Cobertura de estoque: o que é e como calcular?

Entenda o que é cobertura de estoque e como calcular esse importante indicador para ter uma boa gestão de estoques.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Para manter a competitividade no mercado, as empresas precisam garantir sempre a qualidade de seu produto. Mas, além disso, é essencial que o produto esteja sempre disponível em estoque para oferecer a melhor experiência ao cliente. E um dos indicadores fundamentais para isso é a cobertura de estoque.

Se quiser saber mais sobre o que é cobertura de estoque, sua importância para uma empresa e como calcular esse indicador, continue lendo este artigo. Reunimos dicas exclusivas para você garantir uma boa cobertura de estoque. Boa leitura! 

O que é cobertura de estoque?

Trata-se de um indicador usado para medir quanto tempo uma empresa pode continuar vendendo seus produtos com base em seu nível atual de estoque. Em outras palavras, a cobertura de estoque indica quanto tempo uma empresa pode operar sem que precise pausar vendas por falta de produtos. 

Essa métrica é importante para garantir que uma empresa tenha estoque suficiente, ou estoque de segurança, como também é chamado, para atender à demanda dos clientes, sem ter produtos em excesso – o que pode levar a custos desnecessários de armazenamento. 

Qual é a importância da cobertura de estoque para uma empresa?

A cobertura de estoque é uma métrica importante para que as empresas consigam gerenciar melhor seus níveis de armazenamento e garante que tenham sempre produtos suficientes para atender à demanda dos clientes. 

Dentre as inúmeras vantagens que essa prática garante, pode-se destacar:

Melhor gerenciamento de estoque

Ajuda as empresas a entenderem quanto estoque têm disponível e quanto tempo ele pode durar. Isso permite que as lojas consigam prever quando precisarão pedir e repor os produtos, evitando situações extremas, como o excesso ou falta de estoque.

Redução de custos

Não conseguir prever e comprar mais produtos do que o necessário gera excesso de estoque e pode levar a custos desnecessários de armazenamento. Por outro lado, ficar sem estoque pode levar à perda de vendas e insatisfação dos clientes. Com a cobertura de estoque adequada, as empresas podem reduzir esses custos e otimizar seus lucros, garantindo sempre uma experiência de qualidade e sua margem de lucro. 

Planejamento de vendas

A cobertura de estoque permite que as empresas façam um planejamento de vendas mais preciso e eficiente. Com base na cobertura de estoque atual, as lojas conseguem ajustar sua estratégia para garantir que estejam atendendo de forma eficaz à demanda dos clientes.

Experiência ao cliente

Com a cobertura de estoque adequada, as empresas podem garantir que sempre tenham produtos disponíveis para atender às necessidades dos seus clientes. Isso leva a uma melhor satisfação com sua loja, ajudando a construir uma base de clientes que podem indicá-la para outras pessoas.

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Qual a diferença entre cobertura de estoque e giro de estoque?

A cobertura de estoque e o giro de estoque são duas métricas distintas que são usadas pelas empresas para avaliar o desempenho e gerenciamento de estoque.

Nesse sentido, a cobertura de estoque é usada para avaliar por quanto tempo uma empresa pode continuar vendendo seus produtos com base em seu estoque atual. Ela é calculada dividindo o nível de estoque pelo volume médio de vendas por um período específico, por exemplo, dias, semanas ou meses. 

Já o giro de estoque é usado para avaliar a eficiência com que uma empresa gerencia seu estoque. Ele é calculado dividindo o custo dos bens vendidos pelo valor médio do estoque. Em outras palavras, indica quantas vezes uma empresa vendeu e repôs seu estoque em um período específico. 

Portanto, a cobertura de estoque indica quanto tempo uma empresa pode continuar vendendo seus produtos sem precisar repor o estoque, enquanto o giro de estoque é uma forma de acompanhar o fluxo do estoque.

Como calcular a cobertura de estoque? 

Para calcular a cobertura de estoque de uma loja é necessário seguir alguns passos: 

  • Escolha um período específico para calcular a cobertura de estoque, por exemplo, dias, semanas ou meses; 
  • Determine o nível de estoque da empresa no final do tempo escolhido;
  • Mapeie o volume de vendas da empresa durante o período escolhido. Isso pode ser calculado dividindo-se o número total de vendas dentro do período escolhido. 

Tamanho do estoque / Média de vendas = Cobertura de estoque

Assim, se uma loja tem um estoque de 200 pares de sapato e vende, em média, 10 pares por dia, a cobertura de estoque seria de 20 dias (Cobertura de estoque = 200 / 10 = 20 dias).

Desse modo, a loja consegue operar com o estoque atual por 20 dias, após isso, precisará repor. É importante lembrar que a cobertura de estoque é uma métrica importante para auxiliar na saúde financeira da empresa e ajudar no gerenciamento.

O que fazer para ter uma boa cobertura de estoque?

Uma boa cobertura de estoque é essencial para o sucesso de uma empresa, pois garante que a loja terá produtos disponíveis para atender à demanda dos clientes sem causar nenhum desconforto na experiência de compra. Confira as práticas que não podem faltar.

Planejamento de estoque

O planejamento de estoque é uma das etapas fundamentais, pois permite que as empresas planejem com antecedência a quantidade necessária de produtos para atender aos pedidos. Isso pode ser feito por meio do histórico do seu negócio, previsões de vendas e análise de tendências. 

Definir metas de estoque 

Definir metas de estoque ajuda a garantir que haja um nível adequado de produtos disponíveis para atender à demanda. Isso pode ser feito com base em fatores como a sazonalidade do negócio, as tendências do mercado e o histórico de vendas.

Monitorar o estoque regularmente 

O monitoramento de estoque precisa ser um processo regular, para que as empresas consigam acompanhar o movimento de entrada e saída de seus produtos, identificar itens com baixa rotatividade e ajustar a quantidade de estoque conforme necessário. 

Isso pode ser feito manualmente, por meio de uma checagem periódica manual, ou com a ajuda de sistemas automatizados de rastreamento de estoque, como códigos de barras e etiquetas.

Ferramentas de gerenciamento de estoque

Existem várias ferramentas de gerenciamento de estoque disponíveis que podem ajudar a manter um controle preciso do estoque, incluindo sistemas de rastreamento de inventário e softwares de planejamento de estoque. 

Realizar ajustes 

Por fim, como todo processo em empresas, os resultados devem ser analisados e servir de aprendizagem. Assim, é importante realizar ajustes no planejamento de estoque conforme necessário com base na demanda da sua loja, além de acompanhar mudanças no mercado. 

banner cta empreendedor

Garanta a disponibilidade dos seus produtos

A cobertura de estoque é um indicador importante para as empresas controlarem os níveis de estoque e garantirem a melhor experiência para o cliente, além de maximizar os resultados. Esse processo é complexo, mas é essencial para garantir o sucesso do negócio.  

Para facilitar, há ferramentas de gerenciamento de estoque que são eficientes e eficazes, como o sistema ERP da Omie, que oferece funcionalidades para controle de estoque, previsão de demanda e planejamento de compras. Acesse e experimente grátis!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
estoquistas vendo dicas de controle de estoque
Como fazer o controle de estoque para sua empresa de forma objetiva, eficiente e os principais cuidados que você deve
Impostos sobre Produtos Importados: TAX
Desvende os segredos dos impostos sobre produtos importados e aprenda a calcular de forma simplificada.
OTIF: gestão de logística.
Conheça indicador que promove economia e eficácia