Aprenda como fazer a consulta do CNAE e classificar sua empresa

Descubra o que é o CNAE e como fazer a consulta. Tire todas as suas dúvidas agora!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Já se perguntou sobre o significado de CNAE e como identificar a classificação específica para a sua empresa? 

Se está familiarizado com as obrigações tributárias de empreendedores, com certeza já se deparou com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE).

Ao desempenhar um papel fundamental no setor de impostos, é a chave para o recolhimento destes e no apoio a órgãos públicos na manutenção das leis fiscais. 

Descubra como consultar a CNAE e classificar sua empresa corretamente a seguir!

O que é CNAE?

A Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) é um código fundamental para identificar as atividades de uma empresa, delimitando o setor em que atua. 

Essa padronização, desenvolvida pela Divisão de Estatísticas da ONU, tem como objetivo uniformizar a identificação de empresas em todo o Brasil.

Vale ressaltar que essa classificação engloba diversas atividades, permitindo que seu negócio tenha mais de um código CNAE, embora apenas um seja considerado principal. 

Para que serve o CNAE de uma empresa?

O CNAE tem diversas utilidades, e uma delas é a padronização. Ao uniformizar a identificação das empresas no Brasil, facilita a comunicação entre diferentes órgãos governamentais e instituições, além de fornecer informações precisas sobre a economia.

Além disso, por meio dos códigos fornecidos pelo CNAE, você poderá emitir a maioria de suas notas fiscais. Cada atividade econômica tem um código específico, e é com ele que as empresas emitem notas.

É importante ressaltar que uma empresa pode ter mais de um código CNAE, mas apenas um é considerado o principal, sendo utilizado para a emissão da maioria das notas fiscais.

Como o CNAE impacta o desempenho da sua empresa?

O CNAE, ou Classificação Nacional de Atividades Econômicas, é uma ferramenta essencial para os negócios por alguns motivos importantes:

  • Maior alcance: engloba todas as empresas, sejam elas públicas ou privadas, que prestam serviços ou oferecem produtos no Brasil. Além disso, o CNAE MEI, ou seja, para microempreendedores individuais, também é válido e pode ser utilizado.
  • Enquadramento de impostos: permite o registro do enquadramento tributário da sua empresa. Isso é bastante útil, pois reduz burocracias e garante a conformidade fiscal. Com o código CNAE correto, você evita problemas com a Receita Federal.
  • Classificação correta: classifica sua empresa conforme a atividade que exerce. Assim, evita irregularidades e pagamentos de impostos desnecessários. 

Diferenças entre CAE e CNAE

É comum que as siglas CAE e CNAE causem confusão, mas elas têm propósitos diferentes e abrangem modelos distintos de organização.

O CNAE é utilizado para padronizar as atividades econômicas de empresas. Sua principal função é classificar e medir as atividades comerciais no Brasil. 

Serve como base para sistemas de tributação e administração nacionais, auxiliando na organização e categorização das empresas de acordo com suas atividades.

Por outro lado, o CAE, Cadastro de Atividade Econômica, é administrado pela Comissão Nacional de Classificação (Concla) e usado para licenciar atividades tanto de pessoas jurídicas quanto de pessoas físicas. 

O CAE abrange uma variedade de operações financeiras e tem um escopo mais amplo que o CNAE.

Enquanto o CNAE se concentra na classificação e mensuração das atividades comerciais, auxiliando em questões fiscais, o CAE serve como um registro para diversas atividades econômicas.

Como saber qual é o meu CNAE?

Como mencionado, o CNAE desempenha um papel especial na economia do Brasil e é obrigatório para todos os negócios. Por isso, você deve saber como realizar sua consulta. Descubra agora o passo a passo para realizar essa tarefa essencial.

Como fazer consulta do CNAE

  • Faça a classificação do seu negócio: primeiramente, classifique qual a área do seu negócio. Conte com a assistência de um contador para ajudar a identificar a melhor opção para o seu empreendimento.
  • Consulte a tabela de CNAE: realize a consulta CNAE para identificar a classificação correta para a sua empresa. Acesse o CNAE-Fiscal, uma tabela numerada que apresenta a classificação primária e, em alguns casos, a secundária da atividade do seu negócio.
  • Identifique a atividade principal e secundária: após consultar a tabela, identifique a atividade principal da sua empresa, que impacta diretamente nos impostos e obrigações fiscais. Considere também as atividades secundárias, se houver, para ter uma visão completa das operações da empresa.

Como escolher a CNAE para sua empresa

Escolher a CNAE para sua empresa é super importante, porque afeta diretamente os impostos e as regras que você precisa seguir. 

Primeiro, entenda bem o que sua empresa faz. É legal contar com a ajuda de um contador, que vai te ajudar a escolher a classificação certa, considerando o que sua empresa faz de verdade.

Ao consultar a tabela de CNAE, foque na atividade principal, aquela que melhor representa o que sua empresa faz todos os dias. Essa escolha não só define como você paga impostos, mas também questões tributárias. 

Com o tempo, é natural que sua empresa passe por mudanças, podendo afetar a atividade principal. Se necessário, altere a CNAE de acordo com essas modificações.

Cuidados ao escolher a atividade econômica

Primeiro, analise bem as opções disponíveis e veja qual se encaixa melhor com o seu negócio. Veja também se a atividade que você escolher tem demanda no mercado e se há potencial de crescimento. 

Não se esqueça das exigências legais, como licenças e autorizações específicas para cada atividade. É essencial estar em dia com essas questões! 

Por último, é uma boa ideia conversar com um contador ou especialista em CNAE para ter certeza de que você está fazendo a escolha certa e se enquadra corretamente no sistema tributário. 

Com esses cuidados, você vai construir uma base sólida para o seu negócio e evitar problemas legislativos.

Impulsione seu negócio em uma única plataforma

O CNAE é um sistema que indica as diferentes atividades econômicas de uma empresa. Portanto, é importante escolher a classificação correta para o seu negócio. 

Uma ferramenta indispensável nesse processo é um sistema ERP, como o da Omie, que ajuda na gestão financeira e no crescimento da empresa. 

Descubra como a Omie pode ser o impulso para o sucesso e a prosperidade do seu negócio através de uma visão completa e otimizada do seu empreendimento!

Banner CTA

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Notebook aberto em boleto bancário
Descubra como funciona o boleto bancário e como essa forma de pagamento traz vantagens para sua empresa
Gestão contábil
Descubra a importância da gestão contábil e benefícios para sua empresa. Saiba como implementar e aproveitar ao máximo!
risco sacado