Descubra o que é WMS e como funciona

Torne sua área logística mais ágil e automatizada com o WMS, garantindo clareza nos processos e satisfação para os clientes
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Se sua empresa conta com a logística para a distribuição dos produtos, é provável que tenha ou já teve dificuldade em algum ponto do processo, seja para escoar a produção, para controlar o estoque etc. A solução está no uso do WMS.

Esse sistema apoia o gerenciamento da sua área de logística, trazendo mais agilidade para os processos, garantindo mais qualidade aos seus produtos e mais satisfação para seus clientes. Portanto, apoia seu negócio como um todo!

Neste artigo, acompanhe as principais informações sobre o WMS: como ele funciona e as vantagens que sua empresa terá ao implementar esse sistema na sua gestão, como forma de se diferenciar dos concorrentes e se destacar no mercado.

O que é WMS – Sistema de Armazenamento de Armazém?

WMS é a sigla em inglês para Warehouse Management System, ou seja, Sistema de Gerenciamento de Armazém. Trata-se de um software utilizado para a gestão dos processos de logística, automatizando diversas tarefas e etapas dessa área.

Sua principal funcionalidade é utilizar a tecnologia para otimizar atividades logísticas e apoiar o controle de estoque. Afinal, o WMS permite acompanhar a entrada e saída dos produtos do depósito, além de trazer mais agilidade para as atividades e minimizar erros nas ações realizadas.

Com esse sistema, você pode acompanhar todo o caminho que determinado produto percorre em sua empresa, desde a entrada no estoque até o envio para o cliente. Isso dá mais clareza para seus processos e permite uma análise mais detalhada de possíveis gargalos no fluxo logístico, bem como quais mercadorias têm maior movimentação.

Por suas propriedades, é ideal para apoiar a gestão de logística e Supply Chain (cadeia de suprimentos), ainda mais se sua empresa trabalha com e-commerce, centros de distribuição ou demanda grande volume de envios de itens para os consumidores.

Segundo dados recentes, mais de 90% das empresas já utilizam algum sistema para gerenciamento de armazéns, sendo uma necessidade para todas as instituições que desejam se manter relevantes no mercado e oferecer bons serviços.

Como funciona o sistema WMS?

Agora, vamos tratar da parte mais prática desse sistema, entendendo melhor suas funcionalidades e o que você precisa para implementar na sua empresa.

O WMS tem sua primeira função ao registrar a entrada de produtos no estoque, com informações provenientes do sistema ERP. Esse processo é facilitado se o ERP estiver na nuvem, permitindo maior mobilidade e disponibilidade de informações, como o sistema ERP online que a Omie oferece.

Ainda, é possível inserir dados por meio de código de barras, QR Code ou outra ferramenta de rastreio que permita identificar o que é aquele produto. Por ser um sistema online, o WMS atualiza em tempo real as movimentações, bastando apenas a leitura desses códigos na entrada ou saída.

Após ser alimentado com informações importantes, como lote, data de validade, tipo de SKU etc., o WMS faz a categorização e organização dos produtos do seu estoque. Nesse momento, sua equipe deverá etiquetar e armazenar os itens nos devidos locais, com base nos dados já anotados.

Assim, é possível organizar as mercadorias da melhor forma para localização posterior, considerando vários fatores, como características específicas, itens semelhantes e até espaço físico disponível.

Além disso, o WMS pode apoiar outros processos na sua área logística, como veremos a seguir.

Integração automática de pedidos

Quando um cliente realiza um pedido para sua empresa, essa é a primeira de uma série de etapas que você precisará realizar até entregar o produto. Com o WMS, essas ações são automatizadas, diminuindo a chance de erros e aumentando a velocidade de processamento dos pedidos.

O WMS recebe as informações do ERP, já separa o produto no sistema (para que outro cliente não faça compra do mesmo item) e emite etiquetas para o envio, código de rastreio e demais informações para uso da transportadora.

Por categorizar os produtos, o sistema facilita o picking (separação e preparação do pedido), indicando onde estão, bem como a quantidade e situação da mercadoria. Com todas as informações devidamente impressas, é hora de fazer a gestão do envio dos produtos.

Gestão de distribuição

A depender da época do ano e do volume de pedidos que sua empresa recebe, pode ser difícil ordenar a distribuição dos produtos de forma ágil e certeira. O WMS apoia a separação dos pedidos, pois utiliza tecnologias específicas para facilitar esse processo, o que aumenta a velocidade de envio.

Em muitos casos, é possível despachar os produtos no mesmo dia que o pedido foi realizado. Com a rápida emissão de notas fiscais e etiquetas de envio, a organização da distribuição é facilitada, conseguindo mapear rapidamente os locais para onde cada item deve ser mandado.

Essa agilidade garante que os produtos sejam enviados logo, satisfazendo a urgência que os consumidores geralmente têm ao fazer uma compra. Isso tudo também facilita a gestão de quem conduz os itens e contar com um sistema para transportadora tornará os processos ainda mais fluidos

Planejamento logístico

O WMS integra todas as etapas da área de logística, trazendo uma visualização clara e completa de cada ação envolvida. Assim, os clientes podem acompanhar com mais detalhes o andamento do seu pedido e as empresas se beneficiam com a redução de erros e maior agilidade nas atividades.

Ainda, o sistema permite a emissão de relatórios, como a curva ABC, gerando maior clareza sobre a disponibilidade de itens no estoque. Além disso, evita que produtos sejam vendidos em duplicidade ou haja ofertas de mercadorias indisponíveis.

Ao visualizar a área logística como um todo, você poderá identificar etapas que estão com problemas ou potencializar ações que estão fluindo bem. Isso garante que seu inventário tenha maior assertividade e que fluxos possam ser criados ou alterados.

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 11

Vantagens do sistema para a empresa

Depois de entender o funcionamento do sistema, agora, vamos acompanhar os benefícios que cada aplicabilidade do WMS tem para a gestão.

Gerenciamento de estoque

Como todos os produtos são registrados no sistema, fica muito mais fácil saber sua disponibilidade e localização. Isso minimiza erros (produtos vendidos sem estoque), agiliza a separação dos pedidos e garante a efetividade entre os números no WMS e os produtos físicos.

Você tem mais confiança sobre os dados que analisa e pode tomar melhores ações, como compra de mais itens ou mudança de posição de certos tipos de produtos.

Economia de recursos

Muito ligado ao tópico anterior, o WMS permite que você economize em diversas etapas: desde evitar a compra de produtos sem necessidade até a redução de papel, etiquetas e embalagens utilizadas, pois o processo é todo otimizado.

Ainda, favorece a gestão do armazenamento, ao apresentar várias informações como tipo de embalagem, data de validade e número de lotes, permitindo ações para que nada se estrague ou se perca.

Com a agilidade da separação dos produtos e mais clareza da situação do estoque, você otimiza a área logística, potencializando os lucros e reduzindo os custos.

Melhor uso do espaço físico

É muito mais trabalhoso deixar em um local de difícil acesso um produto que tem muita saída, como também é complicado guardar mercadorias de tamanhos diferentes sem uma organização lógica.

Nesse sentido, o WMS permite uma utilização melhor do seu espaço físico, ao apontar os produtos com maior rotatividade, para que tenham fácil acesso, além de indicar os tamanhos das embalagens, facilitando a ordenação das caixas nos espaços disponíveis.

Assim, você pode até mesmo guardar mais itens no mesmo local ou deixar a área com maior liberdade de tráfego sem prejudicar o armazenamento das peças.

Maior produtividade

Seus colaboradores não precisarão ficar horas procurando algum produto no estoque porque saberão exatamente onde está. Com o WMS, a separação dos pedidos e organização dos itens fica mais ágil, facilitando o trabalho da sua equipe.

Com isso, mais produtos podem ser despachados em menor tempo e as ações repetitivas e manuais são reduzidas, gerando agilidade no trabalho do setor.

Atendimento de qualidade ao cliente

O WMS permite que seu cliente visualize com mais detalhes em que etapa seu pedido está, além de tornar mais fácil a identificação de qualquer erro que possa acontecer ao longo do processo de envio.

Assim, seu contato com o cliente é mais efetivo, pois você tem mais respostas a serem dadas e o consumidor tem mais segurança em saber o que está acontecendo com seu pedido.

Por fim, não podemos deixar de citar a maior precisão sobre os produtos disponíveis e até mesmo a data de entrega, já que o sistema oferece dados mais confiáveis.

Tenha uma gestão de logística mais eficiente

Para que uma empresa consiga atender rapidamente seus clientes, é fundamental ter uma visão clara sobre seu estoque, garantindo a qualidade da entrega dos pedidos. O sistema WMS permite esse gerenciamento do estoque e da área logística, sendo essencial para todas as empresas que lidam com pedidos e produtos.

Aqui, você descobriu como aumentar a eficiência da sua logística com base na definição do WMS e boas práticas de aplicação. Combine suas vantagens com um sistema ERP e comece a mudar seu negócio hoje mesmo.

No blog da Omie, tenha acesso a outras dezenas de conteúdos que apoiarão sua gestão empresarial e ajudarão você a se destacar no mercado.

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
A gestão de projetos pode ser a ponte para entregas de qualidade, com controle orçamentário e eficiência. Entenda como colocar
A importância da gestão comercial
Saiba mais sobre a gestão comercial, como ela funciona, sua importância e porque o seu negócio deve adotar essa prática.
o que é packing: mulher segurando caixa em esteira
Packing eficiente é a chave para melhorar suas entregas. Entenda como ele funciona na logística e veja como otimizar suas