Conheça os principais software para lojas de varejo

O que é SAAS, suas vantagens e os principais softwares disponíveis no mercado. Faça a melhor escolha de sistema SAAS para pequenas empresas!

06/05/2022
Empreendedorismo

Contratar um software para lojas de varejo é essencial se você tem como um dos objetivos o crescimento de vendas e faturamento do seu negócio, seja ele de pequeno ou médio porte. 

 

Não é necessário um gigante no varejo, seja no ramo de alimentação, vestuário, decoração ou demais setores, para pensar em investir em um sistema de gestão. Pelo contrário, é investindo em seu empreendimento e injetando nele recursos disponíveis que você poderá alavancar suas vendas e, consequentemente, sua marca, que estará presente no mercado.

 

Neste artigo você saberá o que deve oferecer de funcionalidades um bom programa de gerenciamento para lojas de varejo, de acordo com as necessidades do seu negócio e dentro de sua realidade.

 

Vamos lá? Continue a leitura e siga nossas dicas para não errar nessa missão. 

Por que usar um software de gestão para lojas de varejo?

Definir qual sistema de gestão atenderá suas necessidades é vital, ainda mais para os novos negócios, pois, quanto mais cedo os processos de gestão são bem estabelecidos, as chances de um crescimento saudável da empresa são ainda maiores, garantindo sua escalada no mercado.

 

Para entender as vantagens de implementar um sistema para gestão para lojas de varejo, vamos imaginar uma linha do tempo. Acompanhe!

Caderno de anotações

É bem comum seu uso quando o negócio não possui um grande volume de informações a serem registradas. Entretanto, o ideal é que você busque por meios de facilitar cada processo para que otimize o tempo. Com a otimização é possível trazer maiores resultados para o seu negócio, abandonando os processos manuais. Tudo isso traz benefícios,  não só para ganhar agilidade, mas trazer segurança para os dados de sua empresa, além de ter maior visibilidade entre a concorrência.

Apesar de ser usado por alguns negócios mais tradicionais, esse controle e gestão manual limita seu negócio, pois não é possível uma visão ampla e estruturada dele como um todo, além de vários erros manuais que ocorrem durante o percurso.

Planilha

Adotada por empreendedores que já se arriscam um pouco mais com a tecnologia para cuidar de seu negócio, a planilha de controle permite um melhor resultado em comparação ao caderno, claro. Entretanto, optando por essa ferramenta, o empreendedor ainda lidará com o registro manual de cada dado e categoria, já que as informações deverão ser digitadas e, ademais, precisará atualizar e corrigir os campos um a um quando necessário.

 

Vai funcionar como uma ferramenta de controle individual de cada processo, mas sem a integração com os dados de demais departamentos da empresa. Assim, ainda será preciso realizar o cruzamento de informações de forma manual.

Software de gestão

Aqui, temos empreendedores que partem para a automação completa, utilizando um software para varejo para completa integração de todos os setores de sua empresa para facilitar a gestão. 

 

Ao contrário da planilha de controle, o sistema ERP oferece suporte e atendimento qualificados sempre disponíveis para esclarecer as dúvidas que surgem, ajudando ao empreendedor no que for necessário para o crescimento de sua empresa.

 

Estamos em constante transformação digital, ainda mais quando se trata de vendas, pois com a pandemia que teve início em 2020, o on-line trouxe infinitas possibilidades a todos os que desejam empreender e arriscar-se no mundo digital lucrativo.

 

Um programa de gerenciamento para lojas de varejo dará a você a possibilidade de gerir seu empreendimento todo em uma única ferramenta, tendo a visão geral e a integração de todos os setores da sua empresa, facilitando a colaboração de um departamento com o outro, uma vantagem que melhora e muito a rotina de seus colaboradores, já que facilita a comunicação e a troca de informações necessárias entre as áreas diversas. E sem os típicos erros manuais, o trabalho contábil não precisa ser refeito. 

 

Além do mais, como é um sistema armazenado em nuvem, não há a necessidade de instalação em máquinas, permitindo uma liberdade de acesso aos dados do seu empreendimento de qualquer lugar que você escolher, usando um tablet, um computador ou um celular. 

 

Também é importante ressaltar que a integração dos diferentes dados da empresa possibilita a visão geral de como anda o seu negócio, pois você consegue analisar relatórios que a ferramenta disponibiliza, montando estratégias para buscar alcançar outros patamares no mercado varejista.

 

E o ERP pode ser integrado a outras ferramentas também, caso seja pertinente para atender a todas as necessidades de sua empresa.

Afinal, o que um bom software de gestão para lojas de varejo precisa ter?

 

Um bom software de gestão precisa estar equipado com diversas funcionalidades para atender a todas as áreas dentro do seu negócio. 

 

Para ajudar nessa missão, elaboramos um passo a passo do que você deve ficar de olho antes de contratar efetivamente um software. Então, acompanhe e saiba o que um bom software de gestão precisa ter.

1. Gerenciamento e controle de estoque

Em resumo, o controle de estoque é a gestão das mercadorias e produtos em um empreendimento, sendo o fluxo de entrada e saída destes, garantindo o planejamento, execução e controle dos recursos armazenados dentro do seu empreendimento.

 

A gestão de estoque é responsável pelos procedimentos de registro, fiscalização e por gerir a entrada e saída das mercadorias e produtos, atuando sobre os processos de suprimento. O sistema de controle de estoque ajuda a evitar a desorganização nos processos, pois isso é prejudicial ao cumprimento de prazos de entrega e a rentabilidade do negócio. 

 

O gerenciamento de estoque possibilita diversas funcionalidades e vantagens, como você verá a seguir:

  • Integração;
  • Monitoramento;
  • Estoque vinculado aos resultados financeiros da empresa;
  • Evitar erros de gestão de estoque;
  • Otimizar entradas e saídas;
  • Entradas e saídas com notas fiscais;
  • Planejamento com mais precisão;
  • Agilidade no processo.

2. Controle financeiro

 

O controle financeiro é definido pelo conjunto de ações de análise pelas avaliações e controle de dados financeiros de um negócio para entender suas condições financeiras.

 

Com isso, o empreendedor consegue planejar as ações proativas para melhorar a saúde financeira, se baseando por meio desses dados e interpretações para dirigir os demais departamentos do negócio. 

 

Por isso, é possível dizer que o controle financeiro é o coração de uma boa gestão financeira.

 

Conheça as suas funcionalidades, a seguir:

 

  • Facilitar a gestão financeira do dia a dia;

  • Automatização de processos; 

  • Evita erros;

  • Documentos prontos para conciliação bancária;

 

   

  • Oportunidade de planejamento financeiro empresarial;

  • Histórico de dados financeiros;

  • Relatórios de dados financeiros;

 

  • Emissão e controle de boletos.

Relatórios personalizados

 

A criação de relatórios gerenciais completamente voltados para o seu negócio só pode ser obtida através de um software. 

 

Um software de qualidade e confiança vai possibilitar a você relatórios personalizados, conforme a pesquisa por área de sua empresa, seja de marketing, financeiro, administrativo, vendas ou demais áreas que você desejar visualizar.

 

Personalizando os seus relatórios, até mesmo no formato ideal, você conseguirá compartilhar com os seus colaboradores e, consequentemente, ter uma visão ampla e ideal do cenário em que sua empresa está atualmente. Assim, veja estas funcionalidades que os relatórios possibilitam ao seu negócio:

 

  • Precisão dos dados;

  • Planejamento estratégico;

  • Análise de projeções.

Integrações

 

As integrações são a união de informações que conversam entre si, complementando-se e facilitando o acesso a todas as áreas de uma empresa. 

 

Um software pode se integrar a outros caso haja esta necessidade dentro do objetivo do empreendimento, mesmo que seja um que a sua empresa já use. Dessa forma automatizada e centralizando dados que irão circular de maneira mais rápida e eficiente entre os setores, otimiza o tempo e as tomadas de decisões.

 

Uma outra vantagem de contratar um software que tenha integrações é que essa função possibilita uma organização das operações e facilita toda a execução dos processos internos.

 

Ademais, essa ferramenta melhora muito a comunicação entre os departamentos da sua empresa, e o melhor: reduz as falhas operacionais que são causadas por repetições de processos manuais. Em consequência, não há refazimento de tarefas.

 

Há muitos tipos de integrações, como mostraremos a seguir. Acompanhe:

  • PDV: conhecidos por códigos PDVs ou códigos de integração, são utilizados para contabilizar as vendas feitas em tempo real, assim como atualiza automaticamente no sistema os pagamentos recebidos, sejam à vista ou a prazo.

  • Marketing: utilizando uma plataforma integrada através do software, fica mais viável o trabalho conjunto entre marketing e vendas para fechar mais negócios, além de facilitar o pós-vendas para a fidelização de clientes.

  • CRM: CRM é a sigla para a expressão em inglês, Customer Relationship Management, que consiste em um conjunto de políticas, estratégias e tecnologias visando gerenciar a relação da empresa com clientes na busca pela captação, otimização de experiências, satisfação e fidelização.

  • Cartões: integrando o sistema de gestão com a conciliadora de cartões, você garante a maior segurança e rapidez para sua empresa e evita o desgastante trabalho manual da equipe do financeiro para fazer o fechamento das vendas.

  • Precificação: uma integração de precificação consiste em precificar um produto com base em um objetivo, levando em conta fatores como custos variáveis, regime tributário, despesas da venda e margem de lucro.

Treine seus colaboradores para a transformação digital

 

Ao escolher um software, é importante treinar seus colaboradores para trabalhar com o sistema da melhor forma possível. 

 

Porém, treinar sua equipe para um software ERP pode ser um desafio para sua empresa, já que algumas pessoas são resistentes à mudança. Lembre-se que a cada atualização a equipe envolvida deve ser informada e treinada de acordo com a necessidade.

 

Não existe um método específico para o treinamento, mas, sendo possível, o ideal seria ter um profissional para fazer a consultoria e escolher a melhor maneira de executar todo o processo, dando vez para que as dúvidas de seus colaboradores sejam esclarecidas.

Conte o software de Gestão Omie

Agora que você já sabe o que um bom software deve ter para ajudar na gestão do seu empreendimento, você precisa conhecer o sistema ERP Omie, o mais completo sistema de gestão empresarial do mercado!

 

A Omie possui um ERP completo para atender as necessidades da sua empresa, facilitando toda a rotina da sua equipe! Assim, sobra mais tempo para você investir em seu negócio.

 

Vejas alguns diferenciais que a Omie possui:

  • Painel do contador: integre os dados contábeis e fiscais gerados com seu contador de forma simples e sem burocracia;

    

  • Aplicativos integrados: para complementar a sua gestão através da nossa loja de aplicativos com o aplicativo ideal para complementar a sua gestão;

  • Integração com marketplaces: seus produtos anunciados nas melhores vitrines do mundo virtual e você gerenciando tudo de forma automatizada, tudo isso 100% on-line!

 

Então, entre em contato agora e eleve o patamar da sua empresa varejista!

 

Receba as novidades

Assine nossa newsletter

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas

Posts Relacionados

Artigos por autor

Receba as novidades

Receba as novidades

Obrigado por se inscrever!

Oops! Verifique novamente se informações estão corretas