Os benefícios de uma boa gestão logística

Entenda a importância de ter uma boa gestão logística e quais são as vantagens que ela trás para o desenvolvimento da empresa. Acesse e saiba mais!

29/Jul/2020
Gestão

Muito além de apenas armazenamento e transporte, a gestão logística envolve processos cruciais para o andamento das atividades de uma empresa. Trata-se de um setor essencial para o atendimento ao cliente e pode representar, inclusive, uma vantagem competitiva para a companhia.


A gestão logística está relacionada com todos os processos que envolvem a cadeia de suprimentos, como produção, compra, estoque e a distribuição de produtos. Ou seja, todas as atividades que fazem parte do fluxo das mercadorias até chegarem ao consumidor final.


Como funcionam os processos logísticos?


A cadeia de suprimentos, também conhecida como supply chain, é constituída por diversas etapas que podem envolver mais de uma empresa. Ela se inicia na produção, com o fornecimento de matéria-prima. Depois, passa pela distribuição do produto já fabricado. Em seguida, aos varejistas, quando esse produto é vendido e, por fim, chegando ao consumidor final.


Dentro dessa supply chain estão os processos logísticos que envolvem planejamento, implementação e controle dos fluxos. O gestor logístico precisa fazer o gerenciamento de frotas, controlar a movimentação dos itens e gerenciar os pedidos, além de planejar o abastecimento das demandas.

Para entender melhor, veja a seguir como funcionam os processos logísticos de inbound e outbound.

Logística inbound


A chamada logística inbound abrange o transporte, a armazenagem e a entrega de produtos ou serviços para um negócio. É quando uma empresa adquire bens ou serviços de um fornecedor.


Logística outbound


Enquanto isso, a logística outbound tem relação com os mesmos processos descritos acima, mas acontece quando a empresa oferece esses serviços para seus clientes. 

Quais os benefícios de uma gestão logística integrada?


A gestão logística integrada propõe a interligação de todas as fases das operações de manejo dos produtos. 

Trata-se, portanto, das estratégias que envolvem o gerenciamento de transportes, armazenamento e distribuição de maneira integrada, desde a produção até a entrega ao consumidor final.


O modelo de gestão logística integrada é dividido em três partes: 


  • Administração: envolve o fluxo de insumos e negocia a compra, gere o transporte, a qualidade e o armazenamento;
  • Movimentação: tem relação com o transporte de insumos que visam suprir a linha de produção, além da movimentação do material em fase de processamento. Aqui, é preciso garantir que a estocagem seja feita da forma mais eficiente possível, visando o aproveitamento máximo do espaço,
  • Distribuição: é a etapa final da operação, quando o produto final é entregue ao ponto de venda e chega ao consumidor.


Confira a seguir quais os principais benefícios que essa estratégia pode oferecer para a gestão logística de uma empresa:


Agilidade


Contar com uma logística integrada permite que as equipes que fazem parte de cada etapa da cadeia de produção se comuniquem melhor, o que favorece a eficiência dos processos. Além disso, todas as etapas são muito bem planejadas para evitar desperdício de tempo.


Desse modo, é possível encurtar os prazos de entrega, evitar atrasos e manter a qualidade no transporte. A boa comunicação também favorece tomadas de decisão rápidas e precisas, já que toda a equipe está ciente do que está acontecendo na empresa.


Produtividade


Além de se tornar mais ágil, a logística passa a gerar mais produtividade, já que os processos integrados permitem que as atividades sejam feitas de forma mais organizada e eficiente. 


Ao estruturar as equipes visando economizar tempo e recursos, é natural que elas se tornem mais produtivas. Esse aprimoramento pode ser observado principalmente em comparação às companhias que não possuem processos integrados.


Diminuição de falhas


Outro benefício desse tipo de gestão é a possibilidade de desenvolver um planejamento sistêmico da supply chain. Assim, atividades como o transporte ou a distribuição podem ser estruturadas de forma que seja possível identificar falhas de processo rapidamente.


Isso permite antecipar erros, ajustando processos e desenvolvendo estratégias mais ágeis para solucionar problemas nas operações. Essa redução de falhas também evita retrabalhos e pode, inclusive, promover redução no tempo de execução das atividades.


Confiabilidade


Construir uma relação de confiabilidade com os clientes não é uma tarefa fácil, mas é essencial para a sobrevivência de um negócio. A gestão logística integrada facilita a construção desse relacionamento, já que promove um atendimento de qualidade por meio de entregas ágeis e pontuais.


Todos os fatores citados acima possibilitam não somente que a companhia conquiste mais clientes, mas também mantenha-os fidelizados, oferecendo sempre um serviço confiável. 


Por que investir em tecnologia na gestão empresarial?


A gestão empresarial envolve a administração de todos os processos de uma companhia, inclusive a logística. Para manter esses processos integrados é possível contar com o auxílio de um sistema de gestão. Essa ferramenta automatiza atividades e promove a produtividade no seu negócio. 


Com esse sistema, é possível otimizar sua contabilidade, controle de estoque, gestão fiscal, entre outros setores da organização. Além disso, ele pode ser implementado em empresas de pequeno e médio porte.


Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas