Controle de Estoque: redobre o cuidado em tempos de crise

Aprenda como fazer o controle de estoque em tempos de crise, levando em conta os cuidados necessários
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O controle de estoque é um processo fundamental para as empresas evitarem desperdícios. Em momentos de crise, fazer o controle de forma correta e efetiva pode ser desafiador.

Além de reduzir os custos, uma boa gestão de estoque ajuda a empresa a crescer e se manter mais produtiva. Para isso, é preciso ter uma visão estratégica do departamento e do nicho de mercado em que seu negócio está inserido.

Neste artigo, você conhecerá alguns cuidados necessários para fazer a gestão e controle de estoque da sua empresa, o que é controle de estoque e como evitar possíveis crises. Acompanhe!

Qual é a importância do controle de estoque?

O estoque de uma empresa tem papel essencial quando o assunto é o sucesso do negócio. Por isso, é fundamental estar atento aos produtos armazenados, analisar se pode ocorrer uma queda no giro do estoque, entender o comportamento e perfil de compra dos consumidores e buscar adaptação aos novos hábitos.

A gestão de estoque, quando realizada de maneira efetiva, ajuda a equilibrar as contas. Além disso, é possível controlar também as compras, o controle de entrada e saída, a armazenar corretamente os produtos e materiais utilizados, além de movimentar o ciclo da mercadoria.

Cuidados que você precisa ter para controlar o estoque

 Para o fazer o controle de estoque, é necessário tomar precauções que vão garantir o bom funcionamento de seus serviços.. A seguir, alguns dos cuidados que você precisa tomar para controlar o seu estoque.

1. Acompanhar o estoque diariamente

Para acompanhar o estoque diariamente, você deve se atentar ao gerenciamento básico de alguns itens, tais como:

  • Avaliar as demandas;
  • Segmentar os produtos;
  • Deixar os processos mapeados;
  • Contar com programas de gestão;
  • Separar uma área para receber novas mercadorias;
  • Manter a equipe treinada;
  • Deixar os processos bem definidos;
  • Fazer previsão dos novos pedidos.

Todas essas questões vão facilitar o controle de entrada e saída dos produtos da sua empresa. Com todas as informações entradas e saídas, fica mais fácil calcular o giro das mercadorias de forma organizada.

Os registros de entrada precisam ser realizados logo após o recebimento dos materiais, com base em uma nota fiscal ou nota de recebimento.

Os registros de saídas precisam ser realizados assim que o cliente solicitar o produto. Para esses dois processos, uma opção inteligente é contar com softwares de gestão, fundamentais para manter a qualidade e agilidade dos processos.

Com essa estratégia, futuras compras podem ter maior aproveitamento do capital de giro da companhia, bem como garantir a segurança das mercadorias.

2. Gerenciar estoque mínimo e máximo

Definir o estoque máximo e mínimo por meio de estratégias de gestão podem garantir o sucesso do seu negócio e maiores ganhos. Sendo assim, é importante se certificar das quantidades de produtos para que não haja desperdício.

Para muitos comerciantes e lojistas, a melhor saída para movimentar o estoque parado é a liquidação e queima de estoque. Para evitar tais saídas emergenciais, opte pelo controle de estoque mínimo e máximo, calculado para que não falte mercadorias e que não haja estoque parado.

3. Ter um estoque inteligente

Estoque inteligente é aquele que permite que o gestor execute ações táticas e estratégicas. No geral, é importante pensar na gestão de estoque como um elemento decisivo na construção de um negócio com sucesso. Seu estoque não precisa se resumir a um espaço com produtos no qual o controle é feito manualmente.

O controle manual, inclusive, tem sido substituído pelo auxílio da tecnologia. Isso evita o volume de papéis ou dados físicos, contribuindo para melhor visualização dos processos da empresa.

É preciso contar com planejamento e controle, além de ferramentas úteis para lidar com diferentes fatores logísticos imprevisíveis. Ou seja, é necessário que você vá além da simples tarefa de soluções, sejam elas de curto, médio ou longo prazo.

Um estoque inteligente é um estoque estratégico. A utilização de processos automatizados e equipamentos modernos, por exemplo, pode acelerar o controle dos produtos dentro do estoque, mostrando informações como datas de vencimento, localização, quantidade e muito mais.

O que você precisa para controlar o estoque?

Sem uma organização cuidadosa, você pode passar por problemas como atraso, falta de produtos para os clientes e até uma queda no final do mês. O estoque é o ponto central para manter o seu negócio funcionando a todo vapor.  Mas, como fazer o controle de estoque? Vamos te explicar.

Fazer gestão de estoque

Para ter um controle definido, é preciso monitoramento e análise contínuos dos produtos no estoque, desde o fluxo de entrada e saída, até o controle de perdas e a necessidade de novas compras.

O controle de estoque é essencial para que possamos ter conhecimento da quantidade exata de produtos que a empresa necessita, principalmente para atender a demanda do mercado, sem gerar prejuízos com perdas ou sobras.

Esse controle engloba diversas outras atividades, como organização, planejamento e armazenamento de matéria-prima, produtos, equipamentos e ferramentas.

Uma das principais vantagens da gestão de estoque é a melhoria dos processos que auxiliam na redução dos custos, planejamento de compras, facilitar o controle de fornecedores, controlar o inventário, prevenir prejuízos, entre outros.

Informatizar processos

Sistemas automatizados tendem a facilitar e tornar os controles ainda mais estratégicos. É importante contar com um sistema de gestão onde você consiga identificar o passo a passo de cada etapa do estoque e registrá-los em um fluxo de trabalho.

O sistema da Omie, por exemplo, é um desses aliados estratégicos e facilitadores para ajudar no controle de produtos. Com ele, você tem uma visão ampla de todo o processo e, assim, saberá não apenas o produto que mais vende, mas qual gera maiores lucros

Vale destacar que o controle de estoque tem como objetivo informar a quantidade disponível de cada item dentro da empresa, mas, também o quanto de dinheiro os produtos valem. Com um sistema automatizado, isso fica ainda mais fácil de ser controlado.

Descomplique o processo de controle de estoque

Gerenciar um estoque é um processo complexo, mas possível, com certas medidas de gestão. O controle precisa ser realizado diariamente de forma cuidadosa, a fim de prevenir perdas e diminuir os desperdícios. Entender e analisar o que está armazenado, a validade, as entradas e saídas, é fundamental para garantir um controle de estoque efetivo e eficiente.

Agora que você já sabe qual a importância de controlar o estoque, conheça o aliado que vai te ajudar nesse controle. Para isso, conte com o módulo de compras, gestão e estoque da Omie! Com ele você controla todas as fases do processo de controle de estoque de forma otimizada e simples!

Banner experimente - simplifique sua rotina e integre todas as áreas da sua operação
Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
declaração de prestação de serviço
Saiba a melhor forma para preparar a sua declaração de prestação de serviços aqui!
Market Share
Descubra o Market Share e como ele é importante para o seu negócio. Entenda o conceito e aprenda a calcular
canais de vendas
Conheça os diferentes canais de vendas e o motivo para criar uma estratégia para eles na sua empresa.