O que fazer com estoque parado e como evitar essa situação?

Evite prejuízos com estoque parado na sua empresa e conheça os benefícios de ter um sistema ERP para gestão do seu estoque

02/Ago/2022
Empreendedorismo

Estoque parado é dinheiro estocado e pode causar muitos prejuízos ao empreendedor. Um estoque cheio pode levar ao endividamento da empresa, além de influenciar no capital de giro e na capacidade de investimentos em outras áreas estratégicas. 

É preciso analisar a realidade do seu negócio para calcular o estoque de segurança. Assim, você não terá excesso ou falta de produtos, e sim a quantidade necessária. 

Aqui, você entenderá o que é o estoque parado e quais as consequências negativas para o seu negócio. Ainda, aprenderá a evitar essa situação, o que é controle de estoque e para que serve. Por fim, verá dicas de como vender esses produtos estocados para melhorar o retorno dos investimentos.

Continue lendo este artigo para ter mais tranquilidade na gestão do estoque da sua empresa. Boa leitura!

Afinal, o que é estoque parado?

O estoque parado ou lotado é o excesso de produtos armazenados em um local físico aguardando a concretização das vendas, sem planejamento e estratégia. Em outras palavras, são produtos que não foram vendidos e que ocupam espaço no estoque.

Um exemplo é não fazer o controle do prazo de validade de produtos perecíveis, ter um acúmulo de itens vencidos e precisar lançar mão do descarte. Portanto, jogar dinheiro no lixo. Outra situação seria não se atentar a produtos sazonais, que são vendidos somente em uma época do ano, e ter grande quantidade desse tipo de produto armazenado.

Produtos que envolvam necessidades ou desejos de consumidores de acordo com a sazonalidade, como roupas, acessórios, alimentos e qualquer outro item típico de datas comemorativas, como Páscoa, Natal, Dia dos Namorados, ou até as tendências de estações do ano, sempre correm o risco de serem acumulados. 

Para evitar prejuízos, é importante ter uma gestão eficiente e estratégica do seu estoque de produtos.

Entenda como o estoque parado prejudica as empresas

Muitas empresas chegam a fazer empréstimos para cobrir os custos do estoque cheio de produtos não vendidos. Nesse caso, não há uma gestão desse processo, o que gera despesas e prejuízos desnecessários.

Agora que você percebeu como o estoque parado é ruim para seus negócios, veja a seguir quais são os impactos negativos que um estoque parado pode causar.

Gastos com manutenção de estoque

Manter um estoque parado demanda alto custo para sua manutenção: espaço físico, aluguel, energia, funcionários, equipamentos e até refrigeração, dependendo do produto. Ainda, dependendo da empresa, é necessária a ampliação do local onde estão armazenados os produtos, o que gera nova despesa e mais investimentos. 

Trata-se de um recurso que poderia ser aplicado em outros setores que geram lucro. Uma boa gestão de estoque evitaria esse transtorno.

Baixa liquidez

A baixa liquidez é melhor traduzida como giro de estoque, ou seja, o estoque parado não permite o equilíbrio entre entrada e saída de produtos. Logo, o investimento em produtos não é recuperado por não ocorrer a venda deles.

Suponha que você investiu muito em estoque de celulares, um item que tem um alto percentual de defasagem. O setor de tecnologia é muito dinâmico e esses produtos podem ficar ultrapassados muito antes de achar os compradores. Um estoque lotado de celulares pode resultar em um prejuízo enorme, caso não seja vendido em tempo hábil.

Ocupar espaço sem necessidade

Um estoque cheio ocupa muito espaço físico, o que não é uma boa estratégia. Não é fácil achar espaços comerciais para armazenamento de produtos do tamanho adequado. Além disso, a despesa de manutenção é alta e afeta o fluxo de caixa do seu negócio.

Se você aluga um espaço para um estoque que não gira, está deixando de alocar recursos na divulgação dos seus produtos, por exemplo. Você tem que refletir sobre qual investimento lhe trará maior lucratividade e não gastar tanto em produtos parados.

Perda de produtos

Cosméticos, alimentos, remédios, itens de limpeza e outros produtos com data de validade precisam ter seu estoque controlado com mais rigor. Imagine a infelicidade de ter que jogar fora toneladas de mercadorias porque não fez a correta gestão do estoque da sua empresa.

Para evitar arrependimentos e prejuízos, é bem melhor ter um estoque mínimo desse tipo de produto. Se houver um aumento do volume de vendas, aumente proporcionalmente o estoque. Mas essa decisão deve ser bem analisada, conforme o relatório de resultados do seu negócio.

Endividamento

Outra situação complicada é o endividamento da empresa por manter o estoque parado. Como o custo de manutenção é alto, é comum ver empresários realizarem empréstimos para cobrir as despesas.

É um caminho tortuoso, que pode não ter volta. Isso porque, a dívida pode ser tão alta, que é renovada constantemente, pois a empresa não gera resultados suficientes para quitar o débito.

Como evitar o estoque parado?

Temos uma boa notícia: existem técnicas para evitar o estoque parado. Planejar, executar, controlar e corrigir o que for necessário são os passos essenciais. Acompanhe as dicas que preparamos para auxiliar você na gestão do seu estoque de forma eficiente.

Esteja sempre informado sobre o mercado em que atua

Um aspecto importantíssimo é você conhecer bem o mercado em que sua empresa atua. Pesquise sobre a realidade municipal, estadual, nacional e mundial para saber sobre todos os fatores que podem interferir no seu negócio.

Conheça também seus concorrentes e as pesquisas feitas por associações de empresas do mesmo ramo. Busque estar antenado com as previsões de mercado para manter a saúde da sua empresa com um estoque em volume adequado.

Identifique seu público-alvo

Conheça bem seu público-alvo, suas necessidades e desejos. Inclusive, o que não é bem aceito por esse público. Saiba quais são seus hábitos, preferências e perfil de consumo. Isso vai ajudar a fazer o planejamento assertivo dos investimentos em estoque de produtos.

Estude o desempenho do seu produto no mercado

Acompanhe como seu produto é visto no mercado consumidor. Ele é bem aceito ou deixado de lado?

Essas informações você terá fazendo pesquisas com seus clientes atuais. Pode ser por e-mail, WhatsApp ou até em conversas informais com sua equipe de vendas. Avaliar seu pós-venda e o motivo da desistência de compras vai te ajudar a planejar melhor o seu estoque e minimizar prejuízos.

Aprimore a gestão da sua empresa

Um sistema ERP de gestão é uma solução que vai facilitar a gestão do seu estoque com a automatização de processos e otimização do tempo em atividades rotineiras.

Assim, toda a análise e controle do estoque serão realizados pelo software para evitar estoque parado e dar mais tranquilidade para a gestão financeira da sua empresa.

Com o sistema Omie ERP fica muito mais fácil fazer a gestão do estoque. Além de controlar a quantidade dos produtos e evitar o estoque parado, ele é integrado ao faturamento, contabilidade, vendas e e-commerce.

A nota fiscal é emitida automaticamente, assim que a venda é finalizada e o produto tem a saída registrada do estoque. Desse modo, é possível fazer o controle de excesso de produtos ou de falta para providenciar a compra estratégica de reabastecimento do estoque. Teste grátis por 7 dias e veja os benefícios na sua empresa!

Como vender o estoque parado?

Até aqui, você aprendeu como evitar o estoque cheio, mas se seu estoque já está na situação crítica de excesso de produtos parados, ainda existem alternativas. Confira dicas de como vender estoque parado e minimizar os danos ao faturamento da sua empresa a seguir.

Analise seu estoque

Ter um inventário do seu estoque é importante para ajudar na análise dos produtos para uma gestão adequada. O inventário é um levantamento das entradas e saídas, dos produtos mais e menos vendidos, data de validade e outras informações relevantes.

Com esse controle, é possível saber o motivo de ter gerado um estoque parado e avaliar o comportamento de consumo dos clientes. Saber a razão do consumidor comprar um produto em detrimento de outros vai orientar suas decisões de reposição e manutenção do estoque.

Converse com seus fornecedores

Ter uma boa relação com seus fornecedores é de grande ajuda para a gestão do estoque parado. Assim, você pode negociar a devolução de algumas mercadorias não vendidas ou a troca por outros produtos de maior procura por seus clientes.

A negociação vai depender da flexibilidade e do relacionamento da sua empresa com os fornecedores.

Identifique o interesse dos seus clientes

Depois de analisar seu estoque, você pode avaliar o comportamento de compra dos seus clientes.

Verifique os meses de maior consumo e quais os produtos mais procurados. Busque identificar produtos que possam atender às necessidades dos seus clientes, mas que só não são vendidos por não serem ofertados.

Esse é o momento de fazer ofertas ou até ser oferecido como brinde em uma compra de valor determinado para diminuir seu estoque.

Faça promoções

Promoções são a estratégia mais simples para diminuir o estoque lotado. Pense em algo do tipo “compre 3 e pague 2” do mesmo produto. Ainda, dentro de uma cesta de produtos determinados, o valor final tem um desconto.

Há inúmeras maneiras de oferecer desconto para vender o produto parado no estoque. Verifique no seu planejamento financeiro o que é possível realizar.

Deixe a Omie te ajudar na gestão estratégica da sua empresa

‍Depois de tantas dicas, ficou mais fácil planejar e executar a gestão do estoque parado. O melhor a se fazer é evitar prejuízos, começar a controlar o armazenamento de seus produtos e não gerar um estoque lotado.

Nessa missão, conte com a Omie! Além do nosso sistema ERP de gestão que facilita a gestão do seu estoque, temos o blog da Omie com assuntos super atualizados. Acesse agora e aprenda sobre muitos outros conteúdos para aplicar no seu negócio e ter resultados melhores.

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas