Facilite a gestão financeira do seu negócio

Como vimos, existem diversas formas de pagamento que podem ser utilizadas em um empreendimento, meios mais tradicionais, como o dinheiro em espécie, e outros mais modernos, como o Pix. Isso amplia o leque de possibilidades de venda, define o fluxo de caixa e melhora o relacionamento com o cliente.

Todas elas podem levar o seu negócio a um novo nível, quando escolhidas de forma correta. Mas só isso não é o suficiente, é essencial fazer a gestão das finanças da sua empresa e isso depende de informação de qualidade, parcerias de sucesso com contadores e profissionais especializados e investimento em tecnologia.

Assim, você garante a boa saúde financeira do seu negócio e eleva seus lucros e ganhos, conquistando mais espaço no mercado e realizando vendas cada vez mais efetivas. Mantenha-se atualizado no Blog Omie, um espaço que tem conteúdos especiais sobre gestão e desafios do empreendedor.

Venha fazer parte da nossa comunidade empreendedora

A comunidade Omie.Academy nasceu para ser o ponto de encontro de profissionais que aprendem com seus erros e ensinam com suas vitórias. Se inscreva para fazer parte de nossos bate-papos e ter acesso a conteúdos exclusivos nas áreas de gestão, negócios, marketing, contabilidade, administração e muito mais. Agora que você já conhece algumas das principais formas de pagamento, confira abaixo um dos especialistas da nossa plataforma falar sobre revolução que o PIX está fazendo no mercado.

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Market Share
Descubra o Market Share e como ele é importante para o seu negócio. Entenda o conceito e aprenda a calcular
canais de vendas
Conheça os diferentes canais de vendas e o motivo para criar uma estratégia para eles na sua empresa.
cadeia de valor
Entenda melhor os processos da sua empresa e como eles se relacionam implementando a cadeia de valor.