Controle financeiro empresarial: descubra como fazer passo a passo

O controle financeiro empresarial é indispensável para manter um negócio saudável e em crescimento constante. Confira o passo a passo de como fazer!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O controle financeiro empresarial é um verdadeiro alicerce sobre o qual se constroem a estabilidade e o sucesso de uma organização. Em meio a tantos desafios e competição acirrada, ter uma gestão financeira eficiente na sua empresa não é apenas uma vantagem, mas uma necessidade vital para sua sobrevivência e crescimento constante.

Por isso, neste artigo, vamos explorar as principais estratégias e ferramentas para estabelecer um controle financeiro empresarial simples e eficaz, com um passo a passo para otimizar o seu planejamento. Continue a leitura e confira!

Banner conheça o sistema - gestão online

O que é controle financeiro empresarial?

O controle financeiro empresarial é um processo que envolve monitorar e analisar toda a condição financeira de um negócio, desde as movimentações de fluxo de caixa, passando pelo cálculo de juros e dividendos, pagamento de funcionários, chegando até os relatórios financeiros, entre outros processos.

Essa análise tão completa visa manter a empresa com resultados positivos e lucro financeiro para garantir seu crescimento, seja de curto, médio ou longo prazo. Por isso, é importante organizar os dados e catalogar todos os bens da empresa, para que tudo seja considerado no momento de planejar as estratégias e as previsões.

Nesse sentido, vale contar com o auxílio da tecnologia, como um bom sistema de controle financeiro empresarial, para se ter informações atualizadas automaticamente e sem risco de erros nos lançamentos e nos cálculos.

Qual a importância do controle financeiro empresarial?

O controle financeiro empresarial é muito importante por ser a base de um bom funcionamento e desempenho de um empreendimento.

A seguir, listamos algumas das vantagens do controle financeiro empresarial que o tornam uma ferramenta essencial para a saúde da empresa:

  • fornece detalhes sobre os gastos e despesas, evitando surpresas no final do mês;
  • promove redução de custos de forma inteligente, fornecendo conhecimento do que é realmente necessário ou não para o negócio;
  • permite o acompanhamento do crescimento da empresa e o entendimento de seu potencial de lucratividade;
  • viabiliza decisões estratégicas e embasadas em dados que refletem a realidade do negócio;
  • dá suporte ao planejamento, permitindo que investimentos sejam realizados de forma assertiva.
Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Como a falta desse controle pode afetar sua empresa?

A falta de controle financeiro empresarial pode ter consequências devastadoras, afetando a estabilidade, o crescimento e até mesmo a sobrevivência do empreendimento. Confira os motivos:

  • Fluxo de caixa instável: sem controle financeiro adequado, é fácil perder de vista as entradas e saídas, causando problemas de fluxo de caixa que levam a dificuldades para pagar contas, salários e fornecedores em dia.
  • Decisões sem embasamento: os gestores não têm uma compreensão clara da saúde financeira da empresa, o que dificulta a tomada de decisões sobre investimentos, expansões ou cortes de custos.
  • Endividamento: a empresa pode acumular dívidas sem perceber, levando a problemas de solvência, encargos financeiros e, em casos extremos, falência;
  • Desperdício de recursos: gastos desnecessários em áreas que não contribuem para os objetivos da empresa tornam-se comuns, reduzindo a eficiência operacional e diminuindo a lucratividade;
  • Falta de planejamento financeiro: sem dados, fica difícil planejar o futuro do negócio, incluindo investimentos estratégicos, reservas para emergências e planos de crescimento sustentável;
  • Impacto na reputação: problemas financeiros podem afetar a reputação da empresa perante clientes, fornecedores e investidores, gerando desconfiança e prejudicando relacionamentos comerciais importantes.

O que é DRE e qual a importância para o controle financeiro empresarial?

DRE é a Demonstração do Resultado do Exercício, um dos principais relatórios contábeis utilizados para analisar o desempenho financeiro de uma empresa em um determinado período, geralmente anual.

A DRE é importante para mostrar se a empresa está gerando lucro ou prejuízo, além de identificar os riscos financeiros, as fontes de receita e os custos associados.

Nesse relatório, devem constar os seguintes itens:

  • Receita bruta;
  • Receita líquida;
  • Deduções e abatimentos;
  • Custos de produtos e/ou serviços;
  • Lucro bruto;
  • Despesas totais (administrativas, financeiras e de vendas);
  • Lucro/prejuízo operacional;
  • Resultado líquido do exercício;
  • Impostos.

5 passos para um controle financeiro empresarial eficaz

Agora vamos mostrar como você pode fazer um controle financeiro empresarial simples e eficaz, que permitirá acompanhar suas receitas, despesas e lucros. Vamos lá?

1. Registre todas as suas receitas

O primeiro passo para fazer o controle financeiro da empresa é registrar todas as entradas de dinheiro. Para isso, inclua as vendas de produtos e/ou serviços, os recebimentos de clientes, os investimentos e qualquer outra fonte de receita.

2. Acompanhe suas despesas

Em seguida, faça o registro de todas as despesas da empresa. Isso pode incluir os gastos com fornecedores, o aluguel, o salário dos funcionários, as contas de luz e de água, entre outros. Além disso, certifique-se de separar as despesas em categorias distintas para facilitar a análise posterior.

3. Calcule o lucro ou prejuízo

Após registrar suas receitas e despesas, subtraia o total das despesas do total das receitas a fim de calcular o lucro ou prejuízo. A lógica é bem simples: um resultado positivo significa que você obteve lucro, enquanto um resultado negativo mostra que teve prejuízo.

4. Analise os resultados

Uma vez que você calculou o lucro ou prejuízo, faça a análise dos seus resultados para identificar as tendências, as oportunidades de economia e as áreas de crescimento. Ter essas informações ajudará a orientar suas decisões futuras e melhorar o desempenho financeiro da empresa.

5. Ajuste o que for necessário

É importante lembrar que o controle financeiro é um processo contínuo. Por isso, o último passo é monitorar regularmente suas finanças e fazer ajustes no seu plano quando necessário para garantir que a empresa permaneça no caminho certo para o sucesso.

Com este passo a passo simples, você estará no controle das finanças da sua empresa e pronto para enfrentar os desafios do mundo empresarial com confiança e determinação.

Como manter o controle financeiro empresarial em dia?

Agora que você já viu como fazer uma gestão de controle financeiro empresarial simples, confira algumas dicas para manter esse processo sempre em dia, tornando um hábito em suas atividades:

  • Faça sempre o controle de caixa: mantenha um registro preciso de todas as entradas e saídas de dinheiro na empresa. Uma planilha de gastos ajudará a ter uma visão clara da saúde financeira da empresa em tempo real;
  • Organize os custos e receitas: classifique as despesas e receitas em categorias específicas para facilitar a análise financeira, identificando áreas de alto custo ou baixa rentabilidade;
  • Planeje os pagamentos e recebimentos: estabeleça um calendário de pagamentos e recebimentos para evitar atrasos ou falta de fundos. Antecipe-se às contas a pagar e acompanhe de perto as datas de vencimento das contas a receber;
  • Avalie o capital de giro: mantenha uma análise constante do capital de giro da empresa, a diferença entre os ativos circulantes (como contas a receber e estoques) e os passivos circulantes (como contas a pagar e empréstimos de curto prazo);
  • Crie um fundo de reserva: situações emergenciais ou períodos de baixa atividade econômica podem ocorrer por diversos motivos. Ter uma reserva de capital ajuda a cobrir despesas inesperadas, como reparos de equipamentos, crises de mercado ou queda nas vendas;
  • Automatize os processos: utilize ferramentas e gerenciadores financeiros automatizados para simplificar e agilizar os processos contábeis e financeiros. Isso inclui softwares de contabilidade, sistemas de gestão financeira integrada (ERP) e aplicativos de controle de caixa.

Como a tecnologia pode ajudar no controle financeiro empresarial?

A tecnologia desempenha um papel fundamental no controle financeiro de uma empresa, oferecendo ferramentas e soluções que simplificam e automatizam os processos contábeis e financeiros.

É possível utilizar um software de controle financeiro especializado, como o sistema Omie, que integra diversas funcionalidades, como:

  • controle de caixa;
  • emissão de notas fiscais;
  • conciliação bancária;
  • gestão de estoque;
  • controle de contas a pagar e receber, entre outras.

Além de permitir que os gestores tenham uma visão abrangente e em tempo real das finanças da empresa, um bom sistema de gestão facilita a tomada de decisões estratégicas e o monitoramento constante do desempenho financeiro, oferecendo recursos avançados de análise e relatórios personalizáveis.

Construa uma gestão financeira eficiente com o sistema Omie

Como você percebeu, o controle financeiro empresarial é essencial para a saúde de qualquer negócio. Seguindo as dicas deste artigo, você certamente se sentirá mais confiante e no domínio dos caminhos que sua empresa poderá tomar rumo ao sucesso.

Nesse sentido, o sistema Omie pode ser um aliado valioso. Sua interface intuitiva e sua capacidade de integração com outras ferramentas proporcionam uma gestão mais precisa, possibilitando controlar as finanças sem dores de cabeça e dificuldades. Portanto, saia já dos papéis e das planilhas manuais e migre para um sistema que faça esse trabalho e muitos outros de forma automatizada, permitindo que seu foco recaia em outros aspectos que merecem atenção na sua empresa.

Conheça o sistema Omie para empreendedores e foque no crescimento e na inovação do seu negócio!

Banner experimente - reduza os custos e ganhe mais eficiência em suas operações

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Explore o conceito de capital social, sua definição e importância para empreendedores. Neste artigo você confere as principais dúvidas sobre
descubra o que é venture capital e como escolher
Saiba se a modalidade Venture Capital se enquadra no seu negócio e os benefícios que ela pode trazer.
entenda o que é home equity quais os benefícios e tipos para você
Home equity é uma forma de financiamento imobiliário que permite obter crédito com condições vantajosas. Conheça seus benefícios, tipos e