Franquia de contabilidade: como funciona?

Uma maneira inteligente e prática de empreender no segmento contábil é através de franquias. Veja aqui como funciona!

22/Fev/2022
Contabilidade

Franquia é um modelo de negócios no qual uma empresa que já possui vasta experiência no segmento em que atua transfere esse conhecimento para outros empreendedores. No processo, a empresa, chamada franqueadora, autoriza o uso da sua marca, sua metodologia e sua experiência para os novos parceiros, os franqueados. Isso não é diferente quando falamos de uma franquia de contabilidade.

 

No Brasil, o formato de franquias é regulamentado pela lei 13.966, de 2019, que estabelece o funcionamento desse mercado. É frequente nos depararmos com o modelo de franquias quando vamos, por exemplo, a um shopping center. Ali, vemos lojas com fachadas de várias marcas conhecidas, que estão presentes em diversos outros shoppings, de diferentes cidades e estados. 

 

Na prática, muitas lojas que exploram uma certa marca têm proprietários diferentes e, naturalmente, CNPJs diferentes. Mesmo assim, todas operam de maneira unificada e harmônica, pois seguem um modelo de negócio padrão para todas, e isso serve também para franquias de tecnologia e contabilidade, sendo uma boa opção de investimento para você que já trabalha na área ou quer ter um negócio próprio. 

 

Acompanhe neste artigo como montar uma franquia para escritório de contabilidade e quais suas categorias. Veja também várias dicas de sucesso e tire suas dúvidas.

Características das franquias de contabilidade

As franquias de serviços de contabilidade oferecem diferentes características e propostas de valor, dependendo do franqueador.

           

Uma franquia contábil é um modelo de negócios no qual uma empresa já atuante no segmento de prestação de serviços contábeis se aproxima de um empreendedor que deseja abrir um escritório de contabilidade. A empresa franqueadora oferecerá possibilidades que podem cobrir aspectos como:

  1. Uso compartilhado da marca;
  2. Atuação conjunta na captação de clientes;
  3. Execução conjunta de serviços;
  4. Apoio e consultoria técnica;
  5. Transferência de tecnologia;
  6. Transferência de know how;
  7. Co-marketing.

Você precisa conhecer em detalhes as regras impostas para poder identificar quais vantagens o estabelecimento poderá trazer para seus planos, e quais desafios você enfrentará.

Quais serviços uma franquia de contabilidade pode oferecer aos clientes? 

O contrato de franquia prevê quais serviços o franqueado poderá oferecer a seus clientes. Em geral, a maioria deles cobre:

 

  • Serviços de contabilidade;
  • Serviços tributários e de escrituração fiscal;
  • Serviços de folha de pagamento.

Em alguns casos, o contrato ainda pode permitir ao franqueado que explore serviços diferenciados, como:

 

Como abrir uma franquia de contabilidade

Na hora de abrir uma franquia, muitas dúvidas passam na cabeça do empreendedor, como:

 

  • Será que tenho perfil?
  • Qual franquia eu escolho?
  • Quais serão os custos?
  • Não sei nada sobre franquia. Como me preparar?
  • Qual capital mínimo preciso ter para começar?

 

Vamos passar por alguns desses pontos para te ajudar a decidir se você tem perfil para ser um franqueado:

O passo a passo para abrir uma franquia de contabilidade 

 

Para responder esses questionamentos, é importante entender o passo a passo da abertura da empresa. Assim, você entenderá se esse tipo de negócio se encaixa no seu perfil. Vamos passar pelos seis principais pontos:

  1. Encontrar um franqueador e conhecer mais sobre os seus princípios. Ou seja, entender se a maneira como ele se posiciona no mercado e o que ele oferece aos clientes estão em sintonia com o que você deseja para o seu negócio de contabilidade.

 

  1. Compreender aspectos operacionais específicos, por exemplo:
  • Quais serviços o franqueado poderá oferecer?
  • Que apoio de marketing e vendas o franqueador oferece?
  • Quais os métodos para execução desses serviços?
  • Que treinamentos o franqueador oferece?
  • Como funcionará o suporte ao franqueado?
  • Como será a relação financeira entre franqueador e franqueado? Quais os custos para adesão, os custos mensais de royalties e outros, que estejam envolvidos?
  • Quem será responsável pela titularidade dos contratos com os clientes finais? Ou seja, quem irá assinar os documentos?
  • Quais os direitos e obrigações previstos para franqueador e franqueado?
  • Qual a duração do contrato?
  • Qual a regionalidade e territorialidade do contrato?

 

  1. Converse com outros franqueados e obtenha depoimentos sobre a franquia.

 

  1. Analise com cuidado a Circular de Oferta de Franquias (COF). Elimine todas as suas dúvidas, e, se preciso, consulte um advogado.

 

  1. Peça ajuda ao franqueador para montar o seu plano de negócios, com um cronograma financeiro e estudos de viabilidade.

 

  1. Se tudo estiver certo, assine o contrato e mãos à obra. 

Como ter sucesso em sua franquia?

Um aspecto importante para o sucesso do franqueado é o apoio do franqueador. No entanto, certamente a dedicação e o preparo do franqueado será fundamental. Prepare-se muito bem para:

  • Definir qual tipo de cliente você deseja atrair para sua franquia;
  • Investir em treinamento e atualização da sua equipe constantemente;
  • Definir indicadores-chave de performance e acompanhe-os sempre;
  • Executar o ciclo PDCA — Planejar, Executar, Checar e Agir;
  • Cuidar da qualidade do atendimento aos seus clientes.

Vantagens de empreender em uma franquia

Além de contar com a experiência e marca do franqueador, as franquias trazem como vantagens como:

 

  • Atualização constante e compartilhamento de conhecimento;
  • Suporte operacional ao franqueado;
  • Suporte de marketing e comercial;
  • Métodos de controle e gestão da sua unidade;
  • Negociação coletiva com fornecedores;
  • Fortalecimento de marca e imagem;
  • Investimento coletivo em tecnologia, inovação e aprimoramento.

De quem são os clientes numa franquia de contabilidade? 

Este é um aspecto que merece especial atenção. Nos modelos de franquia tradicional, os clientes são do franqueado que, ao possuir CNPJ próprio para seu escritório contábil, formaliza contrato de prestação de serviços contábeis diretamente com seus clientes.

Em paralelo, se estabelece um contrato de franquia com o franqueador de contabilidade, para ter o apoio deste. Nesse modelo, o franqueado tradicional paga royalties ao franqueador.

 

Existe no Brasil o modelo de credenciamento de contadores por redes de contabilidade. Neles, o contador credenciado não é o titular do contrato com o cliente final. Nesse caso, o contador credenciado atua como uma espécie de representante do franqueador, trazendo clientes para ele. 

 

Sendo assim, a remuneração se inverte. Ou seja, o franqueador paga uma remuneração ao contador credenciado para os clientes que trouxer. A execução dos serviços também se inverte, e nesse modelo o franqueador é quem executa os serviços vendidos ao cliente final.

Já tenho meu escritório contábil. Posso me tornar um franqueado?


O modelo de franquia para escritório de contabilidade pode ser também útil para escritórios contábeis já existentes. Se você sofre de algum dos sintomas abaixo, pode valer a pena entender um pouco mais sobre como um franqueador de contabilidade pode te ajudar:

 

  • Dificuldade de captar novos clientes;
  • Baixa produtividade;
  • Elevado custo operacional;
  • Falta de controles internos consistentes;
  • Dificuldade de implementar novas tecnologias;
  • Gap de habilidades na equipe;
  • Perda de clientes por disputa por preço;
  • Falta de tempo para planejar a estratégia do seu negócio,
  • Ausência de novos serviços para oferecer aos clientes.

Esses sintomas indicam que seu escritório contábil está passando por um momento que exige revisão do modelo de negócios. Vale a pena ouvir um franqueador sobre como ele pode te ajudar.

 

No caso de escritórios contábeis pré-existentes, é preciso uma atenção especial para a adaptação ao novo modelo. O franqueador trará novas práticas e regras, que a médio prazo trarão benefícios a você, mas que no início podem ser desgastantes e difíceis de serem postas em prática. Discuta isso com o franqueador antes de embarcar nessa transição.

 

Há também o modelo de rede credenciada. Nele, você pode manter a marca do seu escritório contábil em conjunto com a do franqueador. Você já deve ter visto na sua cidade alguma escola que se uniu a uma rede credenciada. Por exemplo, um suposto Colégio São Paulo que utiliza o método Anglo ou Objetivo. 

 

Isso indica que, mesmo mantendo a marca própria, aquele colégio utiliza uma metodologia franqueada por alguma dessas marcas. Existem franquias de contabilidade que permitem essa forma de operação.

Quais os benefícios oferecidos pela franqueadora? 

Existem no Brasil alguns diferentes modelos de franquia para escritório de contabilidade e os benefícios oferecidos variam para cada modelo. Veja abaixo:

 

  • Franquia tradicional: conforme a nova Lei de Franquias (lei 13.966, de 2019) , a franquia é uma relação contratual onde há cessão de direitos de distribuição dos serviços, exigindo exclusividade ou não. Ao franqueado, é permitido usar sistemas operacionais e métodos de implantação da franquia contratada. 

A franqueadora dita as regras de uso da marca, realiza treinamentos e estabelece meios de remuneração direta ou indireta e demais condições e regras de relação entre as partes. 

A execução dos serviços é de responsabilidade exclusiva do franqueado. É necessário ter uma equipe mínima de funcionários estipulada pelo franqueado. Possui um alto valor de aporte inicial, não sendo acessível para a maioria dos empreendedores que estão começando.

  • Microfranquia: esse modelo permite um retorno mais rápido dos investimentos, menor custo operacional e não exige um espaço físico de funcionamento, podendo ser operada no endereço residencial (home office). São categorizadas microfranquias os modelos que possuem investimento inicial entre R$ 25 mil e R$ 80 mil. Pode ser administrada pelo franqueado, sem funcionários.

 

  • Nano franquia: é um formato de franquia com investimento inicial de até R$ 25 mil, incluindo todos os custos e taxas. Assim como a microfranquia, não necessita ter um ponto comercial e também não há obrigação de funcionários para se manter. 

No aspecto de legislação, a relação entre franqueados e franqueadores obedece às mesmas regras da microfranquia e da franquia tradicional. Um diferencial é a execução conjunta de serviços entre franqueados e franqueadores. O baixo custo, o retorno mais rápido, a facilidade de gestão e praticidade de instalação fazem com que esse modelo seja um dos mais procurados.

  • Credenciamento de contadores: é um modelo diferente de franquia, onde o contador capta os clientes para uma rede de escritórios de contabilidade, atuando como uma espécie de representante comercial, sem ser titular do contrato de franquia.

Em comum entre os modelos de franquia para escritório de publicidade, estão as seguintes características: uso da marca do franqueador, atuação conjunta na captação de clientes, apoio e consultoria técnica e co-marketing. 

 

Sobre as exclusões, as nano franquias e o modelo de credenciamento de contadores não oferecem treinamento para equipes, nem transferência de tecnologia e know-how. Já as franquias tradicionais e microfranquias não oferecem execução conjunta de serviços.

Associação Brasileira de Franquias

O mercado de franquias, além do controle instituído pela lei, também é autorregulado. A  Associação Brasileira de Franquias (ABF) é o órgão privado que acompanha as franqueadoras, monitorando e acompanhando o comportamento do setor e aumentando a segurança. Assim, uma boa prática é consultar a ABF antes de fazer negócio com qualquer franqueador.

Conheça o modelo de franquia da Omie!

Você, contador, que deseja ter uma franquia para escritórios de contabilidade contabilidade, conheça o Omie. Sendo um franqueado Omie, você conta com um exclusivo software ERP (Enterprise Resource Planning) que vai trazer mais integração a todas as áreas da sua empresa, tendo todas as informações em único sistema.

 

Com a franquia de contabilidade Omie, é possível automatizar tarefas rotineiras que levam tempo, integrando processos e informações. Assim você, contador, pode se dedicar mais nas funções estratégicas do seu negócio e na qualidade de atendimento aos seus clientes. Além disso, ainda conta com nossos treinamentos e suporte rápido na resolução de problemas.  

 

Nosso modelo de franquia tem duas opções: franquia tradicional ou microfranquia, para atender à sua possibilidade de investimento financeiro. É também isento de royalties e pode ser personalizada, conforme as necessidades de seus clientes.

 

A franquia de contabilidade Omie tem tudo isso e muito mais. Fale com um de nossos especialistas e venha construir junto conosco uma história de sucesso! 





Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas