O que é cultura organizacional? Conheça os principais pilares

Entenda como uma cultura organizacional bem desenhada pode trazer diversos benefícios para colaboradores e negócios.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A cultura organizacional é a forma como a empresa se relaciona internacionalmente e se posiciona no mercado. Os valores e propósitos pré determinados fazem parte da construção de uma identidade e da orientação rumo ao aculturamento de futuros colaboradores contratados e clientes.

A cultura organizacional é uma maneira de guiar e alinhar como as pessoas devem ver e se comportar em uma organização. É também uma forma de criar uma impressão positiva em novos talentos que podem vir a aceitar propostas de emprego no seu negócio.

Neste artigo, serão esclarecidas dúvidas a respeito desse assunto. Saiba detalhadamente o que é cultura organizacional, a importância e benefícios, quais são os tipos e exemplos. Confira!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 160

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional é a identidade de uma organização. Ela envolve a exigência ou não de um dress code, práticas, políticas, comportamentos e forma de tratamento da organização com funcionários e parceiros.

A cultura organizacional também é chamada de cultura empresarial e cultura corporativa.

Ela é definida como um planejamento estratégico empresarial moldado de acordo com a visão de cada um e a interação diária entre os colaboradores.

Por meio da cultura organizacional são criadas as características de uma organização. Por exemplo, se uma empresa de cosméticos não testa em animais, muito provavelmente os pilares do aculturamento também estarão pautados em causas voltadas para o direito dos animais.

Colocar o aculturamento em prática é um grande desafio. Muitas vezes os valores estão explícitos em materiais de divulgação de vagas, compliance ou planejamentos. Porém, isso não garante a aplicação na prática.

A cultura organizacional deve ser uma causa tomada diariamente por algumas pessoas, para que ideias e valores sejam absorvidos. Esse é um processo que exige tempo e dedicação por parte da liderança.

A importância da cultura organizacional

Apesar dos desafios para implementar uma cultura organizacional em um negócio, os benefícios também são diversos, tornando indispensável a definição e práticas para trazer uma cultura organizacional para dentro da empresa. Saiba quais são essas vantagens abaixo.

Atração de novos talentos

O capital humano é uma das maiores preocupações de uma empresa, pois, sem ele, não há receita. Investir em novos talentos tem se tornado o objetivo dos negócios que pensam em se desenvolver nos próximos anos.

A mão de obra capacitada possibilitará melhor fluxo de trabalho e entrega. Investir em treinamento e inovação será um diferencial.

Retenção de talentos

É imprescindível a preocupação com estratégias de retenção e atração de novos talentos. Novas contratações custam muito para o bolso das empresas. O ideal é encontrar bons talentos e mantê-los motivados em continuar a jornada profissional dentro da organização.

O Brasil é o país com um dos maiores índices de turnover do mundo. Uma pesquisa realizada pela consultoria global de Recursos Humanos, Robert Half, aponta que a taxa aumentou em 82%, entre os anos de 2012 e 2014. Os números apontam para outra questão importante: a retenção de talentos .

Desenvolver diretrizes para a empresa

É possível desenvolver diretrizes e normas que vão desde a forma que um espaço físico é organizado (caso exista), até a forma de se comunicar internamente e externamente.

Também é importante definir boas práticas com colaboradores ou fornecedores, além do que é esperado como resultado pela definição das diretrizes. Se bem executadas, tais práticas trazem boa reputação e crescimento promissor aos negócios.

Produtividade

Com a motivação gerada a partir de uma boa cultura organizacional, é possível observar resultados positivos como a melhora na produtividade das equipes e vontade de fazer acontecer grandes projetos dentro da empresa.

Um ambiente de trabalho saudável impulsiona boas ideias, já que os colaboradores deixam de se preocupar com aspectos negativos e focam nos benefícios trazidos por fazer parte de determinada empresa.

Bom ambiente de trabalho

Um bom ambiente de trabalho deve ter como foco a saúde mental dos trabalhadores Essa também é afetada de forma positiva com a melhora promovida pela cultura organizacional. O alto nível de estresse entre funcionários pode levar a problemas dentro e fora da empresa.

A motivação no trabalho é um fator que depende da combinação de diversas estratégias, adaptadas ao contexto particular da empresa e das equipes. Contar com colaboradores motivados é um passo necessário para o sucesso.

Tipos de cultura organizacional

Dentro da cultura organizacional, existem diversos níveis de aplicação e definição. Sabemos que cada empresa possui o seu jeito de lidar com pessoas e suas características.

Existem, pois, os tipos mais famosos, desenvolvidos por Charles Handy. O filósofo francês é especializado em comportamento organizacional e pode ajudar na compreensão do tema.

Cultura de pessoas

A cultura de pessoas, como o próprio nome sugere, é focada em pessoas. Nesse modelo, a gestão é mais trabalhada, pois possui forte ligação com a criação desse tipo de cultura. O colaborador é colocado em um espaço central, por meio do estímulo à criatividade, ao trabalho em equipe e ao desenvolvimento.

As empresas que adotam esse tipo de cultura possuem a tendência de valorização individual e coletiva. A cultura de pessoas é mais flexível e inovadora, uma importante aliada na retenção de talentos.

Cultura de tarefas

O foco dessa cultura está na responsabilidade e poder de resolução de problemas do indivíduo e da equipe. Tem relação com as pessoas, porém com maior foco nas tarefas a serem cumpridas. É baseada na contratação de profissionais com maior nível de experiência e conhecimento sobre as necessidades de uma organização.

As empresas que trabalham com esse tipo de tarefa realizam avaliação de desempenho e coletam dados, fornecendo aos trabalhadores feedbacks capazes de melhorar a performance e criatividade.

Cultura de papéis

Os papéis representam as atividades desenvolvidas por cada indivíduo. Devem ser estruturados de maneira a tornar as definições de regras claras,  a respeito de cargos e funções a serem exercidas.

Cada funcionário possui tarefas determinadas e deverá contribuir para o fluxo de produção geral. A cultura de papéis é adotada por empresas com perfil mais tradicional e pouca abertura à flexibilidade. Deve-se ter cuidado para não tornar as funções estagnadas.

Cultura do poder

Na cultura do poder, a gestão é centralizada, normalmente, no próprio dono do negócio. Ela costuma ser adotada por empresas pequenas, no qual é exercido um papel de influência sobre os demais colaboradores.

O modelo tende a gerar competitividade e conflitos internos, pois é orientado somente por resultados. O poder de decisão é focado em uma só pessoa.

Os 3 principais pilares da cultura organizacional

Os três pilares da cultura organizacional são bastante utilizados por empresas de diversos segmentos e servem de inspiração e contribuição para o dia a dia dos colaboradores, para que eles avaliem se estão de acordo com o que buscam na vida pessoal e profissional.

Apesar de serem importantes, podem e devem acompanhar a evolução da empresa, sendo ajustados quando necessário.

Missão

A missão pode ser definida como a identidade da organização, a razão da existência da empresa. Ela deve responder um dos cernes principais de um negócio: “por que existimos?”.

Visão

A visão, por outro lado, trata de aspectos relacionados ao futuro. Ela deve possuir o lugar no qual a empresa quer chegar e quais metas e estratégias serão traçadas. Por isso, destaca-se que a visão é algo mutável, definido com um período pré determinado.

Valores

Os valores consistem nos princípios que moldam as atitudes e decisões tomadas pelos colaboradores. Na hora de decidir o futuro do negócio, ou até mesmo coisas mais simples, de rotina, os valores devem ser levados em consideração.

Exemplos de cultura organizacional

Após as informações teóricas, é preciso conferir na prática como as empresas ao redor do mundo colocam a cultura organizacional para funcionar. Quando falamos de cultura organizacional, pensamos em empresas que conseguiram alavancar e implementar um aculturamento interno e que acaba atraindo novos talentos.

Dois exemplos fortes são as empresas Nubank e a Netflix. Dois jovens competidores que estão inseridos em um meio pautado na inovação e mudança.

A Netflix é reconhecida por ser divertida e fugir do tradicionalismo nas redes sociais, trazendo um tom de voz diferente de marcas formais. Internamente, essa ideia é mantida, ao focar nos funcionários e promover condutas e processos flexíveis, dando liberdade para coordenação de tarefas, de modo que atendam às expectativas determinadas.

Por outro lado, a fintech Nubank prova que para ser grande, não precisa ter muitos anos de mercado. O novo jeito de lidar com as finanças, a simplicidade nos processos e o nascimento já com o propósito de ser diferente conquista clientes e atrai novos talentos.

A fintech adotou uma cultura descontraída, inclusiva e criativa, entregando flexibilidade aos colaboradores.

Cultura organizacional: elemento essencial para empresas da atualidade

Neste artigo, notamos que definir uma cultura organizacional deixou de ser uma escolha e passou a ser uma obrigação para empresas que querem crescer e se destacar, independente do segmento de mercado. É necessário lembrar que, para garantir crescimento e sustentabilidade, a cultura organizacional deve estar alinhada com o que os clientes e colaboradores buscam em uma empresa e com o que a empresa acredita.

Para definir a cultura organizacional, é necessário tempo, pesquisa e entendimento do mercado e de possíveis talentos. Entenda o tipo de cultura organizacional ideal para o seu negócio, defina missão, visão e valores e aproveite os benefícios que um bom aculturamento oferece. Acesse mais conteúdos como este que estão no Blog Omie!

Venha fazer parte da nossa comunidade empreendedora

A comunidade Omie.Academy nasceu para ser o ponto de encontro de profissionais que aprendem com seus erros e ensinam com suas vitórias. Se inscreva para fazer parte de nossos bate-papos e ter acesso a conteúdos exclusivos nas áreas de gestão, negócios, marketing, contabilidade, administração e muito mais. No vídeo abaixo uma de nossas especialistas fala um pouco sobre cultura organizacional:

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
EFD-Reinf
EFD-Reinf: confira o que é, quais são as mudanças para 2024 e como ficar dentro da conformidade.
a importância de gestão de custos
Confira o que é gestão de custos, como diferenciar custos fixos e variáveis e como melhorar lucratividade e a eficiência
tabela icms
O ICMS é um tributo fundamental e pode afetar o seu negócio. Confira a tabela 2024 atualizada com os valores