Trabalho híbrido: prepare sua empresa para a modalidade

Conheça como o trabalho híbrido pode trazer muitas vantagens à sua empresa, inclusive, aumentar sua produtividade. E mais: veja como fazer a transição!
Navegação Rápida
Navegação Rápida

Cada vez mais as empresas estão aderindo ao trabalho híbrido e, acredite, os resultados são incrivelmente positivos.

É o que consta em um estudo realizado pela Harvard Business School, em 2020, onde foi revelado que equipes em sistema híbrido entregaram um resultado melhor do que as equipes 100% presenciais ou remotas, levando em consideração a qualidade da entrega.

Seria essa a tão sonhada realidade de muitos profissionais? Porém, esta modalidade ainda gera dúvidas aos gestores e empreendedores quanto à sua eficácia. Para entender como funciona na prática essa modalidade e conhecer os seus benefícios, continue conosco. Boa leitura!

O que é trabalho híbrido?

Basicamente quando falamos sobre o que é trabalho híbrido, nos referimos àquele modelo em que a empresa permite a autonomia para que seus colaboradores exerçam as suas funções de trabalho alguns dias online, ou seja, de suas residências, e outros dias de modo presencial, intercalando. Nem 100% home office e nem 100% presencial.

Apesar desta modalidade já ser adotada por algumas corporações há alguns anos, foi na pandemia que se destacou e virou uma forma de equilibrar a situação, para a segurança de todos os envolvidos da empresa e seus contatos. Esta modalidade traz muitas vantagens e maior qualidade de vida para seus colaboradores e inclusão.

É importante reforçar o apoio e manter os feedbacks abertos para que essa modalidade beneficie aos envolvidos, seja a empresa e seus funcionários, assim como aos clientes que receberão os serviços prestados e/ou produtos finais.

Diferença entre trabalho híbrido, teletrabalho e home office

Ainda muitas dúvidas cercam as empresas sobre as diferenças entre as modalidades, pois cada uma possui as suas peculiaridades. Ou seja, o trabalho híbrido, o teletrabalho e o home office são atuações distintas e diferentes. Para entender melhor sobre cada modelo, confira a seguir.

Trabalho híbrido

No trabalho híbrido, os colaboradores intercalam alguns dias de trabalho em casa e outros de forma presencial na empresa.

Uma forma para que as empresas formalizem o trabalho híbrido é através de uma cláusula no contrato de home office dos seus funcionários, com todas as características do que foi acordado para este regime de trabalho como, por exemplo, a jornada de trabalho, custos operacionais e muitas outras disposições legais que dependem de cada empresa.

É fundamental que a empresa registre os horários de trabalho, responsabilidade, assim como auxílio alimentação, vale transporte, infraestrutura oferecida e demais considerações que a empresa irá acordar junto a cada um de seus colaboradores.

Teletrabalho

O teletrabalho é considerado um regime de atuação profissional fixa, ou seja, o futuro colaborador já é efetivado nesse modelo.

O profissional de teletrabalho executa as suas funções dentro dos mesmos moldes de trabalho que faria dentro da empresa, contudo o faz à distância.

Assim, fica a empresa responsável na orientação aos seus teletrabalhadores referente às normas de segurança e saúde do trabalho. É necessário colher sua assinatura em um Termo de Responsabilidade, onde o funcionário se obrigará a seguir as instruções determinadas pela empresa contratante.

Home office

O regime de trabalho home office é quando o trabalho é executado à distância, seja da casa do profissional ou de qualquer outro local, remotamente. Assim, podemos dizer que, tanto o trabalho híbrido quanto o  teletrabalho podem ser realizados em sistema de home office, sempre ajustado legalmente com a empresa contratante.

O colaborador possui a sua contratação na forma presencial, mas, por alguma razão, como a pandemia, por exemplo, recebe a permissão para executar seu trabalho de sua casa, ou de um coworking de sua preferência. O importante aqui não é o local escolhido mas, sim, o resultado que será entregue pelo colaborador.

A CLT não obriga o registro em contrato de trabalho a este regime, entretanto, é aconselhável que a empresa defina e firme as suas regras com os seus colaboradores, esclarecendo todos os pontos como, por exemplo, duração do serviço, pagamento, benefícios (havendo a existência destes), e demais pontos que devem ser ajustados em comum acordo das partes envolvidas.

Como preparar a empresa para o trabalho híbrido

Muitos gestores ainda possuem a dúvida de como preparar a empresa para esse modelo de trabalho ao anunciar uma vaga híbrida, assim como a escolha de quantos dias por semana o colaborador precisa estar de forma presencial. Porém, essa é uma decisão particular de cada organização, que deve ir de acordo com cada colaborador, com objetividade e clareza.

Para facilitar a sua transição de forma mais positiva, elaboramos algumas dicas de como preparar a sua empresa para o trabalho híbrido. Vamos conferir?

Identifique quais atividades podem ser feitas presencialmente

Liste projetos que podem ser desenvolvidos em casa e os que devem, para um melhor aproveitamento, ter a sua execução presencialmente.

Por exemplo, a discussão de projetos, campanhas e planejamentos importantes para a empresa podem ser feitas de forma presencial, onde há a necessidade de todos os envolvidos para a chegada em um ponto comum de solução.

Relatórios e atividades mais operacionais que serão melhor realizadas em ambiente sossegado, podem ser deixadas para os dias remotos.

Ofereça boas condições de trabalho

Iguale as boas condições de trabalho nas duas situações deste regime. Preocupe-se com o local onde seu colaborador irá exercer as atividades (se a internet dele é boa, se a cadeira é apropriada para enfrentar as horas diárias de trabalho etc).

É importante pensar na inclusão e encorajar a cultura colaborativa. Toda essa preocupação ao redor do seu funcionário contribui para que não haja, inclusive, situações de absenteísmo.

Aprimore a comunicação

É importante a troca de experiência entre todos os profissionais para que a mentalidade de trabalho em equipe esteja sendo exercitada sempre.

Por isso, faça reuniões online ou encontros físicos semanais ou mensais para divertir um pouco sua equipe e motivar seus funcionários. Uma dica positiva é fazer uma live happy hour fora do horário de trabalho, para que sua equipe se descontraia e crie laços entre si.

Estabeleça uma cultura de feedbacks

Identifique os pontos que precisam de melhorias em sua equipe e em cada colaborador. Para isso, mantenha sempre feedbacks e abra-se para ouvir as soluções que cada colaborador possui como sugestão para se auto melhorar.

Ademais, dessas oportunidades surgem boas ideias para aprimoramento, inclusive, das políticas da empresa e ajudam na motivação da equipe.

Ofereça a flexibilidade à equipe

Possibilite que sua equipe cumpra com as atividades onde acharem mais conveniente, indiferentemente se em bibliotecas, coworking, em casa ou em qualquer outro espaço. Essa atitude traz otimismo à produtividade e faz com que se trabalhe com mais vontade e disposição.

Conte com a tecnologia

Há diversos sistemas para ajudar na gestão das demandas diárias de suas equipes, como ferramentas para comunicação, para reuniões, calendários inteligentes, controle de ponto, e muitas outras opções que otimizam e facilitam a rotina, com segurança e diminuindo ruídos entre a comunicação de departamentos.

Vantagens do trabalho híbrido

 A seguir, conheça algumas das várias vantagens que o trabalho híbrido traz.

Produtividade 

O aumento de produtividade se deve ao fato do colaborador conseguir um maior domínio sobre sua vida e rotina, obtendo maior equilíbrio emocional, o que, consequentemente, resulta em trabalhar com mais prazer.

Melhor gestão de tempo

Como o funcionário não perde horas e paciência no trânsito diariamente, o regime híbrido permite uma melhor gestão de seu tempo, pois consegue se dedicar mais, fora do horário do trabalho, à sua família e amigos.

Redução de custos

A empresa diminui drasticamente os custos de energia, internet, água, transporte, vale gasolina, aluguel, equipamentos, horas extras etc.

Qualidade de vida para os colaboradores

Há um grande e positivo impacto na vida dos funcionários, pois é possível almoçar com calma, passar mais tempo com os filhos e familiares, cuidar melhor do corpo, estudar e se manter motivado.

Retenção de talentos

Investir no modelo híbrido é reter profissionais talentosos e dedicados. Atualmente, muitos colaboradores referem esse modelo. Então, ao implementar na empresa esse regime, é possível mantê-los motivados a continuar na equipe.

Equilíbrio com a vida pessoal

Possibilita o equilíbrio da vida profissional com a pessoal, já que é fundamental para a saúde mental essa ressignificação. Assim, a rotina pode ser adaptada à realidade diária de cada colaborador.

Sua empresa pronta para o futuro

Vimos como o modelo híbrido pode trazer boas vantagens para ambos: empresa e colaborador. Se bem planejada, essa transição pode aumentar os lucros mensais, já que com funcionários mais satisfeitos e motivados, o trabalho fluirá melhor.

Para ajudar nessa transição, a Omie possui um sistema de gestão empresarial que possibilita o controle de todos os departamentos em um único lugar. Entre em contato com nossos consultores Omie e prepare a sua empresa para o futuro!

62a1f7437a5e6b5e2f216d35 CTA Banner Empreendedor 2 opt2 v2 229
Compartilhe este post
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Conteúdos relacionados
EFD-Reinf
EFD-Reinf: confira o que é, quais são as mudanças para 2024 e como ficar dentro da conformidade.
a importância de gestão de custos
Confira o que é gestão de custos, como diferenciar custos fixos e variáveis e como melhorar lucratividade e a eficiência
tabela icms
O ICMS é um tributo fundamental e pode afetar o seu negócio. Confira a tabela 2024 atualizada com os valores