A importância da gestão de estoque na Black Friday

A gestão de estoque é essencial para ajudar no atendimento da grande demanda de vendas durante a Black Friday. Descubra como controlar a entrada e saída de produtos com eficiência nesse período.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Neste ano, a Black Friday acontece no dia 25 de novembro e já é motivo de muita antecipação por parte de empresários de todos os ramos. Isso porque, segundo a Pesquisa Consumo, o número esperado de vendas durante esse período continua crescendo ano após ano, tendo sido 3% maior do que no ano anterior.

Para atender a toda essa demanda, é necessária uma boa organização por parte da empresa, sempre buscando suprir as necessidades do cliente e garantir que tenha a melhor experiência de compra possível, o que não pode ser feito sem uma boa gestão de estoque.

Neste conteúdo, vamos falar mais sobre a importância de ter uma boa gestão de estoque, principalmente durante a Black Friday, e como colocar isso em prática de forma eficiente e com bons resultados. Acompanhe!

Por que ter uma gestão de estoque Black Friday?

Com um bom planejamento, você consegue realizar uma queima de estoque Black Friday, por exemplo. Isso ocorre quando se tem controle sobre os itens disponíveis e quais produtos estão em bom estado para venda. Além disso, é muito mais fácil identificar quando e o que deve ser adquirido no caso de reposições.

Dessa forma, todas as ações feitas em preparação para a data são importantes e suas principais vantagens são:

  • Garantia de um estoque de produtos que são necessários para as vendas durante a Black Friday;
  • Acompanhamento dos produtos que foram vendidos para não oferecer itens que não estão disponíveis;
  • Redução de custo com armazenagem;
  • Menor probabilidade de perda de receita por produtos quebrados ou vencidos (no caso do ramo alimentício).

É importante ressaltar que essa organização para a Black Friday deve ser bem pensada e planejada pela empresa, sempre se atentando à sua capacidade e demanda, e adequando o fluxo seguido às necessidades específicas tanto da empresa quanto do seu público alvo.

Como fazer gestão de estoque em datas comerciais?

Ter uma boa gestão de estoque é o ponto mais crucial para garantir o sucesso de vendas durante a Black Friday. Não adianta nada investir em boas estratégias de marketing e oferecer bons preços se o cliente não tiver uma boa experiência de compra e receber seu produto da forma que espera.

Por esse motivo, existem alguns pontos que devem ser levados em consideração no momento de preparação para uma Black Friday, garantindo que o estoque esteja de acordo com o que está sendo anunciado ao cliente e que tudo seja entregue dentro do prazo estabelecido. Aqui vão alguns desses pontos:

Faça um estudo de todas as demandas da sua empresa

Quando você conhece o seu público e sabe seu gosto, fica muito mais fácil fazer o planejamento das compras. Portanto, para começar, você deve estudar a demanda do seu negócio e entender o que está em alta no mercado.

É importante, também, levar em consideração o porte da sua empresa, seu volume de vendas e tudo que possa dar um direcionamento para preencher o estoque. Este deve ser preparado com itens suficientes, que supram a demanda, e sem excessos, o que pode levar a prejuízos.

Tenha um inventário de estoque

Um inventário é basicamente um relatório que serve para finalidades fiscais e comerciais e permite que uma empresa saiba exatamente quais são os itens que tem em mãos. O ideal é que esse inventário de estoque seja feito no início de cada ano e seja acompanhado de perto.

É preciso lembrar que as embalagens devem ser sempre levadas em consideração no momento da confecção do inventário de estoque, já que são peças cruciais para que a venda seja finalizada e não podem faltar em nenhuma hipótese.

SKUs (Stock Keeping Unit)

O SKU é um código de identificação muito utilizado em marketplaces, para auxiliar na otimização da gestão e classificação (cor, modelo, tamanho e fabricante) de um produto. É uma sequência de números e letras que representam as especificações.

Após essa identificação, vale definir qual será a rotatividade do estoque. Ou seja, de quanto em quanto tempo é necessário repor algum produto sem ter que deixá-lo indisponível para seu cliente no site. No caso da Black Friday, você precisa levar em consideração o pico de vendas e se preparar para isso de forma especial.

Conte com um espaço físico adequado

Quando se tem uma loja física, armazém, galpão, ou até mesmo o centro de distribuição da sua empresa em pontos estratégicos, fica muito mais fácil diminuir o valor de alguns encargos das compras como o valor do frete, diminuindo também o prazo de entrega, o que muitas vezes faz toda a diferença para o comprador.

Por isso, ter um espaço físico bem organizado pode auxiliar a manter a qualidade dos seus produtos e ser um facilitador na logística de vendas. Se não for possível fazer isso sozinho, não se preocupe! Existem empresas que prestam esses serviços de forma terceirizada e cuidam de todo o processo de logística.

Acompanhe o giro de estoque

É necessário saber em quanto tempo o seu estoque acaba e o seu fluxo de vendas, para evitar que produtos fiquem indisponíveis. No caso da Black Friday, essa conta deve ser feita com muita atenção, já que representa um pico de vendas para o qual a empresa deve estar preparada.

Esse indicador é chamado de pico de estoque, e leva em consideração quantas vezes no ano as mercadorias precisam ser repostas e por quanto tempo ficam no estoque até que sejam vendidas, fazendo o controle de estoque.

O giro de estoque pode ser definido pelo valor total das vendas dividido pelo valor médio de estoque. Caso esse número seja inferior a 1, isso significa que a mercadoria ainda se encontra em estoque e nenhuma reposição foi feita durante o período que foi analisado, ou seja, ela está parada.

Apenas um estoque para loja online e física

Adotar uma estratégia omnichannel entre os estoques de loja física e online traz muitos benefícios para a sua empresa. Isso garante que o consumidor tenha a opção de retirar o produto na loja, se preferir, o que economiza os gastos com frete e diminui o tempo de espera. Ainda otimiza todo o processo de venda, já que as ofertas oferecidas tanto na loja física quanto virtual estarão alinhadas.

Prepare a sua equipe

É preciso ter uma equipe preparada para lidar com o consumidor e garantir a ele uma boa experiência durante e após a compra, ainda mais num momento como a Black Friday, em que existe muita procura. Por isso, a equipe deve estar ciente de quais produtos estão sendo mais vendidos e preparada para lidar com insatisfações e dúvidas de clientes, sempre buscando estar disponível nos canais de atendimento da empresa.

Banner CTA

Garanta uma plataforma de ERP!

Saber de qualquer movimentação durante a queima total de estoque depende de obter dados sólidos e de qualidade, unidos a uma visão 360 de todo o negócio. Para isso, uma excelente alternativa é buscar sistemas ERP.

Essa solução oferece a possibilidade de fazer um cadastro completo dos produtos, registros automáticos de entrada e saída e ainda manter as informações de valores atualizadas. Com esse software, você evita falhas no dia a dia e alavanca o sucesso da sua empresa.

O sistema Omie permite integrar os seus processos da melhor forma possível, garantindo que seu cliente tenha a melhor entrega e possa compartilhar a experiência que teve com a sua empresa com outras pessoas, de maneira a aumentar as vendas de forma orgânica e sem custos adicionais.

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
o que é packing: mulher segurando caixa em esteira
Packing eficiente é a chave para melhorar suas entregas. Entenda como ele funciona na logística e veja como otimizar suas
paletização o que é e quais os tipos
Entenda mais sobre a paletização, seus tipos, vantagens e como fazer esse processo na sua empresa.
Tipos de estoque: Homem colocando caixa em prateleira
Em dúvidas sobre como organizar o estoque da sua empresa? Conheça os tipos de estoque e entenda como escolher a