Como aplicar os 4Ps do marketing?

Entenda como os 4Ps do marketing ajudam na divulgação e criação de produtos e serviços de forma simples e eficiente.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Por melhor que seja um produto ou serviço, sem uma boa estratégia de marketing, seu potencial de alcançar mais clientes fica limitado, sobretudo em meio a um mercado cada vez mais crescente e competitivo. Nesse cenário, aplicar os 4Ps do marketing (Preço; Praça; Produto e Promoção) é uma das melhores estratégias que podem gerar resultados consideráveis para sua empresa.

A estratégia dos 4Ps é ampla e envolve os principais fatores para que determinado produto seja divulgado com qualidade, eficiência e de forma otimizada. A soma de todos esses pontos gera resultados positivos para a gestão, trazendo uma visão mais clara do que deve ser feito.

Para esclarecer como aplicar os 4Ps do marketing na sua empresa, estruturar um projeto de forma consistente e alavancar seus negócios, leia este conteúdo. Nele você encontrará a definição de 4ps do marketing, metodologias e boas práticas que vão revolucionar sua atuação hoje mesmo.

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 41

O que são os 4 Ps do marketing?

Os 4Ps do marketing são uma estratégia mercadológica que analisa o produto a ser divulgado e o cenário em que ele se encontra, a fim de garantir um alcance maior gerando bons resultados para a empresa.

Cada P envolve um aspecto a ser estruturado: Preço, Produto, Praça e Promoção. Embora sua origem remeta à década de 1960, ainda hoje é amplamente utilizada e eficiente, mesmo com as mudanças do mercado e independente do tamanho da empresa.

Conhecendo melhor o que são os 4 Ps do marketing, o próximo passo é entender sua aplicabilidade. Antes disso, trataremos da importância de desenvolver essa estratégia, que ajudará a empresa a alcançar seus objetivos com mais qualidade e eficiência.

Um dos primeiros pontos é que os 4Ps de marketing ajudam a empresa a se posicionar perante seu público-alvo. Afinal, não é possível falar com todas as pessoas ao mesmo tempo. Cada uma possui diferentes necessidades e objetivos e, da mesma forma, diferentes produtos (ou serviços) conseguem atender demandas particulares.

Os 4Ps marcam o posicionamento que a empresa possui, atraindo potenciais clientes e facilitando seu contato e relacionamento com a instituição. Isso se dá por meio da valorização das entregas e do aprofundamento na relação de troca entre o consumidor e a marca.

Outro aspecto muito importante é que as estratégias criadas passam a ser mais integradas, tornando a comunicação da empresa mais coerente. Assim, evita-se que pessoas fora do público-alvo sejam atingidas pela companhia ou que aqueles a quem você quer atingir não se aproximem dos produtos e serviços oferecidos.

Os 4Ps do marketing também ajudam na hora de desenhar a estratégia de comunicação da marca, para que todos os pontos de contato com os clientes sejam atingidos. Assim, no momento em que estiverem prontos para comprar, os consumidores vão saber o que fazer e onde procurar a empresa.

Podemos destacar ainda que é possível se diferenciar dos concorrentes com os 4Ps, pois é delineada uma estratégia de forma única, demonstrando os diferenciais competitivos, o que marcará a mente do consumidor gerando apelo e identificação.

Como aplicar os 4Ps do marketing?

Para que a estratégia dos 4Ps seja aplicada de forma eficiente na empresa e gere os resultados esperados, é preciso seguir alguns passos. Confira!

  • Escreva sobre o seu negócio para cada P: a estratégia deve ser elaborada de acordo com a realidade da sua empresa. Portanto, pense em cada P com calma e escreva os pontos que achar relevante. Assim, no final, o resultado estará de acordo com o que você deseja comunicar para seu cliente;
  • Defina a persona: a partir do momento que você elencar as informações sobre sua empresa, poderá estabelecer sua persona, que é o perfil de cliente ideal. Foque em uma persona bem desenhada, analisando suas necessidades, desejos e estilo de vida. Isso será fundamental para determinar a comunicação a ser realizada e o modo ou canal em que deve ser feita.
  • Realize pesquisas: tão importante quanto conhecer o perfil do seu cliente ideal é entender o comportamento do mercado e isso acontece através de pesquisas. Busque saber o que seus concorrentes estão fazendo, entenda sua estratégia e analise os dados que o mercado oferece.
  • Faça o plano de negócios: esse ponto é essencial para que você tenha real noção de quais são suas metas e qual a estrutura do seu negócio. Assim, seus produtos e serviços estarão dentro de uma estratégia maior, que orientará todas as decisões tomadas.

Os 4 Ps na prática

Até então, você entendeu, de maneira abrangente, o que são os 4 Ps e como aproveitar seus benefícios em diferentes tipos de negócios. Agora, veja mais atentamente as definições de cada um e porque tomá-las como base na ação e gestão de produtos.

Preços

Ao tratarmos do preço, falamos realmente da precificação do produto, mas, para defini-lo, é preciso considerar diversos fatores como custos da mercadoria, políticas de descontos, condições de pagamento e também a percepção de valor para o cliente.

Por exemplo, vários produtos artesanais possuem um preço mais alto, como chocolates e cervejas. Isso porque a forma como esses itens são produzidos envolvem processos manuais, matérias-primas de maior qualidade e um produto diferenciado. Quando a empresa consegue apresentar todos esses pontos para o cliente, pode ter um preço mais alto para seu produto.

Praça

O segundo P que vamos comentar é a praça, ou seja, os locais em que o produto será encontrado ou distribuído. É muito importante pensar nesse aspecto, porque existem diferenças regionais que podem impactar nas vendas ou mesmo inviabilizar sua logística.

Para isso, é preciso analisar os pontos de venda, o frete e os locais de estoque para entender se compensa considerar determinada praça na sua estratégia. Como exemplo, temos as Lojas Americanas, que possui lojas físicas em diversas localidades no Brasil, mas também conta com um robusto e-commerce, ampliando seu alcance.

Assim, o consumidor tem acesso a mais produtos através da internet, mas pode contar com o espaço da loja física para retirar um item ou avaliar melhor alguma mercadoria.

Nesse quesito, a Amazon também é um exemplo, pois trabalha com e-commerce e conta com diversas empresas parceiras de logística, o que ajuda nas entregas de forma rápida e praticamente em qualquer lugar.

Produto

O próximo P é o produto em si. Aqui temos diversos pontos a considerar, como suas características físicas, a embalagem, os serviços agregados (como garantia) e até as opções que o consumidor encontrará.

Um exemplo são as marcas de luxo, que constroem sua apresentação através dos valores tangíveis e intangíveis do produto. A Ferrari faz isso muito bem, assim como a joalheria Tiffany. Além dos produtos serem de alto valor por si mesmos, carregam consigo vários sentimentos, idealizações e uma imagem para quem os consumir.

Promoção

Por fim, chegamos na promoção, ou seja, a forma como divulgar o produto para sua audiência. Esse ponto envolve estratégias para alcançar a persona e estimular o consumo do que está sendo ofertado.

Talvez um dos melhores exemplos recentes sobre esse P seja a Havaianas. Há alguns anos, a empresa vendia chinelos simples e para um mercado popular. Porém, a partir da década de 1990, começou a mudar esse cenário com uma nova linha de produtos.

Como forma de afirmar seu posicionamento, a empresa investiu em propagandas criativas e que chamavam a atenção do público. Além de marketing digital e informações ricas sobre o diferencial das sandálias, fonte de estilo e parte da cultura brasileira.

Diferencie-se da concorrência

Os 4Ps do marketing são fundamentais para uma estratégia mercadológica bem definida e estruturada que trará resultados para a empresa com o tempo. Além de mapear cada P, é preciso aplicar o que for levantado, sem deixar de lado os controles gerenciais da instituição.

Para que a estratégia seja efetiva, otimize os processos de forma que o crescimento nas vendas ou a expansão física e digital não prejudique os produtos e serviços oferecidos. Invista em tecnologia, conhecimento e uma equipe qualificada para manter o fluxo de produção em dia e se diferenciar da concorrência.

Um sistema de gestão empresarial é um grande aliado, oferecendo as ferramentas necessárias para sua empresa crescer. Aprenda a otimizar seus processos gerenciais, integrando-os ao marketing digital. Abra espaço para inovação e tecnologia e experimente uma transformação nos seus negócios hoje mesmo!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Conheça a cnae: homem e mulher a frente de notebook
Aprenda como consultar e classificar corretamente sua empresa conforme suas atividades com o CNAE.
estoquistas vendo dicas de controle de estoque
Como fazer o controle de estoque para sua empresa de forma objetiva, eficiente e os principais cuidados que você deve
gestão de clientes
Entenda como as estratégias de gestão de clientes vão impulsionar o seu negócio.