Confira quais são as vantagens do banco de dados

Neste artigo, abordamos os aspectos que tornam o banco de dados imprescindível, além de dar dicas para analisar as informações.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A importância dos dados é um assunto muito difundido no mundo corporativo. Afinal, ter em mãos as informações certas pode facilitar a tomada de decisões e fazer com que o negócio cresça. Para tornar esse trabalho mais seguro e assertivo, é interessante contar com um database, ou seja, um banco de dados.

Neste artigo, você vai entender por que o banco de dados é uma solução altamente necessária e conhecer suas principais vantagens para as empresas. Continue a leitura e transforme a forma com que você e sua equipe lidam com dados.

Por que o banco de dados é importante?

O banco de dados é uma plataforma usada para armazenar um grande volume de informações relevantes para o funcionamento de uma empresa, como os meios de contato de cada cliente, as vendas geradas em determinado período e o balanço financeiro da organização.

Desenvolvida nos anos 1960 e constantemente aprimorada desde então, essa ferramenta se tornou fundamental para os negócios. Ela agiliza processos como a coleta de dados e o processamento de informação, gerando mais eficiência e reduzindo falhas.

Para gerir os elementos presentes em um banco de dados, é necessário investir em um Data Base Management System – ou, em português, Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados —, um software que permite fazer modificações e otimizações nos dados armazenados.

Vantagens do banco de dados

O uso de um banco de dados é bastante valorizado pelas empresas devido aos benefícios que ele traz: a melhoria da produtividade, o aumento da segurança, a possibilidade de tomar decisões mais estratégicas e a melhoria no relacionamento entre o time e com os clientes.

A seguir, entenda em detalhes cada uma dessas vantagens.

Produtividade

A implementação de um banco de dados pode aumentar a produtividade da empresa por diversos motivos. A facilidade e a rapidez com que as informações podem ser acessadas, organizadas, filtradas ou editadas fazem com que o manejo dos dados seja muito mais ágil.

Também é possível integrar a plataforma com diversos outros softwares, permitindo que dados sejam coletados de diversas fontes diferentes e armazenados de forma centralizada.

Além disso, o acesso pode ser liberado para vários colaboradores. Com isso, o compartilhamento de informação é simplificado e a comunicação entre as equipes se torna mais efetiva, reduzindo ruídos que podem ocasionar problemas na execução de demandas.

Segurança

Um dos modos mais tradicionais de armazenar informações relevantes nas empresas é o uso de planilhas. No entanto, esse método pode comprometer a segurança dos dados, já que os colaboradores podem editar as planilhas de forma inadequada e compartilhá-las com pessoas que não devem ter acesso.

Nesse sentido, a segurança fornecida por um database está entre os fatores que mais chamam a atenção dos empreendedores. Os gestores do banco podem controlar o acesso ao sistema, garantindo que apenas os colaboradores selecionados visualizem os dados.

As principais ferramentas disponíveis no mercado também usam a criptografia para proteger as informações e trazer o maior nível de confidencialidade possível.

Estratégia

A gestão de dados é essencial para traçar estratégias eficientes para o negócio. Esse tipo de análise também permite avaliar os resultados de forma consistente, identificando pontos de melhoria nas atividades que estão sendo desenvolvidas dentro da empresa.

Com um banco de dados, o manuseio das informações relevantes para a organização é feito de forma mais confiável, simples e ágil. Assim, os gestores podem se assegurar da integridade dos dados para tomar decisões mais assertivas.

Relacionamento

À primeira vista, pode parecer que o database resolve apenas problemas de ordem prática. No entanto, os seus impactos podem ser sentidos também na relação da empresa com seus clientes e entre os colaboradores.

A implementação de um banco de dados garante que todos os colaboradores acessem as mesmas informações de forma facilitada, já que estão todas centralizadas em uma mesma plataforma. Desse modo, a colaboração e a comunicação entre as pessoas do time tendem a melhorar.

Essa ferramenta também funciona como um armazenamento dos dados de clientes que realizaram uma compra ou assinaram um serviço. Se a empresa aposta em softwares de CRM, o contato com os consumidores pode ser mais personalizado e eficaz com o seu uso.

banner cta empreendedor

3 dicas para analisar bancos de dados

O trabalho com dados não precisa ser tão complexo quanto se imagina. Confira 3 dicas para analisar bancos de dados com eficiência.

1. Coletar os dados

Diversas fontes podem ser usadas para alimentar o banco de dados da empresa: um formulário de contato na página inicial do site da marca, registro das vendas realizadas em um certo período, informações disponíveis no sistema ERP, entre outras.

 

O mais importante é avaliar quais dados precisam ser obtidos para atingir os objetivos do negócio. Se a meta for, por exemplo, converter mais visitantes do site em leads, o ideal é coletar informações de contato, como e-mail ou número de celular. Assim, o time de vendas pode acessar esses clientes em potencial para fazer uma oferta.

2. Agrupar os dados

Para ser possível fazer análises dos dados coletados, eles precisam estar agrupados e organizados de maneira apropriada para aprimorar a visualização e garantir a geração de insights valiosos para o negócio.

 

O banco de dados pode ser um ótimo facilitador na hora de executar esse tipo de tarefa. Afinal, ele é capaz de lidar com uma enorme quantidade de informações de forma prática. O sistema permite que você crie estruturas pré-definidas, faça consultas específicas e filtre os dados conforme o que você precisa encontrar.

3. Otimizar

Para otimizar ainda mais o tratamento de dados, você pode contar com ferramentas como:

 

  • Excel: o clássico software de planilhas da Microsoft é uma solução amplamente usada para gerir dados. Apesar de possuir funcionalidades simples e ideias para manejar pequenas quantidades de dados, pode ser necessário dominar fórmulas complexas para lidar com um grande volume de informações;
  • Power BI: outro software desenvolvido pela Microsoft, essa ferramenta conta com um suite de aplicações para criar relatórios e dashboards com base no conceito de Business Intelligence (BI);
  • SAS: o Statistical Analysis System é uma solução que permite gerenciar dados, gerar relatórios e fazer análises estatísticas.

Integre o banco de dados ao seu sistema ERP e potencialize as ferramentas

Implementar um banco de dados pode ser um passo importante para gerir as informações da sua empresa de forma efetiva. Com essa ferramenta, você será capaz de encontrar oportunidades de otimizar processos, lançar campanhas de vendas e compreender o desempenho de um produto ou serviço específico.

 

Para que o uso de dados seja mais proveitoso, não deixe de fazer a integração de bancos de dados com um bom sistema de gestão de empresas. Conheça o sistema de gestão da Omie e descubra nossas soluções para o seu negócio.

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
on-premise
Sistema on-premise vs. nuvem: compreenda diferenças e funcionamento.
Pessoas montando Blueprint
Veja como atingir a experiência ideal do cliente com o blueprint e garanta processos otimizados!
economia digital
Desafios e oportunidades na economia digital: conheça mais com a Omie e mantenha sua empresa no foco!