As vantagens do BPO Fiscal para o contador

Você sabe quando é o momento certo de realizar terceirização de processos especializados, como o BPO Fiscal? Leia mais no Blog Omie.

09/Set/2020
Contabilidade

Já ouviu falar na terceirização do controle fiscal? Esse é um processo chamado de BPO Fiscal (Business Process Outsourcing) que tem como objetivo agilizar o processamento e o cruzamento de informações fiscais de uma companhia on time.


Isso quer dizer que entre as tarefas dessa nova prática está atender as obrigações fiscais e acessórias das esferas presentes no país — municipal, estadual e federal —, além de manter a Matriz de Impostos sempre atualizada.


Com o Brasil sendo um dos sistemas tributários mais burocráticos do mundo, entender o que é BPO Fiscal vai além de só conhecer a sua definição. Por isso, acompanhe os tópicos abaixo e veja por que você, como contador, pode se beneficiar dessa terceirização. Confira.


Importância do BPO Fiscal nas práticas fiscais

Fora da zona de conforto do contador convencional, o BPO Fiscal propõe diversas mudanças nas práticas fiscais. Além de criar um novo nicho de mercado para o profissional especializado, o modelo valoriza as ações e sugestões dadas por eles.


Mesmo em tempos de crise, esse novo modelo fiscal é uma alternativa para manter o bom funcionamento de uma empresa, por isso, o número de escritórios contábeis que exercem essa atividade tem crescido no mercado brasileiro. O BPO Fiscal  vem sendo utilizado como um agente regularizador com o Fisco, além de um gerenciador estratégico.


Dia a dia do contador

Você já deve ter percebido o impacto que as novas tecnologias causaram nas práticas fiscais, desde a facilidade do processamento de informações até o gerenciamento das obrigações tributárias. Porém, além dessas comodidades e especializações, o BPO também descentralizou o compliance com a assessoria fiscal.


Por isso, saber lidar com a automação dos cálculos tributários e o armazenamento em nuvem são algumas das habilidades que o contador adquire, visando o aumento da eficiência dos processos ofertados aos seus clientes.


Pontos de destaque

O BPO Fiscal oferece um gerenciamento estratégico, que é o grande propulsor desse segmento no mercado. Ou seja, para os micro e pequenos empreendedores que não possuem um setor contábil interno, essa assessoria é a solução para que os seus negócios não fujam da regularidade.


Prazos, redução de riscos, atualização constante e foco no serviço são os pontos de destaque que você, como contador, pode disponibilizar para os novos empresários e ainda se promover nesse modelo de práticas fiscais.


O compliance fiscal não é uma tarefa fácil para um gestor de uma empresa lidar por conta própria, por isso, essa terceirização vem como uma tendência que ajuda a todos os envolvidos — o empresário e o contador —, criando um nicho único de atuação e crescimento profissional.


Qual o efeito do BPO Fiscal na formação do contador?

Assim como outras profissões foram afetadas pela modernização do mercado, o contador também sofreu modificações, como exemplifica o BPO Fiscal. Ele altera o modo como você enxerga as práticas fiscais e as relações com os seus clientes.


A comunicação efetiva entre o prestador de serviços e o consumidor é um dos elementos que mudaram e que foram somados às atribuições do contador. Isso porque, além de você ter uma especialização e conhecimento necessário para exercer a função, também precisa vender o seu serviço.


Pensando assim, o aspecto on time do BPO Fiscal é um dos grandes benefícios desse modelo, embora somada com um sistema de gestão a comunicação se torne ainda mais ágil e integrada.


Agora, se colocar no ponta do lápis todas as mudanças na profissão, você irá perceber que a precisão das informações, complexidade das interpretações das normas legislativas e o gerenciamento online são alguns dos tópicos somados à formação de um contador.


A nova relação com os tributos

Como falamos acima, o contador já não se resume a entender as obrigações fiscais e contábeis. Por isso, não é de se surpreender que a relação desse profissional com a agenda tributária também tenha sido afetada.


Uma vez que todas as informações importantes da empresa assessorada são repassadas para o escritório contábil, o contador fica responsável por realizar diariamente análises, relatórios e gráficos, que são recursos utilizados no planejamento tributário da empresa.


O modo como o recolhimento dos impostos é feito também se modernizou. A contabilidade 2.0 está presente em todo o processo, o que possibilita que uma guia do IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) seja emitida de maneira totalmente virtual.


Torne esse processo mais eficiente

Para tornar o processo de terceirização fiscal mais eficiente, por que não contar com um sistema de gestão? O software da Omie automatiza o dia a dia do seu cliente e ainda te ajuda a desenvolver relatórios com base nos dados fiscais, além de agilizar os processos internos ao integrar o sistema financeiro e contábil. Converse com um consultor e saiba mais.


Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas