Abrir conta PJ: saiba quais os documentos necessários

Saiba quais os documentos necessários para abrir sua conta PJ e ganhar destaque no mundo dos negócios.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Muitos empreendedores não sabem que em apenas alguns minutos é possível abrir conta PJ. Atualmente esse processo é fácil, rápido e feito pela internet, permitindo que você tenha um maior controle sobre os fluxos de caixa do seu negócio. Esse é um dos meios mais eficazes para construir uma boa gestão financeira.

A conta PJ nada mais é do que a conta do seu perfil profissional. É por ela que você vai receber os pagamentos via cartão de crédito, transferências, débito e pix. Você pode até iniciar seu negócio com uma conta física, mas, com o passar do tempo e de acordo com seu crescimento.

Uma conta PJ permite separar seus rendimentos, protegendo seu patrimônio e dando mais organização aos negócios. Além disso, é um meio de se valer de benefícios exclusivos para empreendedores, como empréstimos e negociação de dívidas.

Opte por abrir uma conta PJ no ato de abertura do CNPJ, para evitar possíveis problemas. Para saber como, confira um passo a passo completo para abrir uma conta PJ, aprendendo ainda as vantagens de bancos digitais. Boa leitura!

Passo a passo para abrir uma conta PJ

A primeira dica é a mais básica: abra a conta na modalidade de Pessoa Jurídica. Além de simples, é fácil encontrar diversas opções de bancos que atendam a essa necessidade comercial.

Isso te ajuda a se relacionar, de forma consistente e segura, com clientes e fornecedores, evitando futuras dores de cabeça. Lembre-se: sua conta de pessoa física não serve a esse propósito e uma nova deve ser criada.

Antes de tudo, é importante que você tenha um CNPJ. Para quem ainda está começando no mundo dos negócios, o CNPJ representa o seu “CPF” empresarial, ou seja, é o “CPF” da sua marca. Ele também levará o nome do negócio, mas não é uma regra. Você pode abrir um CNPJ no seu nome, desde que seja definido o tipo de serviço a ser prestado.

Passo 1: escolha um banco para abrir conta PJ

A escolha do banco é o primeiro e um dos passos mais importantes para começar sua PJ. Quase todos os bancos, digitais ou físicos, oferecem essa modalidade; alguns ainda disponibilizam benefícios exclusivos, portanto é necessário que você estude cada um deles, entenda a boa relação desse banco com o cliente, taxas de juros, preço de manutenção de conta e outros pontos.

Você deve buscar indicações e informações com colegas do ramo. Para isso, invista em networking e apoie outros profissionais com os conhecimentos que você possui. A construção da rede de apoio precisa ser ágil e firme, pois ela servirá como base em dificuldades futuras.

Aposte também com serviços especializados, como os oferecidos por contadores e outros profissionais da área contábil.

Saiba quais são suas prioridades a partir dos 5 tópicos a seguir:

  • Agilidade.
  • Segurança.
  • Tecnologia.
  • Facilidade.
  • Acessibilidade.

Bancos Digitais

Os bancos digitais chegaram para dominar os serviços financeiros e impulsionaram os bancos tradicionais, desafiando-os a fornecer um melhor atendimento via internet. Apesar de serem novos no mundo dos negócios e da gestão, os bancos digitais apresentam uma tecnologia de ponta e segura, além de fornecer um atendimento on-line mais preciso.

Uma das principais vantagens dos bancos digitais são os investimentos acessíveis, a baixa burocracia e a isenção de taxas.

Alguns exemplos de bancos digitais são:

  • Letsbank: destaca-se por ser um banco digital voltado e pensado para o empreendedor brasileiro de pequeno, médio e grandes negócios. As vantagens de escolher um banco totalmente voltado para essa modalidade pode ser uma boa opção.
  • Linker: também é um modelo de banco para quem empreende. Ele atende às necessidades exclusivas de uma conta PJ, fornecendo suportes necessários para você ter uma boa gestão dos lucros.
  • Neon: o banco Neon, apesar de não atender apenas a modalidade MEI, fornece suporte e abertura gratuitos de contas PJs. O banco oferece a opção de conta MEI e o processo é todo feito pela internet.
  • Inter: o banco Inter também é uma opção inteligente para novos empreendedores. A conta digital PJ desse banco é completa, sem excessos de burocracia e isenta de tarifas.
  • Nubank: o Nubank também oferece a opção de conta PJ sem burocracia, isenta de tarifas e de fácil vínculo com a conta física, favorecendo o processo de abertura.

Bancos tradicionais

Com a ascensão dos bancos digitais, os bancos tradicionais, que já são comuns em nossas vidas, intensificaram o atendimento humanizado e passaram a oferecer mais qualidade no processo. Os bancos tradicionais não são sinônimo de atraso. Pelo contrário, essa modalidade de banco também possui suas vantagens.

Ao contrário do bando digital, o banco tradicional possui uma opção preciosa: o atendimento presencial. Essa opção é uma vantagem para empreendedores que não se sentem seguros com transações e funcionalidades digitais, afinal você estará vinculado a uma agência e poderá resolver todos os problemas sentando e conversando fisicamente com um funcionário do banco.

Outra situação que pode acontecer com os bancos digitais e, nesse caso, o banco tradicional lidaria melhor, seriam as falhas de sistema. Com um sistema falho ou em manutenção, você fica impossibilitado de usar a conta, e isso pode ser um problema.

Alguns bancos tradicionais são:

  • Itaú: o Itaú é um banco versátil e oferece, para o empreendedor, algumas vantagens inteligentes, como o investimento do Itaú Empresas, no qual o acúmulo de reduções pode chegar a 100%. Com o Itaú Empresas, você também pode pagar seus funcionários de forma segura e eficiente.
  • Banco do Brasil: apesar de ser uma das instituições financeiras mais antigas do país, o BB é bastante moderno. Nele você pode abrir sua conta PJ totalmente on-line, como se fosse um banco digital. O BB também é um suporte para o pequeno negócio e conta com um sistema totalmente voltado para o empreendedor que acabou de começar.
  • Bradesco: para além de um banco, o Bradesco oferece soluções para o empreendedor. Possui um sistema digital e uma abertura de conta rápida e fácil.
  • Santander: com o Santander, você abre sua conta empresarial em segundos e de forma totalmente on-line, além de conseguir uma conta MEI e cartão de crédito com anuidade zero.

Passo 2: separe as documentações necessárias

Agora que você está prestes a ter uma conta PJ, é hora de separar a documentação necessária. E não se esqueça: você precisa levar (caso escolha um banco tradicional) os originais e as cópias. Entre os documentos mais exigidos, estão:

  • CNPJ regular e ativo;
  • Comprovante de endereço com menos de 90 dias;
  • Documento constitutivo registrado em órgão competente de acordo com a Natureza Jurídica da PJ (incluindo alterações, caso houver);
  • Comprovante de faturamento ou receita;
  • Carteira de Identidade;
  • CPF.

Esses são alguns dos documentos básicos que podem ser solicitados por qualquer banco para abertura de conta. Eventualmente, diferentes documentos podem ser solicitados. Fique atento e deixe tudo organizado para facilitar o processo.

Agora que você tem conta PJ, é hora de gerir o seu negócio!

Independentemente de qual banco escolher, não se esqueça de verificar se aquele banco possui proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Esse recurso protege clientes que dispõem de uma renda de até R$ 250 mil, garantindo que recebam seu dinheiro caso a instituição venha a sofrer problemas. Conhecer a história e a trajetória do banco também é uma opção válida.

Tendo considerado os pontos abordados, você já pode empreender com a segurança de uma boa gestão dos lucros. Para isso, tenha atenção ao melhor modo de gerir seu negócio. Gestão e empreendedorismo são sinônimos de sucesso.

Uma boa gestão começa com boas decisões

Neste texto, você conheceu um passo a passo para abrir uma conta PJ. Como MEI, você pode estudar possibilidades e encontrar o banco que mais se adéqua à realidade do negócio que está se iniciando. Da mesma forma, foram analisadas as vantagens e desvantagens de um banco digital e tradicional, além de dicas de instituições financeiras.

A Omie é referência no mercado de gestão empresarial e fornece qualidade, transparência e segurança para a sua empresa. Considere contar com um ERP, um Sistema de Gestão Integrada que vai alavancar seus processos empresariais, melhorar o fluxo de trabalho e que também permite abertura de contas digitais, entre outros serviços.

Saiba mais sobre esses e outros conteúdos no Blog Omie e receba novas informações. Acompanhe também nossa página no Instagram e fique por dentro!

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Notebook aberto em boleto bancário
Descubra como funciona o boleto bancário e como essa forma de pagamento traz vantagens para sua empresa
Gestão contábil
Descubra a importância da gestão contábil e benefícios para sua empresa. Saiba como implementar e aproveitar ao máximo!
risco sacado