O que é empreendedorismo social e qual seu objetivo? Confira exemplos!

Compreenda o conceito de empreendedorismo social e sua relevância para a sociedade.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

O empreendedorismo social assume um papel essencial na sociedade ao aplicar abordagens inovadoras para solucionar problemas sociais. Ao combinar de maneira harmoniosa objetivos financeiros com uma missão social, o empreendedorismo social destaca-se como uma poderosa força motriz para a transformação positiva.

Sua abordagem consciente contribui para o desenvolvimento sustentável, promovendo mudanças significativas e, ao mesmo tempo, inspirando outros a seguirem esse caminho inovador. Explore detalhadamente o que caracteriza o empreendedorismo social, destacando sua relevância e os benefícios substanciais que oferece à sociedade.

O que é empreendedorismo social?

Empreendedorismo social é um dos tipos de empreendedorismo que desenvolve e implementa projetos empreendedores com o objetivo principal de promover impacto social positivo. 

Diferenças entre empreendedorismo social e tradicional 

Ao contrário do empreendedorismo tradicional, onde o foco está predominantemente nos lucros, o empreendedorismo social prioriza a resolução de problemas sociais e ambientais. Este modelo busca abordar questões como pobreza, educação precária, falta de acesso à saúde, preservação ambiental, entre outros.

Ele abre espaço na criação de negócios que ajudam a melhorar a educação, cuidar do meio ambiente ou resolver questões de saúde. A ideia é ser empreendedor, mas focando em fazer o mundo um lugar melhor. 

Quais são as principais características de um empreendedorismo social? 

O empreendedorismo deste tipo opera por meio de três etapas fundamentais:

  1. Diagnóstico;
  2. Identificação de oportunidade;
  3. Criação de uma nova realidade.

1. Diagnóstico: 

O empreendedor social identifica os problemas existentes em determinada área. 

Isso pode incluir situações como falta de energia elétrica em uma região, a ausência de escolas para crianças em idade escolar, exclusão social de minorias, carência de moradia, ou a falta de acessibilidade para pessoas com deficiência, entre outras questões sociais.

2. Identificação de oportunidades: 

Após identificar os problemas, o próximo passo é pensar em como criar um negócio que resolva essas questões. 

Essa fase requer planejamento cuidadoso, incluindo a formação de equipes dedicadas para atuar nos diferentes setores da empresa e a determinação do capital social necessário.

3. Criação de uma nova realidade:

Por fim, chega o momento de colocar os planos em prática. É a hora de realizar as atividades planejadas e buscar resultados concretos para proporcionar melhorias efetivas na comunidade ou na área identificada. 

É a etapa responsável por transformar as ideias em ações tangíveis e criar um impacto positivo na realidade identificada pelo empreendedor social.

Qual é o objetivo do empreendedorismo social?

O objetivo do empreendedorismo social é resolver problemas sociais e ambientais de forma inovadora. 

Quem empreende com foco social não se limita a doações, mas cria modelos de negócios que também envolvem a venda de produtos ou serviços. O propósito é trazer mudanças positivas e duradouras, utilizando abordagens empreendedoras para enfrentar desafios sociais. 

Quais são as vantagens do empreendedorismo social?

O empreendedorismo social traz diversos benefícios à sociedade, gerando um impacto positivo na vida de pessoas marginalizadas, oferecendo oportunidades que, muitas vezes, seriam inacessíveis.

Além disso, demonstra como é possível alinhar valores tão importantes como inclusão, busca por uma sociedade igualitária, preservação do meio ambiente e criar uma economia de impacto.  

Algumas das vantagens são:

  • Ajuda pessoas vulneráveis;
  • Fomenta a inovação;
  • Promove discussões importantes;
  • Consegue trabalhar a inclusão de minorias;
  • Impulsiona projetos de economia sustentável;
  • Apresenta novos caminhos para o empreendedorismo;
  • Valoriza da responsabilidade social;
  • Não depende da filantropia para sobreviver.

Importância do empreendedorismo social

O empreendedorismo social é importante porque aborda soluções inovadoras para questões como exclusão social, desigualdade e impactos ambientais.

Ele é capaz de aliar práticas empreendedoras a objetivos sociais, esse modelo oferece uma abordagem eficaz para promover mudanças positivas.

 Ao enfatizar valores como responsabilidade social e igualdade, o empreendedorismo social mostra como é possível impactar positivamente a comunidade e o meio ambiente, demonstrando que o sucesso econômico pode coexistir com benefícios sociais e ambientais.

Quais são os 3 elementos do empreendedorismo social?

Os 3 elementos do empreendedorismo social são:

  • Identificação de Problemas Sociais;
  • Desenvolvimento de Soluções Inovadoras;
  • Impacto Positivo Duradouro.

Empreendedorismo social exemplos

No Brasil e no mundo existem vários casos de sucesso de empreendedorismo social. 

Abaixo, confira quatro deles para conhecer mais sobre eles para se inspirar:

  1. Fundação ABH;
  2. Instituto Chapada;
  3. GRAACC;
  4. Grameen Bank.

Fundação ABH

A Fundação ABH dedica-se a impulsionar atividades sociais na periferia Sul de São Paulo, utilizando investimentos financeiros, geração de conhecimento e formação de redes. 

O seu método envolve ouvir as necessidades da comunidade, identificar os recursos locais e trabalhar em conjunto para capacitar os membros da comunidade como protagonistas das mudanças.

Instituto Chapada

O Instituto Chapada concentra seus esforços na melhoria da educação pública

Ele engaja profissionais da educação, pais, estudantes e representantes da sociedade civil, busca soluções para os desafios educacionais. Através dessa colaboração, o instituto procura implementar melhorias educacionais nos municípios onde atua.

GRAACC

O GRAACC tem como principal objetivo garantir que o maior número possível de crianças e adolescentes tenha acesso ao tratamento médico contra o câncer

Mobilizando esforços, a instituição criou uma casa de apoio e, posteriormente, um hospital que se tornou referência, oferecendo tratamento de ponta.

Grameen Bank

Muhammad Yunus, inspirado pela dificuldade enfrentada pela população pobre de Bangladesh para obter empréstimos, fundou o Grameen Bank, o primeiro banco do mundo especializado em microcrédito

O banco concede pequenos empréstimos, proporcionando uma alternativa acessível para a população que antes recorria a agiotas.

Responsabilidade social e tecnologia andam juntas

O empreendedorismo social é uma prática inovadora, que se diferencia do empreendedorismo tradicional, já que seu foco está na criação de negócios com impacto positivo duradouro, promovendo mudanças significativas na sociedade. 

Este modelo engloba desde a identificação de problemas até o desenvolvimento de soluções inovadoras, destacando-se por sua capacidade de gerar benefícios sociais e ambientais de maneira sustentável.

Com a Omie, empreendedores podem aprimorar a eficiência, facilitar processos administrativos e focar ainda mais no impacto social positivo que desejam gerar. Saiba mais sobre as soluções empresariais 100% online!

Conectar empreendedorismo social e tecnologia exemplifica o potencial transformador de quando a inovação se alinha aos propósitos de criar um mundo mais justo e sustentável.

 

image5

 

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
cadeia de valor
Entenda melhor os processos da sua empresa e como eles se relacionam implementando a cadeia de valor.
duas pessoas conversando sobre como abrir uma empresa
Se você quer ter o próprio negócio, precisa entender o passo a passo para abrir uma empresa de forma simples
vantagens do ERP: pessoa no computador utilizando o software ERP.
Otimize processos e aumente sua produtividade com um sistema de gestão ERP!