Responsabilidade social: o que é e por que é importante?

Saiba o que é responsabilidade social e por que é fundamental ser desenvolvida em todas as empresas.
Navegação Rápida
Navegação Rápida

A responsabilidade social ocupa um espaço cada vez mais importante no dia a dia das empresas e isso não acontece à toa. A forma com que consumimos muda a cada dia, e não só mais o preço importa, mas sim o valor e o posicionamento que uma marca tem perante ao mundo. 

Comprometidas com a sociedade e com um mundo mais sustentável, empresas ganham cada vez mais espaço no mercado. Como ser socialmente responsável, na prática? Entenda a importância da responsabilidade social nas empresas e veja exemplos práticos de como implementar.  

O que é responsabilidade social

Responsabilidade social, também conhecida pela sigla RS, é um conceito que define as práticas voluntárias das empresas para o seu meio social, ou seja, ações que beneficiam de algum modo a sociedade, seja de maneira externa, com a arborização de uma praça, ou interna, com um curso de capacitação profissional, por exemplo.

Esses exemplos de ações, além de proporcionarem boas condições sociais, refletem em melhores e maiores oportunidades de fazer negócio. Os projetos de responsabilidade social empresarial visam gerar benefícios para a sociedade e contribuem muito para a construção da marca e posicionamento da empresa que, a cada dia, vem sendo mais cobrada pelo público. 

A importância da responsabilidade social 

Apesar de ser opcional, você sabe por que é tão importante implementar o conceito de responsabilidade social nas empresas? Como consumidores, devemos pensar no impacto que uma companhia ativa tem em causas sociais, na mídia e nos clientes, além do impacto que geram no mundo. 

As empresas que começaram a adotar essa prática sentem como essa estratégia influencia tanto no seu faturamento quanto no número de clientes, trazendo uma vantagem competitiva. A responsabilidade social tem uma influência ampla quando o assunto é seu poder de mudança social e empresarial.

Além disso, atualmente os consumidores, no geral, apresentam um comportamento de maior exigência, preferindo consumir de marcas mais responsáveis e que, de certa forma, ajudam na construção de uma sociedade melhor. Esse assunto deve ser discutido com frequência, trazendo melhores soluções para as empresas aplicarem. 

Tipos de responsabilidade social 

Como você pode imaginar, a responsabilidade social é bem flexível e pode ser adotada de várias maneiras, inclusive como um projeto de causa ambiental. Para conhecer cada modalidade dessa prática e entender qual é o melhor caminho para a sua empresa, confira os tópicos a seguir.

Empresarial 

A Responsabilidade Social Empresarial (RSE) é um conjunto de ações cujo objetivo é melhorar o ambiente e a comunidade ao redor da empresa. Assim, ela tem como intuito capacitar e inspirar as pessoas, trazendo novas oportunidades de negócios para os públicos.

Corporativo 

Ética e responsabilidade social estão atreladas a essa modalidade corporativa (RSC), cuja meta é promover o desenvolvimento econômico e a qualidade de vida tanto de seus colaboradores e familiares quanto da comunidade local e da sociedade como um todo.

Socioambiental

Atrelada ao conceito de responsabilidade social e ambiental, essa prática visa promover a sustentabilidade na sociedade. Isso quer dizer que as empresas passam a aderir a processos mais conscientes sobre o meio ambiente, adquirindo uma certificação ambiental, como a ISO 14001, e até mesmo pensando em processos produtivos mais sustentáveis e ações de sustentabilidade. 

Individual

A Responsabilidade Social Individual envolve ações solidárias realizadas por uma única pessoa, mas que podem ser feitas por gestores e empresários e refletem diretamente na imagem da empresa. Isso inclui trabalhos voluntários em ONGs (Organizações Não Governamentais) e assistências sociais.

Diferença entre política de responsabilidade social e a convencional

Já ouviu falar em política de responsabilidade social? Trata-se de um conceito diferente da responsabilidade social, mas os dois são constantemente confundidos. Enquanto a responsabilidade social corporativa diz respeito às ações e práticas, a política é usada para documentar essas decisões.

Isso quer dizer que a política de responsabilidade social é criada para organizar e ajudar a desenvolver as estratégias de todas as modalidades de RS, tornando transparentes ao público todos esses dados.

Exemplos de ações de responsabilidade social

Ao colocar em prática as ações de responsabilidade social, as empresas precisam, por meio de ações concretas, mostrar que realmente aderiram ao projeto. Não basta ter um belo discurso, é preciso apresentar ações verdadeiras que demonstrem preocupação com a sociedade e o meio ambiente. Agora, veja algumas ações que podem ser seguidas.

Apoio em causas de políticas que beneficiam o meio ambiente

Auxiliar a população para ser social e ambientalmente sustentável, adotando medidas para beneficiar a sociedade e o meio ambiente. Nesse sentido, as empresas devem também repensar o impacto ambiental causado por elas e tentar reduzi-las.

Pequenas ações ambientais geram impactos gigantescos. Esse é um assunto cada vez mais em pauta diante de todo o cenário ecológico que nosso planeta vem enfrentando, por isso, é preciso dar atenção especial para esse assunto. 

Apoio em causas sociais

É interessante apoiar organizações que correspondam com os valores e posicionamento da empresa. Ainda, investir parte do capital social da empresa com doações financeiras ou campanhas de doação de produtos que sejam necessários, conforme a causa.

Desse modo, podem tanto ser campanhas para os próprios colaboradores quanto para a comunidade local, mas que, de preferência, sejam de interesse de toda sociedade, como: saúde, educação ou preservação do meio ambiente.

Voluntariado

Introduzir a mentalidade de voluntariado na empresa traz inúmeros benefícios. Além de unir e engajar os colaboradores, faz com que tenham mais motivação para trabalhar e proporciona uma satisfação pessoal. Ademais, o voluntariado ajuda no clima organizacional e auxilia os funcionários a se identificarem com o propósito da empresa.

Por fim, ele pode ser feito de várias maneiras, por meio de mutirões de apoio a instituições e centros de educação e saúde, prestação de serviços ou consultorias em áreas específicas, por exemplo.

Boas práticas que beneficiam todos 

Para se destacar e abrir um bom cenário competitivo entre as demais empresas, posicionar-se e ser socialmente responsável é fundamental. Esse é um dever que vai além das obrigações e que trará diversos benefícios para todos. 

O empreendedorismo social é, além de tudo, uma oportunidade para o desenvolvimento de novas empresas conscientes e diferenciadas. Quer se informar mais sobre o assunto? Entenda mais sobre o empreendedorismo e empreendedorismo social e a construção de uma sociedade melhor. 

banner cta empreendedor

Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
Conheça mais detalhes sobre o Sistema de Informação Gerencial e como ele pode impulsionar o sucesso do seu negócio.
Salário Mínimo: nota de cem reais e moedas de 1 real
Entenda como funciona a lógica por trás do reajuste do salário mínimo, os valores de 2023 e as perspectivas para
Tipos de Franquias: homem com tablet em franquia de alimentação
Entenda mais sobre o universo das franquias de alimentação e tecnologia e escolha em qual investir para obter bons resultados