Qual a importância do empreendedorismo para o mundo?

Entenda a influência do empreendedorismo no mercado, na sociedade e na vida das pessoas.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Ter um perfil empreendedor é uma qualidade muito apreciada por outras pessoas, pois é sinônimo de proatividade, criatividade e iniciativa. E isso não é por acaso. Atualmente, é incontestável a importância do empreendedorismo no mundo. 

Desde inovações tecnológicas até produtos que facilitam a vida das pessoas, gerando empregos e movimentando o mercado, o empreendedorismo age como um gerador de soluções que movimenta as mais diversas áreas da sociedade. 

Segundo pesquisa do Sebrae de 2022, a renda gerada por pequenos negócios foi de R$ 420 bilhões por ano. Isso mostra como a motivação para colocar novas ideias em prática vem mudando consideravelmente os cenários de mercado e influenciando a economia.

Qual a definição de empreendedorismo? 

O empreendedorismo pode ser definido como a vontade de idealizar projetos e soluções, assim como a habilidade de colocá-los em prática e fazer sua gestão. Mas não para por aí: ele pode se estender também à ideia de aperfeiçoar processos e produtos que já existem. 

Algumas das características importantes de um empreendedor são a constante busca por melhoria e mudança, sempre querendo inovar e contribuir para o desenvolvimento próprio e de outras pessoas, além de uma boa capacidade de planejamento e gestão.

O mundo do empreendedorismo é uma junção de boas ideias e inovações que buscam trazer soluções para o mercado e para a sociedade como um todo, alinhadas à capacidade de implementar e gerir tais projetos para obterem êxito na prática. 

Portanto, para ser um empreendedor não é necessário ter seu próprio negócio. É possível aplicar os princípios do empreendedorismo na sua profissão, trazendo ideias que agregam valor à sua atual empresa e que refletem um bom olhar para as necessidades do mercado. 

Qual a importância do empreendedorismo para o mundo?

O empreendedorismo possui muitas faces e pode ser desenvolvido nas mais diversas áreas, trazendo benefícios diferentes em cada uma delas. 

A inovação trazida pelo desejo de facilitar a vida das pessoas com novos produtos e serviços é uma de suas maiores virtudes. 

A seguir estão alguns dos motivos que tornam o empreendedorismo tão importante no cenário mundial.

Gera oportunidades de trabalho

Muitas vezes, o empreendedorismo surge da necessidade de crescimento profissional em um momento inoportuno, como várias pessoas que começam o próprio negócio em meio ao desemprego. 

Segundo pesquisa de 2022 do Simpi-SP e Datafolha, mais da metade (52%) dos empreendedores em São Paulo não estavam empregados quando abriram suas empresas. Esse cenário se aplica a muitas pessoas, que veem esse momento tão difícil como uma oportunidade de empreender. 

A redistribuição de renda feita por meio da oferta de novos cargos depende diretamente do empreendedorismo, já que a criação de novos negócios é sinônimo de recolocação de novos profissionais no mercado de trabalho. 

Segundo outro levantamento recente do Sebrae, cerca de 70% dos empregos gerados em 2023 foram em micro e pequenas empresas, o que só mostra como o empreendedorismo tem grandes chances de mudar a sociedade. 

Impulsiona o desenvolvimento tecnológico 

Muitas das inovações tecnológicas utilizadas hoje partiram da aposta de um empreendedor em colocar novas soluções no mercado. Esse desejo de oferecer às pessoas uma melhor experiência é o que move os avanços na sociedade

Isso é visto tanto em novos produtos e serviços quanto na melhoria da qualidade da matéria-prima e na otimização de processos, fazendo com que toda a cadeia produtiva apresente resultados melhores, com profissionais cada vez mais qualificados. 

Tecnologias como serviços de streaming de música e filmes, armazenamento na nuvem, redes sociais e até mesmo a internet só foram possíveis por conta do espírito empreendedor de seus criadores e desenvolvedores. 

Fomenta o aumento da atividade econômica 

A economia só continua girando enquanto novas ideias e empresas surgem no mercado para movimentá-la. Isso tem um impacto direto na disponibilidade de produtos, serviços, emprego e desenvolvimento de uma determinada região. 

Quanto maiores as opções e a presença de novos negócios, mais dinheiro será investido e mais impostos serão recolhidos, e o nível de competitividade faz com que os empreendedores busquem sempre oferecer produtos e serviços cada vez melhores. 

Um levantamento do Sebrae constatou que, em um período de um ano, os Microempreendedores Individuais, ou seja, empresas formadas apenas por uma pessoa, injetaram, sozinhos, R$ 140 bilhões na economia brasileira. 

Esse número só reforça o grande impacto que o empreendedorismo tem na economia quando aplicado da maneira correta, com o planejamento necessário para desenvolver ideias inovadoras. 

Contribui para o crescimento de áreas menos desenvolvidas

O crescimento de áreas com um nível menor de desenvolvimento depende diretamente da presença de novos negócios no local. 

Afinal, o investimento colocado em novas empresas sempre volta para os moradores e fomenta a economia local com a criação de novos empregos, acesso a novas opções de consumo e até mesmo com o pagamento de impostos, que servirão para a melhoria da infraestrutura local. 

A profissionalização dos trabalhadores e a possibilidade de acesso a novas opções de produtos ou serviços têm um grande impacto no desenvolvimento e no comportamento de uma cidade ou até mesmo de um bairro. 

Um exemplo de como esse processo funciona é a profissionalização de produtores de frutas em cidades pequenas, no interior do país. A partir disso, é possível comercializar os frutos in natura e em diversos outros produtos, inclusive exportando frutas típicas para outras cidades, fortalecendo a economia local. 

Contribui para resolução de problemas sociais 

O empreendedorismo social busca solucionar problemas enfrentados por grupos sociais, atuando nas áreas de educação, saúde, meio ambiente, moradia, acesso à cultura, direitos humanos, entre outras. 

Ele diz respeito à junção de características empreendedoras a um propósito maior: trazer inovação para a solução de problemas de origem social que dificultam a vida de diversas pessoas.  

Alguns cases de sucesso são o Graacc, ONG criada em 1991 para combater o câncer infantil, com tratamento e incentivo a pesquisas na área, e o Instituto Chapada, que busca formar e qualificar professores de escolas públicas de forma continuada. 

Conecta mercados e culturas em todo o mundo 

As soluções trazidas pelo empreendedorismo conectam mercados e pessoas em todo o mundo e permitem difundir e integrar culturas diferentes.  

Esse incentivo à globalização permite que soluções e produtos estejam disponíveis em grande escala, facilitando a vida de pessoas dos mais diferentes lugares. 

Um exemplo da proporção do alcance de um produto brasileiro são as Havaianas, desenvolvidas na década de 60 no Brasil e conhecidas em inúmeros países do mundo, sendo hoje um símbolo do país internacionalmente. 

Capacita grupos diversos 

O empreendedorismo pode ser também uma forma de fazer com que mulheres, minorias sociais e jovens possam se inserir no mercado, mesmo que as oportunidades sejam mais escassas e dificultadas. 

A capacitação e o incentivo a programas de inserção dessas pessoas no mercado de trabalho faz com que elas se tornem economicamente independentes e mais empoderadas.  

Um exemplo disso é o Gerando Falcões, iniciativa de desenvolvimento social que atua em favelas, levando capacitação profissional, acesso à cultura e lazer a jovens, já tendo impactado a vida de mais de 700 mil pessoas no país. 

Responde rapidamente a desafios econômicos e tecnológicos 

O empreendedorismo é, antes de tudo, motivado pela necessidade de resolver problemas e suprir lacunas na sociedade, buscando facilitar a vida das pessoas e oferecer oportunidades. 

Pessoas com um perfil empreendedor geralmente enxergam situações desfavoráveis como oportunidades de mudança, trazendo inovação para solucionar problemas e melhorar indicadores econômicos e tecnológicos da sociedade. 

Um exemplo é a forma como o empreendedorismo foi utilizado durante a pandemia. Com o aumento do desemprego e a mudança no estilo de vida de toda a sociedade, várias pessoas viram a oportunidade de abrir seu próprio negócio nas mais diversas áreas, o que se transformou em uma forma de superar os desafios trazidos por aquele período. 

Libere seu crescimento - banner omie desplanilhe-se

Quais são os desafios e obstáculos para o empreendedorismo? 

Como em todas as outras áreas, o empreendedorismo traz consigo alguns desafios, e é necessário estar preparado para enfrentá-los. 

O fechamento de várias empresas logo após sua abertura se dá, em grande parte, pela falta de conhecimento dos empresários sobre as estratégias de gestão e planejamento que precisam ser colocadas em prática e de como contornar os problemas que se apresentam.

Por isso, é necessário estar ciente dos principais desafios que podem ser enfrentados por quem decide seguir esse caminho, como: 

  • Capital inicial insuficiente;
  • Concorrência intensa; 
  • Gestão financeira desafiadora; 
  • Falta de experiência; 
  • Riscos financeiros significativos; 
  • Regulamentações e burocracia; 
  • Mudanças no mercado; 
  • Desafios de marketing; 
  • Recrutamento de talentos; 
  • Medo do fracasso; 
  • Isolamento social; 
  • Pressão mental e emocional;
  • Sazonalidade e ciclos econômicos;
  • Acesso a mercados internacionais; 
  • Sustentabilidade e responsabilidade social.

Explore sua capacidade de inovação 

O empreendedorismo é responsável pelo crescimento econômico e social em todo o mundo e pode ser uma ótima saída para quem busca independência financeira, realização pessoal e desenvolvimento de ideias inovadoras. 

Mas, além disso, é preciso também saber tirar as ideias do papel e ter as habilidades necessárias para gerir o próprio negócio e garantir a permanência da empresa no mercado. 

Uma ótima forma de garantir um maior controle sobre o desenvolvimento do negócio e tomada de decisão, principalmente para empreendedores iniciantes, é com a ajuda de um software de gestão, que centraliza e otimiza processos. Conheça as soluções para empreendedores da Omie e saiba mais!

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
O que é uma API representação
Entenda como uma API é essencial para fazer a gestão completa do seu negócio: tire suas dúvidas conosco!
importância da inteligência artificial
Este artigo explora a inteligência artificial, suas aplicações empresariais e benefícios, como automação de processos e análise de dados. Além
o que é bpm: pessoas fazendo reunião
Implementar Business Process Management pode transformar a gestão dos processos e otimizar a eficiência operacional da sua empresa!